conecte-se conosco


Destaque

Quatro cidades lideram o ranking Mato-grossense de tênis

Publicado

Cuiabá, Nova Mutum, Sinop e Campo Verde conduzem as principais posições no ranking do Circuito Estadual de Tênis. Rivaldo Barbosa, Gabriel Santos, Matheus Dreher, Fabiano Alves e Bryan Kuntz, dentre outros, são os representantes melhor classificados. E alguns deles já estão inscritos para a 7ª etapa do Circuito Estadual, que ocorre de 20 a 22 de maio, na Academia Ace Tênis, em Primavera do Leste (245 km da capital).

Rivaldo Barbosa, tenista cuiabano de 47 anos, é o líder da principal categoria da modalidade, a 1ª Classe, com 290 pontos. A campanha dele está com 63,6% de aproveitamento, foram 11 partidas e sete vitórias. No último jogo que disputou sofreu uma forte derrota para Fabiano Alves, na final da 5ª etapa, realizada em abril, no município de Sinop, por dois sets a zero e parciais de 6/0 e 6/1. Barbosa já está inscrito para a 7ª etapa, em que tentará manter o status.

Gabriel Santos, um cuiabano de 19 anos, está empatado na segunda posição da 1ª Classe com outros dois tenistas com 180 pontos. Ele tem 85,7% de aproveitamento, com sete confrontos e seis vitórias. Essa porcentagem conta também com uma participação na 1ª etapa da Seletiva Regional Correios – Centro Oeste, certame da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Santos não tem ingressado em todas as fases do estadual por disputar torneios nacionais.

Leia mais:   Em Pontes e Lacerda, ex agride e estupra mulher na madrugada em casa; ciúme motivou crime

Empatados com Santos em segundo lugar estão Matheus Dreher e Fabiano Alves. Dreher, de 25 anos e da cidade de Nova Mutum, está com 100% de aproveitamento. Disputou a 3ª etapa do circuito estadual, ao qual venceu numa final contra Rivaldo Barbosa por dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/3. E Fabiano Alves, um sinopense de 24 anos, também com 100% de aproveitamento com três duelos vencidos. Ele venceu Barbosa na final da 5ª etapa.

Logo depois está Bryan Kuntz, tenista de 13 anos e de Campo Verde, na quinta posição do ranking estadual com 160 pontos na 1ª Classe. Kuntz tem 75% de aproveitamento com 32 partidas feitas e 24 vencidas. Possui essa grande quantia de jogos por disputar em duas categorias do circuito estadual e também certames nacionais. Kuntz faturou o troféu de bronze, no dia 07 de maio, da 2ª etapa Seletiva Regional Correios – Centro Oeste. O garoto está com a corda toda.

Atrás dos cinco melhor classificados estão Lucas Lima, cuiabano de 30 anos, na 6ª posição com 120 pontos. Seguido por quatro empatados no sétimo lugar com 80 pontos, Mário Meira, de 37 anos e de Cuiabá, Tiago Castro, de 30 anos e de Sinop, Matheus Denti, de 20 anos e de Cuiabá, e Pedro Junior, de 38 anos e de Sinop. Lucas Lima foi o vice-campeão estadual geral do ano passado (2015). E, neste ano, recuperado de uma lesão, deve voltar ao topo da Classe.

Leia mais:   Rio que abastece Poconé está quase seco

 

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Acontece neste domingo mais uma edição do mutirão de limpeza do Rio Paraguai

Publicado

Da Redaçao

Acontece, neste domingo, a 33ª edição do Mutirão de Limpeza do Rio Paraguai, em Cáceres. Os participantes se concentram na rampa do Dito Gato (em frente ao antigo escritório da Cemat), e a previsão de início é para as 6h30.

Este ano não haverá a participação dos barcos grandes (os chamados barco mãe), para que não ocorra aglomeração de pessoas e também por causa do baixo nível do rio, evitando que as embarcações encalhem.

Os voluntários que quiserem ajudar no mutirão, principalmente aqueles que tem barco e ainda não fizeram a sua inscrição, podem comparecer. O apelo é do turismólogo Claudionor Duarte Corrêa, um dos coordenadores do mutirão.

Sem a participação das grandes embarcações, todo o lixo retirado do rio será reciclado na rampa do Dito Gato,local de embarque e desembarque das equipes. A reciclagem será feita em conjunto com a Associação dos Catadores de Cáceres e a Autarquia Águas do Pantanal.
    “ Você usou o Rio Paraguai o ano todo para o seu lazer, pescar o seu peixe, saciar o seu prazer, então: você pode dar um dia de serviço em benefício do Rio…! Ele também é seu”, diz o slogan do evento.

Leia mais:   Rio que abastece Poconé está quase seco

O mutirão começou no ano de 1998, idealizado pelo capitão aposentado Marinha do Brasil, Renato Thomas. Além da sociedade civil organizada, o mutirão, conta ainda com a parceria da Asatec, Prefeitura Municipal de Cáceres, Águas do Pantanal, Aspatur, Progaia e Lanchas Araés.

Com informações de Luiz Garcia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Indicações pedem novo piso salarial municipal para servidores da Enfermagem e parteiras e apoio de Deputados e Senadores do Mato Grosso a novo piso nacional

Publicado

Assessoria

Foram aprovadas por unanimidade na Sessão Ordinária de quarta-feira (14), na Câmara Municipal de Cáceres, duas indicações buscando a revisão do piso salarial dos servidores da área de Enfermagem e das parteiras. A primeira proposição pede que o Executivo verifique a possibilidade de estabelecer novo piso municipal a partir de 2022, e a segunda solicita dos Deputados Federais e Senadores do Mato Grosso apoio ao Projeto de Lei que revisa o piso nacional.

De autoria do vereador Isaías Bezerra, a indicação em âmbito municipal também foi enviada à Secretaria de Saúde e ao vereador Luiz Landim, médico e Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, à qual Isaías sugeriu que realize audiências públicas junto à Comissão de Economia para debater a demanda ainda neste mês.

Já a indicação aos parlamentares mato-grossenses foi enviada aos Senadores Carlos Fávaro, Jayme Campos e Wellington Fagundes e aos Deputados Federais Nelson Barbudo, José Medeiros, Emanuelzinho, Neri Geller, Carlos Bezerra, Dr. Leonardo, Rosa Neide e Juarez Costa, e pede que apoiem a aprovação do Projeto de Lei nº 2564/2020, de autoria do Senador Fabiano Contarato, que altera a Lei Federal nº 7498, de 25 de junho de 1986, para instituir novo piso salarial nacional do Enfermeiro, do Técnico de Enfermagem, do Auxiliar de Enfermagem e da Parteira.

Leia mais:   Rio que abastece Poconé está quase seco

Isaías ressalta que, principalmente devido à atual pandemia da Covid-19, a classe não mediu esforços para ajudar a cidade e o país a saírem da crise sanitária que já se arrasta desde 2020.  O Brasil registra cerca de 2,4 milhões de profissionais atuando nessa área, com salário em torno de R$1,4 mil por 40 horas semanais de trabalho. 838 enfermeiros perderam a vida em razão da Covid-19 e 57 mil foram contaminados.

Ele cita o projeto do Senador Contarato, que informa a viabilidade de custear os reajustes salariais através da instituição de IPVA sobre aeronaves e embarcações. O novo imposto, segundo o Senador, alocaria à União mais de R$63 bilhões por ano, e aos estados mais de R$86 bilhões. O impacto financeiro do novo piso seria de aproximadamente R$45 bilhões anuais.

O projeto em âmbito nacional aguarda pareceres das Comissões do Senado e contou com mais de 1 milhão de assinaturas de apoio em consulta pública feita no Portal do Senado Federal.  Utilizando-o como base, Isaías busca fomentar o debate no âmbito municipal, com a primeira audiência pública das Comissões de Saúde e de Economia prevista para a próxima quinta-feira, dia 21.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana