conecte-se conosco


Cáceres e Região

Segurança deflagra operação e desarticula quadrilha que atua na Região Oeste de MT

Publicado

Assessoria

As Polícias Civil e Militar em ação conjunta deflagraram, na manhã desta quinta-feira (23), a operação “Passo Marcado”, com objetivo de dar cumprimento a 31 ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão domiciliar.

As ordens judiciais tem como alvo um grupo criminoso atuante na região oeste do Estado nos crimes de roubos majorado, associação criminosa armada, posse e porte de arma de fogo e comércio ilegal de arma de fogo.

Os mandados judiciais, cumpridos nas cidades de Pontes e Lacerda e Figueirópolis D’Oeste, foram representados pela Polícia Civil, sendo expedidas seis ordens de prisão preventiva contra os suspeitos, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho, Josue Xavier da Silva, Eliazar Daniel da Silva, Marcio da Silva Santos e Vagner Leonel Garcia.

Com base nas investigações da Polícia Civil, a Justiça também decretou 25 mandados de busca e apreensão domiciliar, nos endereços dos investigados, de familiares e de outras pessoas que rtem elação com o grupo criminoso.

O material apreendido durante as buscas ainda está sendo contabilizado pelas equipes policiais.

O grupo criminoso é investigado há cerca de 6 meses pela Polícia Civil, tendo o trabalho iniciado após a ocorrência de três roubos de caminhonetes modelo Toyota Hilux, na cidade de Figueirópolis D’ Oeste.

Leia mais:   Secretaria Municipal de Saúde faz entrega de Ivermectina na Zona Rural de Cáceres

Foram identificados como líderes do grupo, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho e Thiago Soares Nascimento, que tiveram mandados de prisão expedidos Justiça.

Durante as investigações, foram presos em flagrante pela Polícia Militar, Alessandro Cesar Santos Veiga, Thiago Soares Nascimento, Elton Douglas Ferreira dos Santos e Cristovão Oliveira dos Santos (executor de três roubos), além de identificada a participação de Tiago Fhellype Ney de Almeida (que continua foragido).

Segundo apurado, os suspeitos com emprego de arma de fogo subtraíram uma caminhonete Hilux no dia 28 de março também na cidade de Figueirópolis D’Oeste, cuja prisão foi realizada já na cidade de Pontes e Lacerda.

Atuando da mesma forma, os integrantes do grupo foram identificados como autores de um crime idêntico no dia ocorrido no dia 16 de março, em Pontes e Lacerda, ocasião em que as vítimas foram mantidas em cativeiro até o amanhecer.

Foi descoberto na investigação, que Magdieldo vulgo Magno é segurança particular/noturno na cidade e o responsável por identificar as vítimas e repassar ao grupo criminoso, além de dar todo apoio logístico ás ações.

Leia mais:   Colaboradores do Hospital São Luiz recebem almoço especial no Dia dos Pais

Também apurou-se que ele goza de suposta credibilidade na cidade tendo sido candidato a vereador e ficando como 1º suplente nas eleições de 2016.

Além dos roubos de veículos, a Polícia Civil apura o envolvimento de Thiago Soares do Nascimento em, pelo menos, dois crimes de furto a banco com a utilização de explosivos, fatos ocorridos em dezembro de 2018 na cidade de Jauru e fevereiro de 2019 na cidade de Figueirópolis D’ Oeste.

Participaram da operação, policiais civis de Jauru, Polícia Militar, ARI do 12 CR, Força Tática , DeFron, policiais civis de Comodoro, Campos de Júlio, Nova Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Delegacias Regional e Municipal de Pontes e Lacerda, Policiais Civis de São José dos Quatro Marcos, Rio Branco e Mirassol d Oeste.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Prefeitura realiza ação conjunta para evitar queimadas

Publicado

A Prefeitura de Cáceres, através da Secretaria de Fazenda – Gerência de Fiscalização de Obras, Posturas e Ambiental, em parceria com a 2ª Promotoria Cível de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e o Juizado Volante Ambiental (Juvam), apresentam os números de notificações do plano de combate à queimadas urbanas.

O secretário de Fazenda, Gustavo Calabria Rondon, contou que os responsáveis pela ação, trabalharam incansavelmente para minimizar os números de queimadas que destroem o meio ambiente e colocam a vida de todos em risco. “Os participantes da ação que vem realizando rondas em toda a cidade levantando os focos de incêndio, identificando e notificando os responsáveis por lote sujo e aplicando multas aos proprietários de lote com focos de incêndio são o gerente de Fiscalização, Emerson Flores, os fiscais de Obras e Posturas, Claudiney de Lima e Klismann Marcos, a Promotora Drª Liane Amelia Chaves e o Oficial de Justiça Nelson Galeano”.

O gerente de Fiscalização, Emerson Flores, explicou que a ação conjunta vem acontecendo desde o dia 27, de julho. “Já emitimos 40 notificações para limpeza de terrenos baldios, 2 autos de infrações pelo descumprimento da notificação para limpeza de terreno baldio e 3 autos de infrações por queimada urbana no valor de R$ 1.963,50 (um mil novecentos e sessenta e três reais e cinquenta centavos) cada. Também realizamos a emissão 8 relatórios de terrenos baldios queimados, os quais foram encaminhados a 2ª Promotoria Cível de Cáceres para as devidas providências”.

Leia mais:   Secretaria Municipal de Saúde faz entrega de Ivermectina na Zona Rural de Cáceres

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, disse que “Nesta época do ano, a incidência de focos de incêndio na cidade aumentam significativamente, além disso, estamos vivendo um momento atípico com a pandemia da covid-19, somado à poeira e à fumaça resultante das queimadas contribuem para o aumento de doenças respiratórias em nossa região”.

Francis finalizou pedindo para que as pessoas não queimem. “Os proprietários de terrenos mantenham seus lotes limpos para evitar queimadas, visto que a coleta de lixo é feita três vezes por semana e o lixo como folhas e restos de comida servem como adubo para as plantas. E qualquer denúncia neste sentido pode ser feita na Ouvidoria da Prefeitura pelo telefone (65) 98427-2908 Ouvidoria MPMT: (65) 99259-0913, (65) 99263-8113 – Corpo de Bombeiros: 193 e Polícia Militar Ambiental (65) 3223-3542”.

Da Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Responsabilidade Social: Rede Juba de Supermercados vai doar 29 toneladas de alimentos  

Publicado

O Grupo Juba, composto por empresas de responsabilidade social, de forma voluntária, adota posturas e comportamentos que promovem de o bem-estar dos seus colaboradores, fornecedores, clientes e comunidades onde se instala.  

Em meio às notícias preocupantes sobre a pandemia da Covid-19 (Coronavírus), o Juba não ficou alheio e nem de braços cruzados. Medidas de proteção à saúde e ações sociais foram implantas.   

Nesta sexta-feira (14), começa mais uma grande ação do Grupo Juba, a Rede Juba de Supermercados vai doar 29 toneladas de alimentos, sendo duas mil cestas básicas e quatro mil quilos de carne para famílias e instituições em Cáceres e nas cidades da região.   

Segundo o Diretor Financeiro do Juba Supermercados, Marcelo Ribeiro, toda esta doação tem um custo de 200 mil reais. “O Grupo Juba sempre se caracterizou por sua responsabilidade social. Em um momento tão difícil que passa a humanidade, uma ação humanitária como esta, vai atender pessoas que estão em vulnerabilidade e sofrendo com os efeitos da pandemia”, observa Marcelo  

Para a Coordenadora de Projetos do Grupo Juba, Eloá Ribeiro, a sensibilidade da diretoria  e o engajamento dos colaboradores na montagem das cestas e cortes e embalagens das carnes, demonstra o comprometimento de todos com o próximo. “Sem dúvidas é um projeto de alcance humanitário e fizemos de tudo para que estes alimentos cheguem até as pessoas que realmente estão precisando” avalia Eloá.  Ela também reconhece que o apoio dos gerentes de loja, que foram fundamentais no contato com instituições parceiras e na triagem das famílias, contribuiu no sucesso do evento. 

Já o Diretor Administrativo, Mirko Ribeiro, aponta que a Rede Juba de Supermercados é a principal abastecedora da região e está engajada nas ações solidárias durante a pandemia. “Espero que nossa iniciativa possa motivar outras pessoas e empresas para aumentarmos a rede de solidariedade e atendermos cada vez mais pessoas, que necessitam de ajuda”, assinala Mirko.  

Ribeiro finaliza dizendo que outras doações, como máscaras faciais de mergulho, entregues no PAM de Cáceres, utilizadas para gerar pressão e oxigenação para os pacientes da Covid-19 , também foram efetuadas pelo Juba.  

 

Por: Esdras Crepaldi/Assessoria  

Comentários Facebook
Leia mais:   Colaboradores do Hospital São Luiz recebem almoço especial no Dia dos Pais
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana