conecte-se conosco


Cáceres e Região

PREVISÃO DO TEMPO: Fim de semana será de chuva com alerta para 52 cidades

Publicado

A chuva que se estendeu durante toda a noite em Cuiabá já deu um sinal de como será o fim de semana. A previsão da Capital também se aplica às demais cidades do estado. O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) tem alerta de temporais para 52 municípios.

Leia também -Cliente recorre à Justiça após churrascaria não vender refrigerante de 2 litros

Conforme o Centro, vai chover durante todo o fim de semana, na Capital. A mínima será de 26°C e máxima de 36°C.
Em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), os termômetros marcam entre 22°C e máxima de 36°C. Chove todos os dias.

A previsão para Cáceres (225 km a Oeste) fica entre 25°C e 36°C. Chove todos os dias. Já em Rondonópolis (215 km ao Sul), os termômetros marcam entre 24°C e 36°C. As chances de chuva ficam em 90%.

O alerta do Cptec aponta para riscos de temporais com raios, vendaval e chuvas intensas. Confira lista de cidades que podem ser atingidas:

Leia mais:   Agência do INSS em Cáceres passa por perícia para atendimentos presenciais e Ana Maria assume a gerência

Acorizal
Alto Araguaia
Alto Garças
Alto Paraguai
Alto Taquari
Araguaiana
Araguainha
Araputanga
Barão de Melgaço
Barra do Bugres
Barra do Garças
Cáceres
Campo Verde
Chapada dos Guimarães
Cuiabá
Curvelândia
Denise
Dom Aquino
General Carneiro
Glória D’Oeste
Guiratinga
Itiquira
Jaciara
Jangada
Juscimeira
Lambari D’Oeste
Mirassol D’Oeste
Nobres
Nossa Senhora do Livramento
Nova Brasilândia
Nova Olímpia
Novo São Joaquim
Paranatinga
Pedra Preta
Poconé
Pontal do Araguaia
Ponte Branca
Porto Esperidião
Porto Estrela
Poxoréo
Primavera do Leste
Ribeirãozinho
Rio Branco
Rondonópolis
Rosário Oeste
Santo Antônio do Leverger
São José do Povo
São José dos Quatro Marcos
São Pedro da Cipa
Tesouro
Torixoréu
Várzea Grande

GD

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Acusado de compartilhar áudio afirmando que Macedo comprou cestas básicas para trocar votos pode pegar de 3 meses a 1 ano de prisão

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, em Cáceres instaurou, na semana passada um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para apurar suposto crime de difamação praticado por Roberto Rosa Cabral, contra o presidente da Câmara, vereador Rubens Macedo.

De acordo com ocorrência policial, registrada pela assessoria do vereador, Roberto teria compartilhado, via whatsaap, em redes sociais, um áudio em que afirma que Rubens Macedo teria adquirido 100 cestas básicas no Supermercado Miura para usar em troca de votos durante a campanha eleitoral.

O vereador solicitou à polícia, a instauração de Inquérito Policial. Porém, o delegado Wilson Souza Santos, decidiu pela abertura de TCO que é o que determina o artigo 139 do Código Penal Brasileiro, para crimes de menor potencial ofensivo, como o supostamente praticado pelo acusado.

Costa Marques foi intimado à depor na sexta-feira. Caso seja condenado, conforme o delegado, ele poderá cumprir de 3 meses a um ano de reclusão. A polícia não informou o resultado do depoimento. Porém, em contato com o site Expressão Notícias, Roberto negou ter compartilhado o áudio.

Leia mais:   Paulo Donizete avalia campanha com mídias sociais e ressalta importância do corpo a corpo e horário eleitoral

A direção do Supermercado Miura, nega a possível venda da mercadoria. Afirmou que não foi realizada nenhuma grande venda de cestas básicas, nos últimos meses. O delegado, no entanto, garante ter ouvido o áudio. E, a tendência é de que, o acusado seja penalizado por crime de difamação.

Além do registro da ocorrência policial, o vereador Rubens Macedo, afirmou que estará ajuizando uma ação por calunia, difamação e reparação de danos contra o acusado. “Esse cidadão denegriu a minha honra, com uma mentira e uma difamação deslavada” justifica.

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Candidato Paulo Donizete vê na modalidade do turismo fonte de emprego e renda

Publicado

No Dia do Mundial do Turismo, comemorado hoje (27), o pré-candidato a prefeito de Cáceres, Paulo Donizete (PSDB) e sua vice, Anelise Silva (DEM), concordam que a modalidade é uma fonte de economia e desenvolvimento para o município de Cáceres.

“O Turismo é hoje em todo o mundo uma das atividades econômicas que mais geram emprego e renda, e precisamos aproveitar este manancial que temos em Cáceres, mas com muita responsabilidade”, observa Paulo.

Ele explica que o turismo vem sendo uma das alternativas de desenvolvimento de muitas cidades brasileiras, e aqui pode representar avanços econômicos, melhorar o padrão de vida dos habitantes e indicadores sociais, gerando empregos e diversificando as fontes de renda da região.

“Acredito que o planejamento e a gestão do turismo devem estar atentos às questões ambientais, culturais e sociais, buscando minimizar os impactos da atividade e, fazendo com que os moradores locais estejam inseridos economicamente e socialmente neste processo”, avalia Donizete.

Para o pré-candidato, o município de Cáceres – portal do pantanal mato-grossense – tem diversos potenciais e pontos turísticos diversificados.

Leia mais:   Francis confirma Paulo Donizete como candidato à sua sucessão

“Temos o Pantanal, o Rio Paraguai e seus afluentes, dolinas, cavernas, fazendas históricas, uma arquitetura de 241 anos,  fauna e flora exuberantes, gastronomia riquíssima, folclore, artesanato, e o melhor, nossa gente, o povo de Cáceres, que é receptivo atencioso e cultural”, pontua.

Paulo Donizete vê no turismo de eventos outro potencial a ser incentivado, citando o já consolidado, FIPE, maior festival de pesca do mundo e uma gama de coisas boas, que vão sempre atrair turistas quando promovidas.

 “Somos também um polo educacional, com a Unemat, IFMT, Fapan e Unopar, como grandes potenciais para mobilizar o turismo de eventos, promovendo jornadas, simpósios, ciclos de palestras , atraindo pessoas de outros lugares e movimentando hotéis, restaurantes e todo comercio local”, avalia Paulo.

Para ele o turismo é um setor de muitas possibilidades, e na sua gestão pretende ampliar e fortalecer o desenvolvimento do turismo sustentável em Cáceres.

Segundo a Organização Mundial do Turismo – OMT, o turismo sustentável deve salvaguardar o ambiente e os recursos naturais, garantindo o crescimento econômico da atividade, ou seja, capaz de satisfazer as necessidades das presentes e futuras gerações.

Leia mais:   Agência do INSS em Cáceres passa por perícia para atendimentos presenciais e Ana Maria assume a gerência

Paulo Donizete vê Cáceres bem encaminhada na questão do turismo de eventos e de pesca, mas ressalta que precisa avançar ainda mais, fomentar diversas outras alternativas, como turismo de contemplação, observação de pássaros, trilhas e safáris ecológicos, turismo cultural, entre outras possibilidades, tudo pautado no desenvolvimento sustentável.

“Isto implica ações administrativas que sejam socialmente justas, economicamente viáveis e ecologicamente corretas, que atendam às necessidades econômicas, sociais e ecológicas da sociedade”

“Para isso, precisamos continuar avançando, com planejamento ordenado de todas as atividades turísticas, mais investimentos na formação dos diversos profissionais e agentes que atuam nesse setor e, pincipalmente, proteção ao nosso patrimônio cultural e riquezas naturais”, analisa.

Paulo Donizete encerra elogiando o trade turístico da cidade e os conselheiros do COMTUR, por tudo, que juntamente com a prefeitura promoveram para o crescimento do turismo no município.

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana