conecte-se conosco


Mato Grosso

População debate implantação de Escola Militar em Jaciara

Publicado

A secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, participou nesta segunda-feira (09.09) de uma audiência pública em Jaciara (a 144 quilômetros de Cuiabá) para debater sobre a possibilidade de implantação de uma escola militar no município. A audiência, realizada no Plenário da Câmara Municipal de Jaciara, foi aberta para participação da população e contou com a presença do prefeito Abduljabar Mohammad, vereadores, deputados estaduais e lideranças do município.

A secretária Marioneide destacou que a escola militar é mais uma proposta para a sociedade de Jaciara e tem uma organização pedagógica diferenciada, não só na questão das disciplinas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), como também com foco em três princípios, a disciplina, a autoridade e também o respeito à hierarquia dentro do espaço organizacional.

“Nós temos que ofertar diferentes possibilidades de acesso à educação, visando o pleno desenvolvimento do ser humano, seu preparo para o exercício da cidadania e para o mundo do trabalho através da construção da aprendizagem significativa e permeada por valores éticos e morais”, observou.

Segundo a secretária, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e a Constituição Federal, a educação é dever do Estado e direito de todo cidadão, mas ela precisa ser gratuita, laica, de qualidade e oferecer diferentes possibilidades.

Em sua política educacional, o Estado de Mato Grosso vem trabalhando com diferentes possibilidades de ensino aos alunos, que são o ensino fundamental regular, o ensino médio regular, o médio e profissionalizante, o ensino integral e a escola militar. “A opção é da família, que vai escolher em qual escola matricular seu filho. Dentro de um processo democrático os pais vão escolhendo e definindo o projeto de vida que tem para seus filhos e matriculando nas escolas que o Estado oferece com as diferentes opções”.

Leia mais:   Cadeia Pública Feminina de Nortelândia recebe doação de sabão líquido e água sanitária

Marioneide Kliemaschewsk informou que nas escolas militares a Secretaria de Estado de Segurança (Sesp) é responsável pela equipe gestora e pela coordenação. Já a Seduc é responsável pelo projeto político pedagógico, pelos professores e pelo monitoramento e acompanhamento dos resultados e dos processos que ocorrem na escola.

Este ano foi criada uma comissão intersetorial com representantes da Seduc, Conselho Estadual de Educação, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Unidme), União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Polícia Militar com o objetivo de discutir sobre a forma de acesso dos alunos nas escolas militares. “O sorteio dá a todos a mesma possibilidade de acesso, garantindo a questão da inclusão e da equidade e a isonomia de direitos de participar”.

Segundo o prefeito Abduljabar Mohammad, a Prefeitura já está construindo um novo prédio que poderá abrigar a escola militar, caso ela seja implantada no município. “Esse é um sonho da maioria da população de Jaciara. Acreditamos nessa opção de ensino, pois os resultados da escola militar são sempre positivos”, disse o prefeito lembrando que as escolas militares não registram evasão escolar e foram muito bem colocadas no último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Leia mais:   Operação da PM acaba com festas clandestinas e aglomerações na capital e interior

“Acredito que essa escola vem para somar com a educação de Jaciara. Não podemos deixar essa oportunidade passar, pois vai contribuir e dar oportunidade a muitos jovens daqui”, destacou o aluno Mário Marcio Cassiano, 17 anos, da Escola Estadual Plena Antônio Ferreira Sobrinho.

Atualmente, a rede estadual de educação de Mato Grosso possui oito escolas militares, sete administradas pela Polícia Militar e uma pelo Bombeiros. Essas escolas estão localizadas nos municípios de Cuiabá, Confresa, Juara, Nova Mutum, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Alta Floresta e Rondonópolis. Juntas, eslas atendem aproximadamente 3,5 mil alunos.

Todas as escolas implantadas em Mato Grosso atenderam pedidos das próprias comunidades nos municípios e das Prefeituras.

A audiência contou com a presença dos deputados estaduais Claudinei Lopes e Silvio Fávero, do comandante da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar de Jaciara, Akira Sakata, comandante da 9ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros de Jaciara, Geovany Motti, da promotora de Justiça da Comarca de Jaciara Cássia Hondo e da secretária municipal de Educação de Jaciara, Ana Paula Bueno.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo de MT abre novo processo seletivo para contração emergencial de médicos

Publicado

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), publicou na edição extra do Diário Oficial que circula nesta quarta-feira (08.07) o edital 002/SES/2020, que visa à contratação emergencial de 24 médicos para atuar no Centro de Triagem e Diagnóstico da Covid-19, em Cuiabá. 

De acordo com o edital, as inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, a partir desta sexta-feira (09), por este link: http://seplag.mt.gov.br/medicos . O edital não estipulou data de encerramento do processo, mas essa informação, quando definida, será publicada no Diário Oficial.

É obrigatório Diploma de Conclusão do Curso de Medicina e Inscrição no Conselho Regional de Medicina – CRM. O documento completo do processo seletivo pode ser acessado clicando AQUI

Conforme consta descrito no edital, a remuneração paga ao médico, em escala de trabalho diurno de quatro horasde segunda a sábado (até 14 plantões mensais), será de R$ 1.000,00.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que Mato Grosso precisa da ajuda desses profissionais para somar no combate ao coronavírus.

“No enfrentamento à pandemia, o profissional que atua na área da Saúde é fundamental. Mais do que nunca, precisamos da força, competência e apoio desses profissionais. Você que se inscreveu ou irá se inscrever, fique atento e venha nos ajudar a cuidar da população”, declarou Gilberto.

O contrato dos profissionais é temporário e poderá ser rescindido de acordo com a necessidade do Estado. O resultado final e a convocação dos aprovados serão publicadas no Diário Oficial.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   É LEI - Uso de máscara continua obrigatório em Mato Grosso
Continue lendo

Mato Grosso

Quarta-feira (08): Mato Grosso registra 24.804 casos e 921 óbitos por Covid-19

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (08.07), 24.804 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 921 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

As 26 mortes mais recentes envolveram residentes de Nossa Senhora do Livramento, Barra do Garças, Campo Novo do Parecis, Rondonópolis, Guarantã do Norte, Ribeirão Cascalheira, São José do Povo, Sinop, Cuiabá, Sorriso, Rosário Oeste, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Colíder e Primavera do Leste. Nesta edição do Boletim, foi corrigida uma duplicidade de óbito em Cuiabá. 

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (5.681), Várzea Grande (1.883), Rondonópolis (1.806), Sorriso (1.079), Lucas do Rio Verde (1.062),  Tangará da Serra (933), Primavera do Leste (930), Sinop (788), Nova Mutum (598), Pontes e Lacerda (514), Campo Verde (451), Cáceres (420), Colíder (352), Confresa (336), Barra do Garças (334), Campo Novo do Parecis (295), Peixoto de Azevedo (287), Sapezal (282),  Querência (281) e Matupá (261). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.305 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas sete ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, dois casos anteriormente notificados em Cuiabá foram reposicionados para Chapada dos Guimarães; e outro de Lucas do Rio Verde foi corrigido para Nova Ubiratã. As mudanças consideraram o município de residência dos pacientes.

Leia mais:   Governo de Mato Grosso recebe pedido de exoneração do secretário Allan Kardec

Dos 24.804 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.300 estão em isolamento domiciliar e 10.832 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 239 internações em UTI e 317 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,1% para UTIs e em 53,4% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,2% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,8% masculino; além disso, 6.643 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 26.362 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.478 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Nesta quarta-feira (08), o Governo Federal confirmou 1.713.160 casos da Covid-19 no Brasil e 67.964 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 66.741 óbitos e 1.668.589 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Leia mais:   Cadeia Pública Feminina de Nortelândia recebe doação de sabão líquido e água sanitária

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana