conecte-se conosco


Destaque

União deve definir hoje técnico que comandará equipe no Sub-19

Publicado

O União Esporte Clube continua se organizando para a disputa do Campeonato Mato-grossense Sub-19. De acordo com o presidente do clube, Reydner Roberto Souza e Silva, hoje (6) deve ser definido quem será o técnico que comandará o Colorado. Ainda segundo o dirigente, até a próxima quarta-feira (11) o time já deverá estar se preparando para a estreia que está prevista para o dia 21 ou 22 deste mês, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, na Capital do Estado.

A respeito do treinador, Reydner não quis citar nomes. Já com relação a equipe, o presidente informou que o time que competirá no Estadual Sub-19 deverá ser formado por 19 jogadores. “Vamos priorizar o trabalho com atletas daqui da cidade”, antecipou.
O campeonato contará com a participação de 12 clubes. Na primeira fase, os times serão divididos em quatro grupos (A, B, C e D), com três equipes cada, que jogarão entre si, em turno e returno dentro da respectiva chave. O União se encontra no Grupo C junto com o Araguaia e o Cuiabá. O campeão e vice-campeão do torneio representarão Mato Grosso na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017.

Leia mais:   Dia de Campo mostra manejo de pastagem e melhoramento genético para bovinocultura leiteira

FESTIVAL DE PRÊMIOS

Reydner Souza repassou que está previsto para hoje o início das vendas das cartelas do Festival de Prêmios. O objetivo é levantar recursos para quitar dívidas do clube e débitos com a folha salarial dos atletas profissionais utilizados no Campeonato Mato-grossense deste ano e também em projetos futuros do União.
Segundo o dirigente, estarão disponíveis 10 mil cartelas ao preço de R$ 50 cada. Quem adquirir a cartela concorrerá a um carro e três motos, sendo todos os veículos zero quilômetro. A previsão é que o sorteio dos prêmios ocorra no dia 9 de julho.

FONTE: Jornal Atribuna/MT

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Agentes de saúde que ajudaram na vacinação do covid em Cáceres lutam para receber salários

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     Um grupo de profissionais de saúde – quatro enfermeiras e três técnicos – que ajudaram no trabalho de vacinação de covid, entre os meses de agosto e setembro, em Cáceres, estão na luta para receber os salários. Nos últimos dias, eles recorreram há alguns vereadores, entre eles, Luiz Landim e Marcos Ribeiro, pedindo ajuda no sentido de solucionar o problema.

    Ao site Expressão Notícias, um deles relatou que foram contratados, no início do mês de agosto, por uma empresa terceirizada denominada “Bem Estar”, autorizada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Mato Grosso (CISOMT). Porém, segundo eles, no encerramento dos trabalhos, não conseguiram receber porque que não havia previsão legal para essa finalidade.

     “É uma situação muito difícil. No momento em que precisaram dos nossos serviços estivemos prontos. Trabalhamos, arriscamos as nossas vidas, fizemos tudo que pudemos. Na época, haviam poucos especialistas para preparar as vacinas da Fizer, nos dedicamos a isso. Agora, na hora de receber é uma dificuldade” reclamou um dos profissionais.

Leia mais:   Número de acidentes em rodovias federais caiu 40% nos últimos 10 anos

     Procurado pela reportagem, o secretário executivo do consórcio Danilo dos Santos Bastos admitiu o atraso no pagamento aos profissionais.

     Explicou que “o atraso no pagamento dos salários se deu por uma questão administrativa, envolvendo o consórcio e a secretaria de Saúde. Mas, nos reunimos na tarde de ontem (segunda-feira) e já está tudo acertado. No máximo 10 dias, eles estarão recebendo” garantiu explicando que “a secretaria irá repassar os recursos para o consórcio que passará para os agentes”.

     A secretária Municipal de Saúde, Elis Fernanda de Melo Silva, foi procurada várias pela reportagem, mas não retornou as ligações. Em defesa dos profissionais, o vereador Marcos Ribeiro, disse que irá pedir esclarecimentos oficiais da secretaria, levando em conta de que há um processo seletivo, em vigor, mas a pasta prioriza contratações temporárias de funcionários.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Exonerado da 4ª Ciretran Thomas Canellas assume na Câmara de Cáceres

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     A posse do suplente de vereador Thomas Canellas, em substituição ao vereador Leandro dos Santos, ambos Democratas, na noite de segunda-feira (25/10) na Câmara de Cáceres, foi recebida com ceticismo.

    Assim que a direção do Legislativo divulgou a posse, várias pessoas se manifestaram, nas redes sociais, de forma pejorativa, tendo em vista que ele foi, recentemente, exonerado da chefia da 4ª Ciretran por não comparecer ao trabalho.

    “Vai ser vereador do mesmo jeito que era chefe da 4ª Ciretran, sem ir trabalhar e ficar fazendo medicina” disse um dos manifestantes. “Infelizmente, isso é o retrato do país. As pessoas não trabalham e assume cargos” completou outro.

    Ao site Expressão Notícias, Thomas Canellas admitiu que foi exonerado da estatal. Porém, segundo ele, a exoneração foi a pedido.

    Explicou que, na Câmara terá melhores condições de desempenhar a função porque, o horário de funcionamento do parlamento é compatível com o das aulas do curso de Medicina, na Unemat.

Leia mais:   Mega-Sena acumula em R$ 33 milhões: confira as dezenas sorteadas no sábado

    “O horário de funcionamento da Câmara é compatível. Terei condições de trabalhar e estudar. Não haverá problema” disse se referindo as constantes faltas no trabalho quando exercia a função de diretor da 4ª Ciretran.

    Advogado, Canellas candidatou-se a vereador nas últimas eleições, obtendo 431 votos, ficando na primeira suplência do DEM.

     O vereador Leandro dos Santos cedeu a vaga ao licenciar-se por um período de dois meses – de 18 de outubro a 18 de dezembro – para tratar de assuntos particulares. Sem ônus para a Câmara.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana