conecte-se conosco


Cáceres e Região

Prefeita garante Natal de Luzes de formato diferente; carnaval ainda está indefinido

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     A realização do Carnaval Popular não está totalmente definida, em Cáceres. A prefeita Eliene Liberato Dias, disse que irá avaliar a situação, em razão da pandemia, que não acabou, apenas arrefeceu. “Não podemos correr riscos desnecessários” enfatizou ela acrescentando que “vamos avaliar melhor a questão do carnaval”.

     A “melhor avaliação” sobre o festejo de momo, pela administração, se deve, inclusive, aos inúmeros comentários contrários, postados em redes sociais, após a publicação de matéria pelo site Expressão Notícias, na qual a Secretaria de Turismo e Cultura, confirma a realização do evento.

     Veja alguns comentários: “É temeroso realizar carnaval agora. A pandemia não acabou apenas arrefeceu” comentou a jornalista Clarice de Freitas. E, acrescentou: “Sou a favor do FIP que, conforme a secretaria, irá realizar no segundo semestre do 2022. Carnaval tá muito cedo”.

     Ex-executor do INCRA, Luiz Alberto Vargas, comentou a possível realização do carnaval de forma irônica. “Vôte de carnaval agora. Essa gurizada não usa nenhuma proteção. Além da grande possibilidade de contrair o vírus ainda acaba levando e contaminando toda família em casa”.

Leia mais:   92 PESSOAS EM UTIS - Com 2,1 mil novos casos, MT registra 8 mortes em 24h

     “Fazer carnaval agora pra que? Foi o carnaval de 2020 que alastrou o vírus e provocou o caos em todo o país. Querem provocar uma nova onda da pandemia” assinalou A. G. “Esse povo não tem noção” afirma a comerciante Franciskeli de Campos.

     Ex-candidato a vereador João Arruda disse que “sei que o carnaval aquece a economia, gerando renda para vários setores. Mas, o momento não é oportuno. Seria interessante a prefeita reavaliar essa intensão. Sou a favor do FIP porque tem mais tempo para se preparar e até lá, a maioria da população já se imunizou com a 3ª dose da vacina”.

Natal de Luzes 

     Ao contrário do carnaval, o que está definido, conforme a prefeita, será o Natal de Luzes que, segundo ela, neste ano, terá um formato diferente. “Será um Natal de Luzes diferente, onde teremos programação de atrações para trazer as famílias para espaço aberto, protegido e decorado, com shows artísticos nacional locais e regionais”.

    O Natal de Luzes, de acordo com a programação, terá abertura no dia 4 de dezembro na praça Barão do Rio Branco, com acendimento das luminárias da Catedral São Luiz e em seguida da Secretaria de Turismo e Cultura. Haverá, pelo menos um show nacional e vários regionais e locais. Durante o mês de dezembro haverá ainda além de shows artísticos apresentação da peça teatral Auto de Natal.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Mulher de 22 anos que saiu de Cáceres é presa dentro de ônibus na rodoviária de Cuiabá transportando cocaína

Publicado

Por – Pedro Coutinho Bertolini
   Investigadores da Polícia Judiciária Civil (PJC) interceptaram operação de tráfico de drogas na Rodoviária de Cuiabá, na noite de sexta-feira (14). Na ação, os policiais prenderam Carolina Fernanda Camargo de Arruda, de 22 anos, que estava dentro de um ônibus que partiria da Capital para Cáceres, em posse de dois tabletes de cocaína.
     Carolina confessou o crime e alegou aos agentes que a droga era do traficante com alcunha de “Max”, sujeito gordo e com os braços tatuados e portador de tornozeleira eletrônica. A abordagem da mulher aconteceu dentro do veículo de passageiros, exatamente na poltrona 21, na plataforma 12 da rodoviária.
    A suspeita confessou que veio de Cáceres para buscar a droga e que recebeu R$ 500 pelo trabalho. A cocaína estava dentro de uma bolsa, nos pés da menor, abaixo da poltrona do ônibus. No momento da prisão, a suspeita gritou com a equipe, sendo necessário uso de força moderada para contê-la.

Leia mais:   Com 50 testes positivo surto de covid suspende curso de formação de policiais penais em Mato Grosso

Ela foi conduzida para a delegacia para as providências cabíveis ao caso. A droga, proveniente de Max, foi buscada pela suspeita em Várzea Grande, numa casa localizada no Bairro Cristo Rei. No endereço, os policiais encontraram apenas alguns moveis como geladeira, TV e fogão.

Além disso, garrafas de bebidas alcoólicas, indicando presença de pessoas no local recentemente. Porém, no momento das buscas, o imóvel estava sem presença de moradores.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Polícia Civil apreende cargas de madeira extraída ilegalmente de terras indígenas em Comodoro

Publicado

Por PJC/MT
      Agentes da Delegacia de Comodoro apreenderam na sexta-feira (14.01) duas cargas de madeira extraídas ilegalmente na região. Uma das cargas, da espécie itaúba, foi retirada de uma reserva indígena. A equipe de investigação tomou conhecimento de um acidente envolvendo dois caminhões. Um deles transportava madeira com características de itaúba.
       No local, os policiais civis constataram que a madeira já havia sido retirada por outro caminhão. Em diligências para localizar o destino da madeira e o veículo, os investigadores localizaram um caminhão Mercedes Benz azul estacionado em frente a uma residência que correspondia às características informadas.
       Ao indagar o motorista sobre a carga que havia no caminhão, ele imediatamente confessou que se travava de 30 dúzias de toras de itaúba, extraídas de uma reserva indígena próximo à localidade Padronal, no norte de Comodoro. O veículo e a carga foram apreendidos e levados até a delegacia.
Segunda carga 

Os policiais checaram que a carga apreendida, embora fosse ilícita, não correspondia à madeira cujo caminhão se acidentou. Em continuidade às diligências, foi possível chegar ao motorista e ao dono da carga de madeira que havia tombado na rodovia.

Leia mais:   40 anos fazendo história na pecuária nacional
     Em depoimento, o motorista disse que a madeira foi deixada à beira de uma estrada, na zona rual, a 28 quilômetros de Comodoro. A carag de madeira, lascas para construção de cercas, foi localizada e apreendida.
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana