conecte-se conosco


Cáceres e Região

Prefeitura de Cáceres é exemplo no cumprimento de metas do PDI

Publicado

A Prefeitura de Cáceres já conseguiu atingir a maioria das metas do PDI e conta com excelentes equipes no controle do que é estipulado. É o que afirma a doutora em Administração de Empresas, Adriana Carvalho, consultora da UFMT e que presta serviços para o Tribunal de Contas do Estado. Ela realiza o trabalho de consultoria em diversas prefeituras e acompanha as metas da Administração municipal em Cáceres. “Temos vários casos de sucesso em Cáceres que servem de exemplos, como a Secretaria de Saúde que saiu de um quadro confuso e hoje se apresenta com quase todas as metas atingidas, dentro da pontualidade esperada. Outro exemplo é a Secretaria de Esportes, que, com poucos recursos e pessoas, conseguiram realizar muito mais que as metas estipuladas, porque correram atrás de parcerias e fizeram ações. É uma equipe vitoriosa, pois nem terminou o ano e já atingiu as metas propostas”, revela a consultora.

O primeiro levantamento do município foi feito em 2017, estipulando metas e determinando missões para o futuro. O interesse em atingir os objetivos é o de garantir que o município possa chegar na excelência, na qualidade de vida da população.

Todas as secretarias são monitoradas por uma assessoria a fim de que o Portal da Transparência, no site oficial da Prefeitura, apresente a real situação de como está trabalhando cada departamento, que são avaliados em separado, meta por meta, a cada dois meses.

Leia mais:   Corpo do idoso trocado no hospital São Luiz foi exumado na tarde de hoje por determinação judicial

Segundo Adriana, o resultado do monitoramento, avaliações e atenção redobrada em cada ação faz com que se saia do trabalho artesanal, imergindo num trabalho técnico, o que proporciona transparência e segurança na gestão profissional do administrador, no trato dos recursos públicos. “Percebe-se, pelo que já foi apresentado, que é possível melhorar ainda mais num curto espaço de tempo”, finaliza.

Para o coordenador municipal de Planejamento, Ícaro Alexander a evolução das secretarias, como um todo, tem sido grandiosa e exemplar. Ele garante que houve uma grande evolução na engrenagem administrativa, onde todos agora falam a mesma língua, gestores, servidores, onde as avaliações permitiram sentir a necessidade de um planejamento estratégico, não só para cada pasta, mas para o universo que é a Prefeitura. “Todos estão entendendo que cada função é essencial e só funciona perfeitamente quando integrada aos demais. Cada um é essencial para o todo, como numa máquina de engrenagens, por menor que seja a meta a atingir. Se uma missão não é cumprida, pode comprometer as metas dos demais. É uma interligação”, garante Ícaro.

Leia mais:   Proibido o consumo de bebidas nos bares de Cáceres

O prefeito Francis Maris Cruz acompanha os resultados de cada reunião do PDI com as equipes de secretarias. “Uma gestão de resultados só acontece quando todos estão afinados. Não basta querer fazer, é preciso que as equipes estejam alinhadas não só no mesmo ideal, mas na maneira de fazer tecnicamente. No amadorismo não se chega a meta nenhuma. É por isso que a gente investe na capacitação da equipe de Administração e na cobrança de resultados. Só assim é possível construir uma Cáceres melhor para todos”, resumiu o prefeito.

PDI é Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado, um dos objetivos estratégicos do TCE-MT formulados no Plano 2012-2017 que é de contribuir para a melhoria da eficiência da administração pública. O programa estabelece cinco principais projetos: Apoio ao Planejamento Estratégico, Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã, Orientação por Meio de Cursos Presenciais e à Distância, Controle Gerencial utilizando o Sistema Geo-obras e Modernização Institucional.

Da Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Corpo do idoso trocado no hospital São Luiz foi exumado na tarde de hoje por determinação judicial

Publicado

Editoria – Sinézio Alcântara

O corpo do idoso Adelio João de Souza, de 66 anos, que foi trocado, no sepultamento, pelo da idosa Alaíde Rosa de Aquino, 81 anos, que morreu no mesmo dia (terça-feira), no Hospital São Luiz, foi exumado na tarde desta quarta-feira, no cemitério Park dos Ipês, em Cáceres.  

A exumação foi determinada pela juíza da 5ª Vara da Comarca, Hanae Yamamura de Oliveira, após reclamações das duas famílias.

O desenterro do corpo foi realizado por uma equipe da Perícia Criminal, acompanhado pelo delegado Alex de Souza Cuyabano e familiares do idoso. O delegado diz que “a exumação foi apenas para desenterrar e enterrar no local certo”.

Adelio de Souza deu entrada no hospital no dia 20 de maio, após sofrer um infarto e morreu na terça-feira, momentos antes da morte de Alaíde Rosa. Moradora de São José dos IV Marcos, a idosa era cardíaca e deu entrada no hospital no dia 23 de maio com suspeita de Covid-19.

A confusão foi feita pela equipe do hospital. Ao serem informados da morte do idoso os familiares foram ao hospital. Lá receberam a informação de que ele já havia sido sepultado com suspeita de Covid-19. Na verdade, ele havia sido enterrado no lugar de Alaíde.

Por outro lado, familiares da idosa choraram e oraram pelo corpo errado. Uma neta da idosa, reclama que além da confusão teria sido maltratada pela equipe do hospital. Porém, a direção da Casa nega. Em uma Nota a direção informa que irá instaurar uma sindicância para apurar o ocorrido.

Outro lado

A direção do Hospital São Luiz informa que abriu sindicância para apurar o ocorrido e adotará todas as medidas cabíveis. A gestão mantém, de forma contínua, a revisão de protocolos de segurança e o caso mencionado não está de acordo com o rigor dos procedimentos do São Luiz.

Os familiares dos pacientes envolvidos foram informados, imediatamente, após identificada a situação, sendo oferecido todo o suporte para a resolução dos trâmites necessários.

Neste momento, o Hospital São Luiz lamenta o ocorrido e reitera seu compromisso com a população, amparado por seus princípios e a busca permanente pela qualidade, humanização e segurança nos serviços oferecidos.

Comentários Facebook
Leia mais:   Após Sessões Extraordinárias, Câmara aprova contas de 2018 do Prefeito em dois turnos; veja como votaram os vereadores
Continue lendo

Cáceres e Região

Proibido o consumo de bebidas nos bares de Cáceres

Publicado

A fiscalização ficará a cargo da Vigilância Sanitária e aos que infringirem o decreto serão aplicadas sansões administrativas e até interdição do estabelecimento.

A partir desta segunda-feira (25), fica proibido na cidade de Cáceres (220 km de Cuiabá) o consumo de bebidas alcóolicas no local de venda. Bares e similares, com conveniências e os populares “bares da promoção” só poderão vender bebidas do tipo delivery ou retirada no balcão, sem consumo no local.

No decreto consta que vedada a permanência de clientes para consumo no local, sendo que, quando inevitável a formação de filas, seja observado o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre um cliente e outro, sendo obrigatório o uso de máscara.

A fiscalização ficará a cargo da Vigilância Sanitária e aos que infringirem o decreto serão aplicadas sansões administrativas e até interdição do estabelecimento.

Segundo o Art. 3º do decreto o descumprimento das normas previstas ensejará na aplicação das sanções administrativas previstas na Lei Federal 6.437/77 e demais legislações pertinentes, incluindo a interdição, sem prejuízo da imediata comunicação às autoridades competentes dos fatos que, além de infrações sanitárias, forem tipificados como crime.

Leia mais:   Proibido o consumo de bebidas nos bares de Cáceres

O Decreto entrou em vigor a partir de sua publicação nesta segunda-feira (25), VEJA O DECRETO.

Decreto nº 286-2020 – bares.pdf

Por Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana