conecte-se conosco


Mato Grosso

Quarta-feira (25): SES monitora 9 casos confirmados e 326 suspeitos de coronavírus em MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (25.03), nove casos confirmados e 326 suspeitos de coronavírus em Mato Grosso. Os casos são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Os casos confirmados da Covid-19 são em Cuiabá (6), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2). Já as ocorrências que levantam a suspeita do vírus estão detalhadas por municípios em Nota Informativa divulgada pela SES.

O aumento no número de casos suspeitos também é consequência da atualização do protocolo de definição de caso, conforme direcionamento do Ministério da Saúde; a medida impactou no aumento de casos suspeitos e confirmados em todo o país. A área técnica também esclareceu que o sistema de informação oficial segue instável, o que justifica a possibilidade de os dados estarem discordantes daqueles que poderão ser apresentados pela plataforma do Ministério da Saúde.

A Nota Informativa com dados atualizados é divulgada neste link de segunda-feira a sexta-feira a partir das 17h – horário em que também ocorre a coletiva de imprensa virtual com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, transmitida pelo Instagram e FaceBook do Governo do Estado.

Leia mais:   MTI viabiliza antivírus gratuito para todas unidades de saúde do Estado durante pandemia

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Leia mais:   CGE emite boletins semanais de demandas envolvendo o coronavírus

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Polícia Civil prende duas pessoas e recupera dinheiro e joias roubados de médicos

Publicado

Um roubo a residência ocorrido na segunda-feira (06.04) em Juína (735 km a noroeste de Cuiabá), foi rapidamente esclarecido pela Polícia Civil do município. A ação resultou na prisão de duas pessoas, entre elas um adolescente, e na recuperação dos produtos roubados. 

Um suspeito de 22 anos foi autuado em flagrante por roubo, associação criminosa e corrupção de menores. Já o segundo envolvido, um adolescente de 17 anos, foi autuado por ato infracional análogo aos crimes de roubo e associação criminosa. 

O crime ocorreu na tarde de segunda-feira (06.04), em uma casa no bairro Módulo 04. Os moradores, um casal de médicos, foram surpreendidos e rendidos por três homens armados e encapuzados, que anunciaram o assalto.

As vítimas foram obrigadas a entregar dinheiro e joias que estavam no cofre da casa e depois foram trancadas no banheiro. Em seguida, os criminosos reviraram a residência e roubaram diversos produtos, como quatro bicicletas, garrafas de bebidas alcoólicas destiladas, entre outros.

Logo que acionados, os policiais civis iniciaram as diligências para apurar a ocorrência, conseguindo, com análise da cena do crime e indícios colhidos, identificar um possível suspeito. A equipe foi até a casa do rapaz, já conhecido pela polícia, no bairro Verdan.

Leia mais:   MTI viabiliza antivírus gratuito para todas unidades de saúde do Estado durante pandemia

Assim que os investigadores se aproximaram do local, identificaram cinco jovens no fundo da casa, que ao perceberem a presença da polícia, correram para uma área de mata e brejo nas proximidades.

Imediatamente, os policiais civis seguiram atrás dos suspeitos e abordaram o dono da casa, de 22 anos, e o menor de 17 anos. No bolso e na cueca do adolescente foram encontrados R$ 6 mil em dinheiro, além de uma corrente dourada. Ainda em meio à mata, os investigadores apreenderam outra quantidade de dinheiro, provavelmente jogada pelos suspeitos durante a fuga, e mais as quatro bicicletas, documentos, joias, entre outros produtos provenientes do roubo. Ainda no interior da casa do jovem preso também foi recuperado mais dinheiro em reais, dólares e euros. 

Diante das evidências, os dois envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia de Juína, onde foram interrogados pelo delegado Carlos Francisco de Moraes. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o procedimento instaurado contra o adolescente, apreendido por ato infracional.

As investigações continuam para identificar e prender os outros três indivíduos que conseguiram fugir.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Vítimas de violência doméstica podem buscar orientação psicológica por telefone

Publicado

A Polícia Civil criou, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM) um canal de atendimento psicológico por telefone, para as vítimas que são atendidas pela unidade policial na Capital.

O atendimento é realizado pelo número (65) 99973-4796, onde a psicóloga da delegacia recebe mensagens, via áudio ou texto, ou ligações. O telefone recebe mensagens também pelo aplicativo whatsapp.

A delegada titular da DEDM, Jozirlethe Criveletto, explica que o serviço é para este período em que são necessários o distanciamento ou isolamento social e a redução de pessoas em circulação nas ruas e unidades policiais. “Continuamos atendendo as vítimas nas situações em que é necessário o serviço presencial. E para o atendimento psicológico, que pode ser realizado por telefone, disponibilizamos o serviço em que nossa profissional faz a escuta ativa, recebe mensagens e faz as orientações para as vítimas”.

A delegada reforça ainda que pela Delegacia Virtual (http://www.delegaciavirtual.mt.gov.br) as vítimas podem fazer o pré-registro de ocorrências como injúria, ameaça, calúnia, difamação, constrangimento ilegal e violação de domicílio no âmbito de violência doméstica. Para validação do pré-registro da ocorrência, a pessoa deve ligar em um dos números: (65) 3901-4839 / (65) 99989-4035 / 98463-2525.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Policiais militares recebem máscaras e itens de higiene para proteção durante ocorrências
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana