conecte-se conosco


Policial

Policiais trocam experiências em reunião na Diretoria Geral

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, promoveu reunião de trabalho para troca de experiências entre os seus servidores. A reunião ocorreu na manhã desta sexta-feira (20.09), no auditório da Diretoria Geral, em Cuiabá, com a participação do diretor metropolitano, Douglas Turíbio. 

O encontro foi organizado pela  Diretoria Metropolitana, por meio da Derrfva, visando o aperfeiçoamento dos policiais, almejando o melhor aproveitamento das novas técnicas e ferramentas de pesquisas em fontes abertas, bem como nos métodos tradicionais de investigação, visando assim, o fortalecimento no combate aos crimes patrimoniais de roubos e furtos de veículos automotores.

Os profissionais da Especializada receberam instruções voltadas para as mudanças tecnológicas, compartilhamentos de informações, tendências de comportamentos dos autores, entre outras ações, que possibilitam maior desempenho nas atividades diárias desenvolvidas pela unidade policial. 

Conforme o delegado titular da Derrfva, Gustavo Garcia, mesmo diante de tantas dificuldades, a delegacia vem avançando na produtividade, desempenhando as atividades da melhor forma possível. Um dos objetivos é criar procedimentos padrões que facilitem o tramite dos procedimentos, para assim, ser possível comportar e até mesmo diminuir as demandas.

Leia mais:   Governo de Mato Grosso cria Delegacia de Especializada de Combate à Corrupção

“Vários projetos estão sendo trabalhados no sentido de melhorar a forma e estrutura da unidade policial. Além da operação inédita para limpar o pátio, com a prensa dos veículos transformados em sucatas, para o próximo ano uma das metas é a reforma e ampliação da Delegacia”, destacou Gustavo Garcia.

O delegado pontuou que a metodologia de trabalho da delegacia e o comprometimento das equipes de todos os setores, a Especializada conseguiu relatar somente em nove meses (de janeiro a setembro),  cerca de 800 inquéritos policiais. “A intenção é finalizar o ano de 2019, com mais de 1.000 inquéritos concluídos ao Poder Judiciário”, completou.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil cumpre prisões e buscas para apurar desvios de dinheiro público na antiga Cepromat

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR), em conjunto com o Comitê Interestadual de Recuperação de Ativos (CIRA), Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (DCPI) de Brasília e Ministério Público Estadual (MPE), deflagrou na manhã desta terça-feira (22.10), a operação “Quadro Negro”.

A operação visa dar cumprimentos a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar com o objetivo de apurar desvios ocorridos no antigo Centro de Processamento de Dados do Estado (Cepromat), atual Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). 

As ordens judiciais foram decretadas pela juíza Ana Cristina Silva Mendes da 7ª Vara Criminal da Capital. Ao todo foram expedidos 06 mandados de prisão preventiva e 07 de busca e apreensão domiciliar, que serão cumpridos nas cidades de Cuiabá (MT), Brasília (DF) e Luziânia-GO.

Além dos mandados, foi decretado o sequestro de mais de R$10 milhões, em valores, imóveis e veículos de luxo. 

A operação é coordenada pelos delegados Anderson Veiga, Luiz Henrique Damasceno e Bruno Lima Barcellos e contou com apoio do delegado chefe da DCPI, Amarildo Fernandes e do delegado adjunto, Henry Galdino. Detalhes sobre os trabalhos serão passados em coletiva de imprensa, às 09h30, na Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz).

Leia mais:   Polícia Civil prende receptadores com motocicletas furtadas de pátio da Ciretran

Nome da operação

Operação Quadro Negro, remete ao quadro e giz que ainda funcionam nas escolas, já que as lousas digitais eram falsas, bem como à situação (quadro) estrutural crítica que a educação básica se encontra em razão dos prejuízos causados pelos desvios.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícias Civil e Militar prendem 6 pessoas em operação de combate a criminalidade

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma operação com objetivo de reforçar o combate a criminalidade em Guarantã do Norte (715 km ao Norte de Cuiabá), foi deflagrada pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, na sexta-feira (18.10), no município. A operação denominada “Calefação” resultou em seis pessoas presas, além da apreensão de porções de entorpecentes, cigarros contrabandeados e outros produtos de origem ilícita.

O trabalho integrado tinha como objetivo a desarticulação de uma associação criminosa atuante no comércio de entorpecentes e outros crimes, que vinha atuando no município e região.

Um dos suspeitos, O.J.P., foi surpreendido pelos policiais civis e militares quando trafegava pela Rodovia BR-163, em um veículo Saveiro. Ao perceber a presença das equipes, o criminoso tentou empreender fuga, porém foi alcançado pelos policiais. Na ocasião, um outro suspeito que estava com ele conseguiu escapar do cerco policial.

No interior do veículo Saveiro foram apreendidos dois tijolos pesando aproximadamente 1,5 quilo de pasta base de cocaína. O.J.P. foi conduzido à Delegacia de Polícia de Guarantã do Norte, interrogado e autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Leia mais:   Polícia Civil prende integrantes de quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na fronteira

Em outro ponto da cidade, uma tabacaria situada no bairro Jardim Vitória, foi realizada a abordagem de vários menores de idade, além de serem encontrados produtos oriundos de contrabando.

O proprietário do estabelecimento foi detido para esclarecimentos. No local, também foi localizada uma mulher, monitorada por tornozeleira eletrônica, porém que estava com o aparelho desligado.

Em outro bar no bairro Santa Marta, os policiais apreenderam vários maços de cigarros de origem estrangeira e de venda proibida no Brasil. No endereço, outras duas pessoas foram detidas por desacato e por fornecer bebida alcoólica para menores de idade, respectivamente.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana