conecte-se conosco


Cáceres e Região

Regularização Fundiária População pode aproveitar Fipe para tirar dúvidas sobre o Reurb

Publicado

A população de Cáceres pode aproveitar os cinco dias de festa do Festival Internacional de Pesca Embarcada (Fipe) que começa nesta quarta-feira (10) para tirar dúvidas sobre o Programa de Regularização Fundiária Urbana (Reurb) que está sendo desenvolvido pela Prefeitura de Cáceres e Universidade do Estado de Mato Grosso por meio de convênio intermediado pela Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (Faespe).

No local do evento estará em funcionamento um stand com as informações sobre o programa. Ali as pessoas poderão tirar dúvidas sobre a documentação necessária, quem tem direito e como proceder. O atendimento ao público com orientações será feito nos períodos noturno das 19h às 23 horas por pessoal devidamente uniformizado.

A secretária de Fazenda e de Planejamento do município, Nelci Eliete Longhi, que o objetivo do stand é facilitar o acesso do publico a informações. “Queremos que todos que possam ser beneficiados pelo Reurb de fato o sejam. Nossa meta é atender 5 mil famílias em 18 meses e acreditamos que estando no Fipe, onde muitas pessoas estarão passando é uma forma de socializar as informações”, explica .

Leia mais:   Gefron efetua sete prisões em dois dias e recupera veículos

O Programa de Regularização Fundiária vem atendendo a cidade por ciclos, no primeiro que está em andamento, estão compreendidos imóveis que estão localizados em 10 bairros da cidade. “Mas toda a cidade vai ser contemplada, então as pessoas, mesmo que não estejam com os imóveis dentro desses bairros do ciclo atual, já podem receber orientação e preparar a documentação para dar entrada no processo”, explica o professor da Unemat Robson Gomes de Melo, uma dos coordenadores do Reurb.

Lygia Lima – Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Força Tática apreendem 468 kg de pescado irregular e detêm 2 pessoas em Cáceres

Publicado

Foram apreendidos pescado irregular, o veículo pick-up Saveiro e os dois envolvidos foram conduzidos até Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC de Cáceres.

Policias da Força Tática de Cáceres apreenderam 468 kg de pescado, materiais proibidos e encaminhou duas pessoas à polícia judiciaria Civil, os suspeitos vinham pela MT343 na região do Taquaral em Cáceres, distante 220 km de Cuiabá.

A apreensão ocorreu por volta das 11h30 da manhã desta sexta-feira (13), quando os policiais foram avisados que na rodovia havia um veículo Ecosport quebrado as margens da MT343 e poderia ser veículo roubado ou furtado.

De acordo com os policiais no deslocamento acabaram por encontrar com um guincho carregando o veículo e uma pick-up Saveiro de cor vermelha que vinha logo em seguida, ambos os veículos foram chegados e nada de ilícito foi encontrado, todavia na carroceria da pick-up foram encontrados grande quantidade de pescado sem procedência.

Diante dos fatos foi acionado o apoio da Polícia Ambiental no qual deslocou até o Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC onde foi feito a pesagem do pescado que no total somam 468,39 kg, sendo 409 kg de pintado, 35 kg de cachara e 24,39 kg de pacu.

Leia mais:   MEC diz que Fapan é a melhor de Cáceres e a 3ª de Mato Grosso

Ainda de acordo com as informações da Policia Militar, os dois suspeitos H. R. S. R.(50 anos) e A. E. (40 anos) presos respondem por diversos crimes ambientais na sua maioria pelo ART.34 da lei 9605/98.

Foram apreendidos pescado irregular, o veículo pick-up Saveiro e os dois envolvidos foram conduzidos até Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC de Cáceres.

Os pescados foram doados as seguintes entidades, Lar Servas de Maria, APAE (Associação de Pais e Amigos de Excepcionais) e Associação Remanso Fraterna “João Gabriel” todos entidades de Cáceres.

Por: Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

MEC diz que Fapan é a melhor de Cáceres e a 3ª de Mato Grosso

Publicado

A Faculdade do Pantanal (Fapan) com sede em Cáceres e maior da região do Oeste, obteve o conceito 4 no Índice Geral de Cursos, consolidando-se como a melhor Instituição de Ensino Superior de Cáceres e a segunda melhor instituição de ensino da Região Norte do Brasil. As informações foram oficialmente divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC) nesta quarta-feira (12).

Mas o que é o IGC? O Índice Geral de Cursos (IGC), é um indicador de qualidade que avalia as Instituições de Ensino Superior. Ele é calculado anualmente, considerando a média de notas do ENADE, dos Professores (Mestres e Doutores), nota dos cursos e a percepção do alunos sobre a instituição.

A Fapan foi classificada com conceito 4, pelo MEC, e como:

– A melhor de Cáceres;
– A melhor instituição privada com fins lucrativos;
– A 3ª melhor Faculdade do Mato Grosso;
– A 6ª melhor instituição de ensino do Mato Grosso;
– A 7ª melhor Faculdade da Região Centro-Oeste.

Para conhecer o desempenho das instituições de ensino superior do país, os estudantes podem consultar, entre outros indicadores, o Índice Geral de Cursos (IGC).

Leia mais:   Barone contra-ataca opositores pedindo cassação de Pastorello e Valdeníria

O instrumento é construído com base numa média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. Assim, sintetiza num único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino.

O IGC é divulgado anualmente pelo Inep/MEC, imediatamente após a divulgação dos resultados do Enade.

História

A Fapan pertence ao Grupo Athenas com sede em Rondônia onde possui várias unidades.

O grupo chegou em Cáceres 2004 com um polo da Unopar. Enxergando potencial econômico na região, a partir de 2007, criou a Fapan e passou a atuar com cursos presenciais em uma sede própria em uma área de 10 mil metros quadrados na Avenida São Luiz.

Com doze anos, já formou mais de 500 profissionais em várias áreas e se tornou uma das maiores do interior com mais de 2 mil alunos.

Atualmente possui 18 cursos de graduação, 19 de pós-graduação e tem planos para atender a 5 mil alunos nos próximos 5 anos.

Com 180 colaboradores, a Fapan contabiliza investimento de cerca de R$ 20 milhões.

Leia mais:   MEC diz que Fapan é a melhor de Cáceres e a 3ª de Mato Grosso

A imagem pode conter: texto

Por Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana