conecte-se conosco


Cáceres e Região

Reeducandos de Cáceres produzem máscaras para ajudar no combate de COVID-19 há dois meses

Publicado

O Prefeito Francis Mariz, em companhia da vice-prefeita, Eliene Liberato, receberam ontem (20), no gabinete da Prefeitura Municipal de Cáceres, os servidores parceiros que dão andamento no projeto de produção de máscaras, por meio dos reeducandos do Centro de Ressocialização Masculino de Cáceres.

O Diretor do Centro de Ressocialização Masculino, João Bastista, Presidente do sindicato AGEPEN de Cáceres, Veloso e o Secretario de Governo, Jorge Almeida, o representante do Conselho da Comunidade, Juliano se fizeram presente na reunião.

O projeto que teve início há dois meses atrás, em parceria com a Juíza de Execução Penal, Helícia Vitti Lourenço e o Coordenador do Curso de Medicina, da UNEMAT, Dr. Gleber Nelson Marques, no início da pandemia por coronavírus, está encaminhado com produtos de qualidade, onde o trabalho realizado por oito reeducandos, sendo que todos tem curso de corte e costura, ou de modelagem. Os trabalhadores estão devidamente equipados e, o local de trabalho e todas as máquinas utilizadas são higienizadas diariamente.

Com primeiros materiais doados pela prefeitura, como tesouras, tnt, oléo para manutenção das máquinas, elásticos e agulhas, os encarcerados já produziram, até o momento, mais de 4 mil máscaras, de tnt e pano, que foram entregue nas áreas de saúde da cidade, para a segurança pública, para servidores públicos e, kits em presídios do município.

Leia mais:   PE, Força Tática e Sistema Penitenciário prendem grupo criminoso que “desviava” piche da prefeitura

Segundo o diretor, João Batista, o objetivo é alcançar 18 mil máscaras e, em parceria com a prefeitura, doar máscaras de tecido, para as 15 mil famílias cadastradas que se encontram em situação de vulnerabilidade no momento. João agradece a prefeitura e a todos que, de certa forma, fizeram alguma doação e ressalta “o projeto continua enquanto for necessário, estamos preparados e bem equipados.”

Da Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

OMS decide retomar pesquisas com cloroquina

Publicado

METROPOLES

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta quinta-feira (04/06), que a entidade vai retomar as pesquisas com cloroquina e hidroxicloroquina contra o coronavírus. Tedros Adhanim Ghebreyesus explicou que o Comitê de Segurança e Monitoramento do ensaio clínico Solidaridade revisou os dados e decidiu manter o protocolo original do estudo.

O trabalho havia sido suspenso na semana passada depois que os resultados de uma pesquisa com 96 mil pacientes foram publicados na revista científica The Lancet. Segundo os pesquisadores, o medicamento não tinha eficácia contra a Covid-19 e aumentava o risco de arritmia cardíaca e morte.

Porém, nesta segunda (02/06), a publicação científica anunciou em editorial que os resultados passariam por auditoria e que os editores estariam “preocupados”.

Nos bastidores, governo admite que novo protocolo da cloroquina “fracassou”. Mais de 3.500 pacientes em 35 países farão parte do ensaio clínico da OMS. Segundo Soumya Swaminathan, cientista-chefe da entidade, não há evidência de que qualquer remédio diminua a mortalidade em pacientes com coronavírus.

Ela reforçou que a OMS não está fazendo uma recomendação acerca do uso da medicação, e sim autorizando investigações para descobrir se a cloroquina funciona ou não contra a doença.

Comentários Facebook
Leia mais:   Eliene diz que não esperava que Francis lançasse outra candidatura.
Continue lendo

Cáceres e Região

Grupo Juba doa mudas de árvores no dia do meio ambiente

Publicado

Por: Esdras Crepaldi

O Grupo Juba é composto por empresas cidadãs, com responsabilidade social e ambiental, onde diversas ações voltadas ao Meio Ambiente são desenvolvidas por suas empresas e lojas, principalmente nos municípios onde se instalam.

Dia 05 de junho é comemorado mundialmente o Dia do Meio Ambiente e mais uma vez, já pelo sexto ano consecutivo, o Juba realiza o Projeto Plante uma árvore e colha vida.

Segundo o Diretor Mirko Ribeiro, a atividade ecológica visa estimular a participação coletiva da população de Cáceres, Pontes e Lacerda, Rio Branco, Mirassol D’Oeste e Araputanga, com a natureza e a conscientização através do plantio de árvores nativas e frutíferas, nos quintais de suas residências, praças, ruas, chácaras, sítios, fazendas e outros espaços rurais.

O projeto “Plante uma árvore e colha vida!”, distribui nos dias 05 e 06 de junho, mudas de Ipê Roxo e Amarelo, Jenipapo, e este ano Teca, que não é nativa, mas que se adapta facilmente ao plantio nesta região, além das frutíferas Goiaba, Pitomba e Acerola. As mudas serão entregues nas lojas Juba Supermercados da Marechal Deodoro e Padre Cassimiro, e Atacado Pantanal, na Avenida São Luiz.

Leia mais:   PE, Força Tática e Sistema Penitenciário prendem grupo criminoso que “desviava” piche da prefeitura

O Diretor Financeiro do Grupo Juba, Marcelo Ribeiro, explica que os clientes que efetuarem suas compras, independente do valor, receberão seu mimo, constituindo assim um instrumento educador, espalhando e multiplicando o respeito da vida ao planeta, contribuindo para o equilíbrio da natureza.

Marcelo observa que a distribuição das mudas, serve para, além do paisagismo, a oportunidade de se colher os frutos, tanto das árvores, como do projeto, em algumas casas, ruas e praças, melhorando a qualidade de vida dos moradores desses locais que serão atendidos. “Outro detalhe grande parte dessas mudas são desenvolvidas em canteiros do Grupo Juba, este é um compromisso ambiental que temos”, finaliza Marcelo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana