conecte-se conosco


Mato Grosso

Sema realiza Semana do Meio Ambiente na região Sul de Mato Grosso

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) reúne, na região Sul de Mato Grosso, diversos atores da área ambiental para debater a importância da Gestão Compartilhada no setor. A Semana do Meio Ambiente na região ocorrerá no período de 01 a 05 de junho e a população poderá participar de palestras, oficinas e plantio de mudas.

Para o diretor da Unidade Desconcentrada da Sema em Rondonópolis, José Olavo Pio, a gestão ambiental compartilhada vem ao encontro das necessidades de um desenvolvimento com um olhar voltado para o que é sustentável. “Convidamos a população e demais órgãos para trabalharmos em prol de um meio melhor para se viver, mais sustentável e também mais progressista”, completa.

A programação se inicia em 01 de junho com plantio de mudas de ipês em áreas verdes de Rondonópolis (219 km ao Sul de Cuiabá). Na segunda (03), será realizado o plantio de mudas na Faculdade Eduvale, em Jaciara, seguida de palestra sobre “Os novos caminhos do direito ambiental e a importância da discussão sobre os rumos da biotecnologia” ministrada pelo advogado e analista de Meio Ambiente Leonardo Peixoto. A noite se encerra com bate papo para discussão das temáticas com a comunidade acadêmica.

Leia mais:   Apenas um município em Mato Grosso está com risco alto de contaminação de Covid-19

Na terça-feira (04), a equipe da DUD Rondonópolis estará na Escola Estadual Major Otávio Pitaluga para palestra sobre os Biomas de Mato Grosso que será ministrada pelo engenheiro civil José Olavo Pio. Já a professora Marisa Cristina Lários fará duas intervenções ao longo do dia com o tema: “Gestão Ambiental Compartilhada, como eu posso ajudar?’’

O campus Universidade Federal de Rondonópolis recebe o evento no dia 05, data em que se celebra o Meio Ambiente mundialmente, no período vespertino. Os estudantes poderão ouvir a palestra do presidente da MUTUA- MT, Adjane Prado, sobre a caixa de assistência do engenheiro. Em seguida, a presidente da Associação Mato-grossense de Engenheiros Ambientais (AEM), Kamila Barros, conversa com a plateia sobre “Gestão Compartilhada Integrada”.

Data Mundial

A Semana do Meio Ambiente na região Sul de Mato Grosso é realizada em concomitância com a programação realizada na Capital do Estado. O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 05 de junho, foi criado pelas Nações Unidas em 1972 durante a conferência de Estocolmo. Todos os anos, nesse dia, diversas organizações da sociedade civil lançam manifestos e tomam medidas para relembrar o público geral da necessidade de preservação do meio ambiente. Em Mato Grosso, a Semana do Meio Ambiente foi criada por meio da Lei 7937 de 2003 com a finalidade promover a participação da comunidade na preservação do patrimônio natural do Estado e é realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Leia mais:   Gefron apreende 170 kg de cocaína; 5 suspeitos morreram após troca de tiros

Na região Sul de Mato Grosso, a Semana do Meio Ambiente é realizada em parceria com Sindicato das Indústrias da Construção – Rondonópolis (Sinduscon), Sindicato da Indústria da Alimentação da Região Sul do Estado de Mato Grosso (SIAR SUL MT), Sindicato das Indústrias Metalmecânica e Elétrica do Estado de Mato Grosso (Sindimec-SUL), Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas, Associação Rondonopolitana de Engenharia (AREA), Escola Estadual Major Otávio Pitaluga, Movimento Pró-Unemat, UFR, Ministério Público Estadual – Rondonópolis, Faculdade Eduvale, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA).

As atividades são gratuitas e a programação está disponível no documento abaixo.

 

Serviço

Semana do Meio Ambiente 2019 – Rondonópolis

Data: 01, 03, 04 e 05 de junho

Local: Jaciara e Rondonópolis

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Estadual

Vídeos mostram animais mortos e destruição em incêndios no Pantanal

Publicado

Moradores de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá) registraram vídeos do incêndio florestal que atinge o Pantanal desde o dia 21 de julho. Filmagens mostram pontos diferentes da queimada e o combate aéreo ao fogo, feito pelo Corpo de Bombeiros.

Leia também – Hotel retira funcionários durante incêndio no Pantanal

Independente da área que se mostra, o cenário é o mesmo: de fogo, fumaça e destruição. A trilha sonora de estalos do mato queimando está por toda parte, assim como o rastro de triste. Animais mortos carbonizados estão por toda a parte.

Os enormes jacarés, encontrados por todo lado no Pantanal, não conseguiram fugir, assim como diversos outros bichos que habitam a área alagada, seca no período.

Reprodução

jacaré queimado no pantanal

Em um dos vídeos feitos na estrada que dá acesso ao Hotel Porto Cercado, o cinegrafista ainda comenta: “fogo brabo aqui. Muito vento (sic)”.

Segundo o último boletim divulgado pelo Corpo de Bombeiros, o incêndio florestal já atinge 77 mil hectares. Mais de 100 militares atuam no combate ao fogo via terrestre e aérea. Empresas privadas e a comunidade também ajudam no trabalho.No decorrer dos dias de incêndio, a estratégia adotada pelos combatentes tem sido alterada devido às mudanças do vento e pontos críticos.

Leia mais:   Sefaz aponta crescimento de quase 20% na receita tributária de MT nos 4 primeiros meses de 2020

Vídeo

GD
Comentários Facebook
Continue lendo

Estadual

Busca por profissionais da área da saúde cresce em meio à crise causada pelo coronavírus

Publicado

Em cinco meses de pandemia, a crise causada pela Covid-19 vem provocando uma fila imensa por trabalhadores na área da saúde, tais como enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, entre outros. Em levantamento feito pela Grandy Desenvolvimento Humano, empresa especializada em recrutamento e seleção de talentos, é notória a procura por recrutamento e seleção de profissionais deste segmento.
“Com o início da pandemia nós percebemos que muitas empresas recuaram em relação às contratações de novos colaboradores, houve bastante suspensão, porém com o passar de poucas semanas, notamos que enquanto alguns segmentos do mercado desacelerava bruscamente, o segmento da saúde acelerava mais ainda. Nunca tivemos tanta demanda quanto estamos tendo agora por esses profissionais”, comenta Cynthia Lemos, sócia da Grandy.
Atualmente, há dez vagas abertas na plataforma da Grandy, com a expectativa de abertura de mais vagas para o mesmo segmento, os locais de trabalho são em Cuiabá e Várzea Grande. Os postos disponíveis são para técnicos de enfermagem – os salários oferecidos são de R$1.550 com vários benefícios.
Ao receber uma grande demanda por posições na linha de frente, Cynthia destaca que para essas vagas é necessária a formação e ter experiência. Embora alguns profissionais estejam resistentes em assumir ingressar no mercado de trabalho devido ao risco, as vagas vêm sendo preenchidas rapidamente.
Diante desse cenário, a Grandy tem notado uma oferta muito maior do que profissionais no mercado. Mas, com a abertura do comércio agora, a situação atual vem obtendo um crescimento, os empresários têm voltado a retomar na procura de vagas que tinham sido suspensas.

Leia mais:   Unidades do Detran-MT abertas ao público realizam apenas serviços não disponíveis online

Para mais informações sobre vagas de empregos, acesse: http://grandy.com.br/

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana