conecte-se conosco


Cáceres e Região

Prefeitura e Unemat entregam primeiras Certidões de Regularização Fundiária em Cáceres

Publicado

As primeiras Certidões de Regularização Fundiária de Cáceres serão entregues nesta sexta-feira (10) às 10 horas da manhã na Prefeitura Municipal. Neste primeiro momento, serão entregues 75 CRFs a moradores do bairro Jardim Imperial por meio do Programa de Regularização Fundiária Urbana de Cáceres (Reurb), que é desenvolvido por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

O Reurb começou a ser desenvolvido em maio de 2019, e em menos de um ano já esta entregando as primeiras Certidões de Regularização Fundiária aos requerentes. As CRFs serão encaminhadas ao cartório para o registro definitivo do título do imóvel.

O atendimento aos moradores de Cáceres continua sendo realizado por ciclos. Atualmente estão sendo atendidos os moradores de imóveis localizados dentro da área do ciclo 3. Os interessados em protocolar o processo para dar início a Regularização Fundiária Urbana podem procurar o setor de atendimento que funciona na Prefeitura Municipal no horário comercial e tirar todas as dúvidas.

Leia mais:   Lojas do Grupo Juba aceitam pagamentos do auxílio emergencial em débito digital

Confira os bairros por cada ciclo de atendimento.

Ciclos 1: Centro, Distrito Industrial, Garcês, Jardim das Oliveiras, Jardim Imperial, Jardim Paraíso, Jardim São Luiz da Ponte, Rodeio, Santa Cruz, São Miguel e Vila Mariana

Ciclo 2: Aroldo Fanaia, Cohab Velha, Jardim do Trevo, Jardim Guanabara, Jardim Marajoara, Jardim Panorama, Junco, Maracananzinho, Santa Izabel, São Lourenço e Vila Real.

Ciclo 3: Cidade Alta, Cidade Nova, DNER, Jardim Celeste, Jardim União, Lavapés, Lobo, Monte Verde, Nova Era, Santo Antônio, Santos Dumont, São Jorge e Vitória Régia.

Ciclo 4: Betel, Carrapatinho, Cavalhada I, II e III, Cohab Nova, Espirito Santo, Jardim Aeroporto, Jardim Padre Paulo, Joaquim Murtinho, Massa Barro, Olhos D´Água, Santa Rosa e Vila Irene.

Ciclo 5: volta o atendimento a todos os bairros.

Lygia Lima – Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Em mensagem de despedida, Marcinho diz que Adriano deixa um legado de idealismo e perseverança

Publicado

A partida prematura do nosso amigo e companheiro Adriano Silva irá proporcionar uma lacuna, não impossível, mas muito difícil de ser preenchida nos meios socais, familiares e políticos, em Cáceres.

Idealista, o professor e ex-reitor da nossa Unemat, Adriano deixa ao povo mato-grossense, um legado de homem público honesto e justo.

A população, as autoridades, mas principalmente, a comunidade acadêmica, certamente, reconhecerá, para sempre, a realização do seu grande sonho de tornar realidade os cursos de Direito e Medicina da instituição.

Mas, não foram só isso, Adriano será lembrado pela sua perseverança, nos meios políticos. O desejo de ajudar no desenvolvimento de sua cidade natal, fez com que ele pleiteasse galgar passos largos no cenário político.

Embora, não tenha obtido sucesso, nos pleitos que disputou, Adriano jamais desistiu em se perseverar. A sua bandeira era estar presente; era somar; era defender os interesses de Cáceres.

O povo mato-grossense, mas, em especial, o cacerense, o terá para sempre no coração e na memória como um grande homem, pai, companheiro, profissional e amigo.

Leia mais:   Soldados envolvidos em acidente podem ser excluídos do Exército, afirma coronel

Que Deus conforte a família.

Marcinho Lacerda!

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

OMS decide retomar pesquisas com cloroquina

Publicado

METROPOLES

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta quinta-feira (04/06), que a entidade vai retomar as pesquisas com cloroquina e hidroxicloroquina contra o coronavírus. Tedros Adhanim Ghebreyesus explicou que o Comitê de Segurança e Monitoramento do ensaio clínico Solidaridade revisou os dados e decidiu manter o protocolo original do estudo.

O trabalho havia sido suspenso na semana passada depois que os resultados de uma pesquisa com 96 mil pacientes foram publicados na revista científica The Lancet. Segundo os pesquisadores, o medicamento não tinha eficácia contra a Covid-19 e aumentava o risco de arritmia cardíaca e morte.

Porém, nesta segunda (02/06), a publicação científica anunciou em editorial que os resultados passariam por auditoria e que os editores estariam “preocupados”.

Nos bastidores, governo admite que novo protocolo da cloroquina “fracassou”. Mais de 3.500 pacientes em 35 países farão parte do ensaio clínico da OMS. Segundo Soumya Swaminathan, cientista-chefe da entidade, não há evidência de que qualquer remédio diminua a mortalidade em pacientes com coronavírus.

Ela reforçou que a OMS não está fazendo uma recomendação acerca do uso da medicação, e sim autorizando investigações para descobrir se a cloroquina funciona ou não contra a doença.

Comentários Facebook
Leia mais:   Adriano sofre parada cardíaca e será transferido em UTI aérea para Cuiabá
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana