conecte-se conosco


Policial

Suspeito de matar companheira é autuado por homicídio com qualificadora em feminicídio

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

O rapaz de 27 anos que matou a companheira a facadas na noite desta quinta-feira (02.04, em Cuiabá, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado – feminicídio e uso de meio cruel. Ele foi encaminhado para unidade prisional em Várzea Grande nesta sexta-feira.

O crime ocorreu nem um condomínio no bairro Chácara dos Pinheiros na região do Coxipó. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá foi acionada sobre a ocorrência e equipes se dirigiram ao local, junto com a perícia e o Instituto Médico Legal. A vítima, Aline Gomes de Souza, 20 anos, foi encontrada morta próxima à guarita do condomínio.

De acordo com apuração, a vítima teve um desentendimento com o suspeito ainda dentro do apartamento, quando foi agredida. Ela conseguiu sair do local e correu em direção à guarita do condomínio, quando o suspeito a alcançou e desferiu golpes nas costas de Aline. Depois do crime, o rapaz fugiu em um carro branco.

Durante as diligências, com apoio da Polícia Militar, a DHPP foi informada de que o suspeito estava na região do bairro Osmar Cabral. Equipe da Delegacia de Delitos de Trânsito foi solicitada para apoiar as buscas e conseguiu localizá-lo próximo à unidade policial e prendê-lo.

Leia mais:   Polícia Civil prende funcionário e recupera televisores furtados de loja em Jaciara

Encaminhado à DHPP, o suspeito foi ouvido em interrogatório pelo delegado Marcel Gomes de Oliveira. Ele alegou que teve uma briga com a vítima, por ciúmes e que estaria arrependido.

A arma utilizada no crime foi localizada, posteriormente, pela equipe da Delegacia de Homicídios. 

O rapaz foi autuado em flagrante de acordo com o artigo 121, do Código Penal, com qualificadoras conforme estabelece o parágrafo segundo, nos incisos 3º (meio cruel) e 6º (crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino). A lei prevê pena para homicídio qualificado com reclusão de 12 a 30 anos.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil cumpre mandados e prende mais três suspeitos de furto de aeronave em Matupá

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Oito ordens judiciais, sendo três mandados de prisão e cinco de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (27.05), durante ação para esclarecer o furto de aeronave furto da aeronave Cessna Aircraft 182, ocorrido em Matupá (695 km ao Norte de Cuiabá).

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Cuiabá e Matupá e resultaram na prisão de mais três pessoas suspeitas de envolvimento no crime. As diligências fazem parte das investigações conduzidas pela Delegacia de Matupá em parceria com as Delegacias Regional e Municipal de Guarantã Norte.

Entre os alvos presos em razão dos mandados judiciais, estavam um advogado e um estagiário do escritório de advocacia no município de Matupá e um oficial da Polícia Militar.

As investigações estão em andamento e devem continuar mais alguns dias para identificação de outros envolvidos no crime.

Furto e queda da aeronave

O furto da aeronave ocorreu no dia 21 de abril, no aeroporto na zona rural de Matupá. Inicialmente, foi verificado o furto de combustível, sendo observadas algumas mangueiras cortadas, porém, em seguida foi constatado o furto do avião que estava estacionado próximo ao escritório. Para praticar o furto, os criminosos cortaram o cadeado que segurava as hélices do avião.

Leia mais:   Homem é preso por tentativa de homicídio após briga por limpeza de terreno

A aeronave foi localizada após a queda em uma área de mata de menos de 5 mil hectares, entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita. O avião ficou danificado e caiu com o trem de pouso virado para cima.

As buscas pela aeronave contaram com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso. Durante os trabalhos, também foram localizados pertences da vítima que estavam no avião no momento do furto e também camisetas e uma corda utilizadas pelos envolvidos no crim

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Um suspeito é preso e drogas aprendidas em investigação sobre tráfico de drogas

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Alta Floresta prenderam nesta quarta-feira (27.05) prendeu um suspeito por tráfico de drogas e apreendeu diversas porções de substâncias entorpecentes durante investigação em um bairro da cidade.

A Divisão de Repressão à Entorpecentes da Polícia Civil recebeu informações de que no bairro Jardim Guaraná havia um ponto de venda de entorpecentes, local conhecido por “lojinha” e que dois suspeitos seriam os responsáveis pelo comércio ilícito.

Após investigações e diligências no local, os policiais civis avistaram os dois suspeitos em atitudes estranhas, que se embrenharam em um matagal próximo à residência, quando a equipe conseguiu prender um deles. O segundo fugiu e as diligências continuam para localizá-lo.

A equipe localizou diversas porções fracionadas prontas para a venda e, um ‘buraco’. O suspeito informou que na residência havia mais entorpecentes, também apreendidos.

O rapaz de 25 anos foi encaminhado à delegacia e, considerando o antecedente dele, o delegado Pablo Carneiro fez autuação em flagrante por tráfico de drogas. O suspeito foi encaminhado para a unidade prisional da cidade, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia mais:   Polícia Civil prende mulher condenada por crimes do Novo Cangaço cometidos em Poconé

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana