conecte-se conosco


Cáceres e Região

Primeiro exame para covid-19 em Adriano Silva dá negativo

Publicado

Assessoria

O primeiro resultado do exame para covid-19 feito nas amostras de Adriano Silva deu negativo. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso faleceu na noite desta quarta-feira (3), em Cuiabá, após uma série de paradas cardiorrespiratórias. Adriano apresentava sintomas da covid-19 desde o domingo (1).

Ao GD, um familiar de Adriano informou que esse é apenas o primeiro laudo e que uma contraprova é aguardada. Para este primeiro exame, requisitado pelo Hospital São Luiz, em Cáceres, onde Adriano estava inicialmente internado, as amostras biológicas de Adriano foram coletadas na segunda (2).

O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen) pelo método RT-PCR em tempo real, considerado o teste padrão-ouro para o diagnóstico de infecção por coronavírus, sendo o método de referência no Brasil para confirmar covid-19.

Adriano foi transferido de Cáceres, onde estava internado, para a clínica Femina na capital. Professor do curso de Direito da Unemat e ex-reitor da instituição, ele contou em uma rede social no dia 1º que passou mal e procurou um médico que o recomendou a internação. Na quarta, Adriano teve complicações pulmonares, foi entubado e transferido para Cuiabá.

Leia mais:   Dr. Leonardo busca acordo para famílias do Assentamento Paiol junto ao INCRA

Por volta das 20h47, o governo de Mato Grosso confirmou a morte do presidente da Fapemat.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Agência do INSS em Cáceres passa por perícia para atendimentos presenciais e Ana Maria assume a gerência

Publicado

Os atendimentos presenciais aos segurados assim como as perícias médicas na agência do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS em Cáceres dever ocorrer, a partir da próxima semana. No próximo dia 29, a agência estará passando por uma inspeção da Perícia Médica Federal para, a partir dai, disponibilizar os atendimentos.

Assim como as demais cidades brasileiras, o trabalho presencial na agência local foi paralisado, desde o início da pandemia do coronavirus, como forma de evitar aglomerações, uma das principais recomendações dos órgãos de saúde – Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde (MS) para reduzir a disseminação do vírus.

“A inspeção é uma orientação federal para o retorno do trabalho presencial, com EPIs e EPCs conforme determina o protocolo de proteção e segurança do Ministério da Saúde” explica o gerente de benefício do INSS no Estado, Odair Égues, afirmando que “enquanto isso não ocorre, os trabalhos irão continuar com agendamentos prévios pelos canais remotos, site/aplicativo Meu INSS e Central Telefônica 135”.

Leia mais:   Programação da Semana de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas segue até sexta-feira

Além dos atendimentos presenciais, a agência também terá novo diretor. A servidora pública de carreira, Ana Maria Ribeiro dos Reis, foi indicada para assumir a gerência do instituto em substituição, a Odix Justino Petronilho que faleceu vítima de covid no dia 1º de setembro. Com a suspensão dos trabalhos presenciais existem mais de 2 mil atendimentos e perícias pendentes na agência.

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Pré-candidato a prefeito de Cáceres pelo PSDB Paulo Donizete anuncia diversos apoios políticos

Publicado

O pré-candidato a prefeito de Cáceres, Paulo Donizete (PSDB) e sua vice, pré-candidata Anelise Silva (DEM), tem recebido diversos apoios políticos, com muita musculatura, para a eleição municipal de 15 de novembro. A disputa pelos cargos de prefeito e vice, este ano tem cinco chapas concorrendo e promete ser muito disputada.

Porém, segundo Paulo Donizete, Cáceres é uma cidade que precisa de um gestor com perfil empreendedor, que não atrapalhe o desenvolvimento do município e em uma eleição acirrada com cinco concorrentes, o apoio dos grupos políticos que compõem as coligações são fundamentais para uma vitória.

Para Paulo, os apoios dos senadores Jaime Campos (DEM), Welington Fagundes (PL), do ex-governador e senador Júlio Campos (DEM), dos deputados estaduais Wilson Santos (PSDB), Carlos Avalone (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Eduardo Botelho (DEM), do pré-candidato ao senado Nilson Leitão (PSDB) e de diversas lideranças locais como o prefeito Francis Maris Cruz, o ex-prefeito Masato Nakahara, empresários, líderes, pré-candidatos a vereador dos partidos PSDB, DEM, PTB, PL e Patriotas e um exército de militantes, serão imprescindíveis  para o fortalecimento de sua campanha.

Leia mais:   Mato Grosso registra 116.000 casos e 3.318 óbitos por Covid-19

 “São líderes expressivos e compromissados com o projeto de desenvolvimento de Cáceres. São apoios fundamentais que trazem respaldo político necessário à uma administração municipal e muita força a este pleito eleitoral que vamos enfrentar”, avalia Paulo Donizete.

O pré-candidato informa que muitos ainda virão cerrar apoio nesta corrida à prefeitura de Cáceres. “Não encerramos as conversas e estamos dialogando ainda com muitas lideranças e de braços abertos, esperando àqueles que acreditam que Cáceres deve continuar avançando”, finaliza Paulo.

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana