conecte-se conosco


Política

Segurança Pública Deputado Dr. Leonardo e prefeito solicitam viaturas de emergência para Curvelândia

Publicado

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) e o prefeito Sidinei Custodio (PSDB) solicitaram emergencialmente uma viatura para atender a Polícia Militar em Curvelândia, à Secretaria de Estado de Segurança Pública e ao Comando Regional 6 da Polícia Militar, na sexta-feira (08/03). Os policiais que atuam no município não contam com nenhuma viatura oficial para atender a população desde o início do recolhimento, por conta do fim do contrato com Governo do Estado.

“Fizemos o pedido para que o município seja um dos primeiros a ser atendido devido à total falta de viatura. Todos os municípios da faixa de fronteira, ou próximos dela, precisam de uma atenção especial em segurança pública. Sem equipamentos, os policiais que atuam no município ficam impossibilitados de atender a população”, afirmou o deputado Dr. Leonardo.

De acordo com o prefeito, os policiais contam com apenas duas motocicletas para atender as ocorrências em todo perímetro municipal. “Precisamos dessa viatura para que o trabalho dos policiais não seja prejudicado e a população seja devidamente atendida. Pela importância dessa viatura para a população que procuramos o deputado Dr. Leonardo para ajudar nessa interlocução”, disse Sidinei.

Leia mais:   Lista de espera de pacientes deverá ser divulgada pela rede pública

A entrega do pedido oficializada ao novo comandante do Comando Regional 6 Oeste, coronel da PM Lara Filho, minutos após ele ser formalizado na nova função, e ao secretário adjunto de Integração e Operação de Segurança Pública, coronel Fortes. Ambos afirmaram entender a situação emergencial do município e que irão buscar uma solução para o problema.

O deputado Dr. Leonardo acredita que as forças de segurança estão empenhadas em resolver o caso de Curvelândia. Ele aproveitou a situação ainda para desejar sucesso ao coronel Lara em sua nova função.

“Desejo toda sorte e sucesso ao coronel Lara Filho, que é muito competente, para que ele desempenhe um grande trabalho a frente do Comando Regional 6, o Comando Regional Oeste, que foi muito bem comandado pelo coronel Tapajós. Proteger os municípios de uma região de fronteira é um grande desafio, de suma importância para a todo Mato Grosso”, concluiu Dr. Leonardo.

Jardel P. Arruda
Assessoria de Imprensa
Deputado Dr. Leonardo
(65) 99267 9309

Jean Campos
Assessoria de Imprensa
Deputado Dr. Leonardo
(61) 99967-1232

Comentários Facebook

Política

Governo garante estudo de viabilidade de UTI’s em Pontes e Lacerda

Publicado

Governador garantiu estudo de viabilidade para UTI's em Pontes e Lacerda.

Foto: Raul Bradock

Após reunião convocada pelo deputado Valmir Moretto (Republicanos), o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes se comprometeu a fazer um estudo de viabilidade para a construção de leitos de UTI’s na Santa Casa da cidade de Pontes e Lacerda. O estudo será feito por uma equipe técnica a cargo da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Na reunião, que aconteceu na terça-feira (26), ficou acordado que, caso os leitos sejam construídos, precisam ser definitivos, a exemplo do que aconteceu no Hospital Metropolitano de Várzea Grande e no Hospital Regional de Cáceres – daí a necessidade de um estudo detalhado.

O governador Mauro Mendes disse que o estudo é necessário pois existem regras do Ministério da Saúde que precisam serem cumpridas para que a obra se mantenha.

“O governo é sensível a isso, entende essa reivindicação e estamos trabalhando para que isso aconteça. Eu não vou tomar medidas irresponsáveis que não parem de pé em médio e longo prazo. O estudo técnico e consistente será feito, e se provar que realmente tem viabilidade, será feita as UTI’s. Isso trará resultados positivos para região e para Mato Grosso”, afirmou o governador.

Leia mais:   Deputados aprovam decretos de calamidade e recomendam fiscalização de recursos

O deputado Valmir Morettto disse que ficou feliz com a decisão do governador em querer fazer o estudo e acredita que a cidade, por ser polo da região oeste, atende todas as condições necessárias.

Reunião aconteceu no Palácio Paiaguás à convite do deputado Valmir Moretto.

Foto: Raul Bradock

“Temos que ter esse estudo porque não estamos construindo UTI só para atender os casos de Covid-19, nosso sonho são unidades definitivas. O governo se posicionou favorável, tendo condições, será parceiro e vai por as unidades. Conheço Pontes e Lacerda e sei do potencial da região. Estamos falando de vidas, de pessoas e de muitas responsabilidades. Não tenho dúvidas de que esse estudo será viável”, afirmou Moretto após a reunião.

Pontes e Lacerda é cidade polo da região oeste e ponto de apoio para outros municípios, englobando a quantidade de 115 mil habitantes.  As novas UTI’s seriam implantadas no Hospital Santa Casa Vale do Guaporé. No primeiro momento atenderia a população em relação ao avanço do coronavírus (Covid-19) e depois ficaria em benefício da população.

Leia mais:   Comissão da ALMT debate seis projetos e retira três de pauta

Além Mauro Mendes e o deputado Valmir Moretto, participaram da reunião os prefeitos Alcino Barcelos, de Pontes e Lacerda e o prefeito Geraldo Martins do Vale de São Domingos. Também estavam presentes representante do deputado dr. Gimenez e o presidente da Santa Casa, José Paulo Adriano.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Governo de MT mantém cronograma após indicação de João Batista

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O governador Mauro Mendes (DEM), em evento na última segunda-feira (25), divulgou que o Poder Executivo irá manter o cronograma e realizar o primeiro deposito do décimo terceiro salário dos servidores no dia 30 de junho. A informação vai ao encontro da indicação n.° 1156/2020, de autoria do deputado João Batista (PROS), que mostrava a necessidade de antecipar o pagamento do beneficio dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado.

“Ainda estávamos nos primeiros estágios do coronavírus quando apesentei a indicação. Fico feliz em saber que o nosso Estado irá cumprir o cronograma e honrar os pagamentos. Em tempos de pandemia, este será um auxilio para o sustento da família de muitos servidores”, disse João Batista.

De acordo com o calendário, o 13º salário do servidor efetivo será pago em duas parcelas. A primeira, no dia 30 de junho de 2020, que corresponderá a 40% do valor do 13º. Já a quitação, com a segunda parcela, de 60%, será no dia 18 de dezembro de 2020. Para os servidores comissionados, o pagamento será em parcela única, no dia 18 de dezembro.

Leia mais:   Governo garante estudo de viabilidade de UTI’s em Pontes e Lacerda

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana