conecte-se conosco


Destaque

Prefeito demite secretários e fará fusão de secretarias

Publicado

A exemplo de anos anteriores, no final deste ano, o prefeito Francis Maris Crus (PSDB) fará mudanças no secretariado, começando o próximo ano, com novos nomes no staff e fusões em secretarias. Desta vez, a secretária mais antiga da administração, Nelci Eliete Longhi puxou a fila. Depois de sete anos, Nelci foi substituída, na secretaria de Fazenda e Planejamento, pelo advogado Gustavo Calábria. O próximo que deverá deixar a pasta será o assessor Especial do prefeito o advogado Maikon Carlos de Oliveira.

A informação é de que Maikon Oliveira pediu para sair. Francis não confirma. Porém, informações de interlocutores do gabinete, asseguram que outras “peças” do secretariado serão remanejadas até o final do ano. O que o prefeito se convenciona chamar de “reoxigenação”. “São mudanças que ocorrem em qualquer administração. É normal essa reoxigenação da máquina. Seja por questões econômicas seja por ajustes normais nas secretarias” assinala confirmando o pedido de demissão do assessor.

“Estamos avaliando alguns currículos de pessoas que podem substituir o assessor especial Maikon Oliveira que pediu para sair” disse lembrando que, a posse do secretário Gustavo Calábria substituto de Nelci Longhi deverá ocorrer na segunda-feira.

Leia mais:   Pantanal levará 100 anos para recuperar vegetação atingida pelo fogo, aponta estudo

Além de mudanças no secretariado, com a proposta de “enxugar” ainda mais a máquina pública, o prefeito irá realizar a fusão de algumas secretarias. A Secretaria de Fazenda, por exemplo, irá juntar-se com a de Finanças, tendo como titular a secretária Arly Monteiro Rodrigues. Outra fusão será a da Secretaria de Administração com a de Planejamento. Nesse caso, o secretário Gustavo Calábria, já entra no staff com status de supersecretário. Assim como Arly Rodrigues que irá comandar as finanças da administração.

A “reoxigenação da máquina” no final do ano é quase comum na administração do prefeito Francis Maris. Em 2017, ele exonerou a então secretária de Planejamento Marli Oliveira Assis e o então secretário de Administração Luiz Fernando. Em 2018, nesse mesmo período, foram exonerados o então secretário de Governo, Wilson Massahiro Kishi e o assessor Especial Átila Silva Gattass. No início do ano, também foi exonerado o secretário de Planejamento, Júlio da Semelc.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Secretaria Municipal de Saúde faz entrega de Ivermectina na Zona Rural de Cáceres

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde através da Equipe de Atendimento Móvel da Zona Rural está com a entrega da medicação Ivermectina nas comunidades rurais.
Para atender a todos da Zona Rural, a Secretaria além de sua equipa, conta a ajuda dos parceiros da Cruz Vermelha, IEC, Agência Fluvial de Cáceres, uma grande equipe para atender toda a demanda necessária.
Para ser atendido, o paciente deve estar com o seu cartão do SUS, para então passar pela triagem e receber sua dosagem correta, que é estipulada a partir do seu peso. Gestantes e crianças menores de 5 anos com menos de 20 kg não podem fazer uso da medicação.
Caso seja necessário, a equipe fará a atualização do cartão SUS para liberar a medicação para o paciente.
A Prefeitura Municipal de Cáceres adotou a medida de profilaxia, por ser uma ação de extrema importância e acessível, onde toda a população pode ser atendida.
Veja os lugares e horários:
CLARINÓPOLIS – 10/08/2020 – 08:00h
CORIXINHA – 11/08/2020 – 08:00h
LIMÃO – 12/08/2020 – 08:00h
SAPIQUA – 13/08/2020 – 08:00h
PAIOL – 14/08/2020 – 08:00h
LIMOEIRO – 17/08/2020 – 08:00h
LARANJEIRA – 18/08/2020 – 08:00h
Da Assessoria
Comentários Facebook
Leia mais:   Podemos: oficializa a pré-candidatura do médico Sérgio Arruda para disputar a prefeitura de Cáceres
Continue lendo

Destaque

Cáceres diminui número de mortes e internações após distribuição de kit-covid, diz Francis

Publicado

O ritmo de contágio da covid-19 em Mato Grosso perdeu velocidade e o registro de novos casos caiu cerca de 77%. A incidência continua crescendo, mas abaixo que já foi registrado no Estado. Em meados de julho, 1.502 novos casos foram notificados por dia. No último domingo (9), 334 casos deram positivo.
Em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, a covid-19 dá os mesmos sinais. No ranking de municípios com o maior número de casos, a cidade caiu cinco posições e foi de 11º para 16º.
O resultado é avaliado pela prefeitura como positivo e atribuído aos kits com medicamentos distribuídos gratuitamente.

A distribuição teve início no dia 22 de julho. No município, os moradores receberam ivermectina – para tratamento preventivo – e azitromicina e cloroquina quando o teste para a covid-19 fosse positivo.

“Deu certo, deu resultado e vai além do número de infectados. Caiu o nosso número de internação hospitalar, de mortos. A distribuição influenciou positivamente a ‘não infecção’ da população e melhorou os nossos índices”, avalia o prefeito Francis Maris (MDB).

Leia mais:   Detento é preso pelo Gefron suspeito de furtar uma moto horas depois de ser solto de presídio

Atualmente, o município soma 525 casos em monitoramento, 271 pacientes recuperados e 43 óbitos por covid-19.

A prefeitura estima já ter gastado R$ 500 mil com os medicamentos. Todavia, o gasto é visto como investimento.
“Salvamos vidas e tudo que se faz pela vida vale a pena. Agora a população tem que colaborar”, afirma, citando as aglomerações em locais públicos. “Não precisa de lei, de decreto de governador ou prefeito. Os moradores têm que se precaver, usar máscara”, finaliza.

Com o resultado, a prefeitura prevê a continuidade e extensão da distribuição dos medicamentos. Agora, os moradores da zona rural também vão receber os remédios.

Por André Souza/O Livre
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana