conecte-se conosco


Destaque

Pró-Saúde completa um mês de gestão própria do Hospital São Luiz

Publicado

O Hospital São Luiz, em Cáceres (MT), concluiu seu primeiro mês sob gestão da Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar tendo realizado 17,5 mil atendimentos.

“A quantidade de pacientes atendidos reforça a importância que o Hospital São Luiz tem para a população de Cáceres e região. Estamos cumprindo a meta inicial de mantermos o padrão de qualidade, garantindo atendimento aos pacientes”, afirmou o diretor Hospitalar Bruno Ferreira Resende.

Ele observou que esta é uma fase de análise de todos os processos internos para a identificação de pontos de melhoria. “Vamos atuar de maneira planejada, aproveitando o engajamento e a dedicação dos colaboradores neste trabalho contínuo de aprimoramento, tendo como foco principal a assistência aos pacientes”, afirmou.

Nos primeiros 30 dias de gestão da Pró-Saúde, o HSL realizou 13,9 mil exames, 2,3 mil consultas ambulatoriais, 193 partos e 286 cirurgias.

Referência para 22 municípios da região Oeste do Estado e da vizinha Bolívia, o Hospital São Luiz possui 156 leitos — destes, 72% são destinados ao atendimento gratuito (SUS).

Com 503 colaboradores diretos, o Hospital oferece atendimento nas especialidades de Clínica Médica, Cirúrgica, Ginecologia, Obstetrícia, Pediatria, UTI Neonatal e UTI Adulto, Pronto Atendimento e Centro Cirúrgico com seis salas.

A Unidade atende partos de alto risco e gestantes encaminhadas pelo município. Possui um parque tecnológico moderno, com equipamentos e serviços de diagnóstico e de procedimentos médicos, como ressonância magnética, tomógrafo, densitometria, ultrassom, ecocardiograma, cardiotocógrafo, laboratório de análises clínicas entre outros.

Leia mais:   MPF aciona IPHAN, governo do Estado e prefeitura para tomar providências sobre prédios tombados abandonados em Cáceres

Para o 1º vice-presidente da Pró-Saúde, padre Robson Antônio Gonçalves, gerenciar o Hospital São Luiz representa uma importante conquista institucional e uma oportunidade para compartilhar o modelo de gestão exitoso da Pró-Saúde para mais uma região.

“Tive a oportunidade de conhecer a Unidade e de conversar com os colaboradores. Ficou evidente o carinho e a dedicação de todos com o Hospital e os pacientes. Vamos seguir reforçando nossos princípios de atendimento humanizado e de qualidade, compartilhando experiências de sucesso que alcançamos ao longo desses mais de 50 anos em que a Pró-Saúde atua no País”, comentou.

Sobre o Hospital São Luiz

Fundado em 1938, quando Cáceres ainda era um povoado, o Hospital São Luiz nasceu quando o Frei Ambrósio Dayde, da Missão da Ordem Terceira Regular de São Francisco do Brasil, adquiriu uma casa com terreno para abrigar os enfermos, formando um “dispensário”, onde estava sempre a irmã Antônia Rodrigues, freira pertencente à Congregação do Instituto Imaculada Conceição.

No mesmo ano, ocorreu a efetivação de convênio com o Estado de Mato Grosso. Em 1940, o dispensário foi transformado em hospital e, a partir da organização dos padres franciscanos, passou a chamar-se Hospital São Luiz. Em 1993, a Sociedade Educadora Beneficente Providência Azul, então proprietária da instituição, passou o Hospital São Luiz à Associação Congregação de Santa Catarina (ASCS). Em dezembro de 2018, após uma reestruturação, a ASCS transferiu a gestão da unidade para a Pró-Saúde.

Leia mais:   EDUCAÇÃO Dr. Leonardo consegue desbloqueio de recurso federais para transporte escolar em Cáceres

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.068 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros. A entidade faz a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, em São Paulo, cidade em que também fica localizada a sua Sede Administrativa.

Da Assessoria

Comentários Facebook

Destaque

EDUCAÇÃO Dr. Leonardo consegue desbloqueio de recurso federais para transporte escolar em Cáceres

Publicado

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) realizou a interlocução junto ao Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) para desbloquear os recursos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE), nesta quarta-feira (20). O município estava impossibilitado de receber recursos da União em decorrência de pendência em um convênio de 2015.

“Assim que recebi essa demanda do município de Cáceres, eu e minha equipe trabalhamos juntos para resolver o problema. Sou um soldado do meu município e de todo Mato Grosso. A falta de recursos para o transporte escolar afeta principalmente os alunos que mais dependem do poder público, aqueles que moram na zona rural e precisam percorrer longas distância para estudar. Resolver isso foi uma questão de prioridade”, afirmou Dr. Leonardo.

A secretária municipal de Educação de Cáceres, a vice-prefeita Eliene Liberato, reuniu documentos necessários para sanar o problema na prestação de contas do convênio de 2015 e solicitou a interlocução do parlamentar para conseguir dar agilidade ao processo.

“Sem a gestão de um deputado federal fica muito difícil conseguir a velocidade necessária para essas situações. O transporte escolar é muito caro para o município e ficar sem esses recursos compromete todos investimentos na educação de Cáceres. Por isso, a participação do Dr. Leonardo foi fundamental”, disse a secretária Eliene Liberato.

Leia mais:   Polícia e escola começam, nesta segunda-feira, ouvir alunos que ameaçam fazer ataques em Cáceres

No próximo mês, Cáceres deverá receber o acumulado de janeiro, fevereiro e março. Esses recursos são usados para pagar a frota de ônibus terceirizada, que custa R$ 7 milhões ao ano para o município. Para reduzir esse custo, Eliene já aproveitou o apoio de Dr. Leonardo para solicitar recursos para a aquisição de ônibus para transporte escolar através do PNATE.

Também foram solicitados recursos para reformar as unidades escolaresas 37 unidades escolares municipais de Cáceres, entre creches e escolas do ensino fundamental. Ao todo, 9 mil alunos são atendidos pelo município.

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Grupo Juba é parceiro da educação no projeto de climatização das escolas municipais

Publicado

O Grupo Juba, composto por empresas de responsabilidade social, de forma voluntária, adota posturas, comportamentos e ações que promovem  de alguma  forma o  bem-estar dos seus colaboradores, fornecedores, clientes e comunidades onde se instala.

Em Cáceres diversos projetos, programas e ações têm  aproximado cada vez mais o Juba da população da cidade. A  última foi o engajamento do Juba Supermercados e do Atacado Pantanal na campanha promovida pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, e realização do Rotary Club, que visa  através de um Festival de Prêmios, climatizar as escolas da Rede Municipal.

O diretor financeiro do Grupo Juba, Marcelo Ribeiro, confidencia que quando foi procurado pelo prefeito Francis Maris e pela vice-prefeita e secretária municipal de educação, Eliene  Liberato Dias se sensibilizou com a causa e resolveu ser um parceiro desta ação.

Marcelo conta que patrocinou a confecção das cartelas que totalizaram  R$  6 mil  e ainda adquiriu 1500 cartelas ao valor de 10 reais cada uma, totalizando R$ 15 mil reais.

“Como empresa cidadã, estamos fazendo nossa  parte, são 21 mil reais investidos  na educação. Um município e as pessoas que vivem nele, só se desenvolvem se houver investimento na educação. Em um município tão quente climatizar as escolas é contribuir com um melhor aprendizado dos alunos”, avalia o Ribeiro.

Leia mais:   Polícia e escola começam, nesta segunda-feira, ouvir alunos que ameaçam fazer ataques em Cáceres

Já o diretor administro do Grupo Juba, Mirko Ribeiro, observa que as cartelas adquiridas nesta parceria serão destinadas aos clientes que fizerem suas compras nas lojas do Juba Supermercados Centro, e da Padre Cassimiro (Jubão). Mirko informa que no Atacado Pantanal 500 cartelas já foram distribuídas.

Segundo ele foi estabelecido o critério de que em compras acima de cem reais o cliente tem direito a uma cartela para concorrer a duas motos Bis 125 CC, em sorteio que será realizado no dia 30 de março. “Foi uma forma que achamos de colaborar com a educação municipal e ainda brindar nossos clientes oportunizando a eles concorrerem a duas motos”, ressalta Mirko.

Para a secretária de Educação Eliene Liberato, a iniciativa do Grupo Juba é louvável e vai contribuir muito com o projeto de instalação de aparelhos de ar condicionado nas escolas municipais.

Ela destacou a participação do Juba Supermercados e do Atacado Pantanal e fez questão de agradecer  os diretores do Grupo. “Qualquer investimento na educação traz um retorno imensurável, muito obrigado Marcelo e Mirko por esta parceria e por apoiarem a educação municipal”, finalizou Eliene.

Leia mais:   SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - IFMT Campus Cáceres divulga horários e locais de provas

Assessoria – Esdras Crepaldi

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana