(Brasília - DF, 22/11/2017) Presidente Michel Temer durante encontro com Paulo Ziulkoski, Presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) Fotos: Alan Santos/PR

A liberação do Auxílio Financeiro aos Municípios-AFM, no valor de R$ 2 bilhões neste final de ano, foi o compromisso firmado na quarta-feira (22), em Brasília, pelo presidente da República, Michel Temer, que se reuniu com os prefeitos e lideranças municipalistas. Durante a reunião no Palácio do Planalto, Temer se comprometeu em liberar até dezembro R$ 2 bilhões, por meio do Fundo de Participação dos Municípios-FPM para as prefeituras de todo o país. Mato Grosso será contemplado com mais de R$ 36 milhões para os 141 municípios. O repasse de R$ 2 bilhões corresponde à metade do que foi solicitado de apoio financeiro. Temer explicou aos gestores que, se aprovada a reforma da previdência, ele acredita em um crescimento da economia brasileira. Com a aprovação da reforma e a melhoria do quadro financeiro, se comprometeu em repassar mais R$ 2 bilhões, no próximo ano.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Neurilan Fraga, que representou os prefeitos, disse que este aporte no final do ano possibilita aos municípios honrar os compromissos financeiros, principalmente a folha de pagamento dos servidores e os fornecedores das prefeituras. Outro ponto abordado foi a liberação do Auxílio Financeiro para Fomento e Exportações-FEX para os estados e municípios. Fraga disse que conversou também com o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o Chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e com o Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, sobre a liberação do FEX até o mês de dezembro. O projeto que prevê a liberação de R$ 400 milhões para estados e municípios está no Congresso Nacional. O pedido de votação foi encaminhado pelo Governo Federal ao Congresso, mas ainda não foi apreciado, por não ter sido encaminhado com pedido de urgência.

Neurilan enalteceu o trabalho dos deputados e  senadores que estão empenhados na votação. O deputado Victório Galli, representante da bancada de Mato Grosso na Câmara, apresentou aos prefeitos  uma lista de assinaturas de parlamentares e de líderes que darão apoio na liberação do FEX. Segundo ele, os deputados estão fechando um acordo para votar em regime de urgência a liberação do recurso. “É preciso aprovar o projeto para que as prefeituras consigam fechar o ano, honrando com os seus compromissos, incluindo o décimo terceiro, e sem deixar restos a pagar”, disse Fraga.

A reunião no Palácio do Planalto integrou a agenda de atividades da campanha “Não deixem os municípios afundarem”, promovida pela Confederação Nacional dos Municípios. Conforme Paulo Ziulkoski, presidente da CNM, a união, o engajamento e a mobilização dos gestores municipais mostraram que essa é a melhor forma de avançar nas pautas que trazem melhorias. Ele comemorou a conquista. “De tanto bater e bater, a gente conseguiu e teve a compreensão do presidente Temer. Isso demonstra mais uma vez esse espírito de fortalecimento dos nossos municípios. No ano que vem, vamos continuar esse diálogo com o presidente”, afirmou.

Ziulkoski também convocou os gestores municipais a estarem em Brasília nos dias 5 e 6 de dezembro. “Nós temos que ser firmes, nós temos que atuar fortes, mas não temos que quebrar ninguém. Portanto, essa unidade é que está nos levando a conquistas. Vamos colocar os municípios acima de tudo”, finalizou.

Agência de Notícias da AMM com informações da Agência CNM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here