conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil recupera caixas de cigarros, energéticos e suplementos roubados de empresa de VG

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais de R$ 800 mil em produtos roubados de uma empresa de comércio e representações, ocorrido no último domingo (09), foi recuperado nesta terça-feira (11), pela Polícia Civil em investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande.

Foram recuperados 164 caixas de cigarros, 47 latas de suplemento alimentar sustagem, 10 caixas fechadas de energético Red Bull de 250 ml, além de mais 21 latas avulsas de 250 ml, e 23 latas de energético da mesma marca de 437 ml.

A localização dos produtos é fruto de uma denúncia recebida na segunda-feira (10), que rapidamente foi apurada pelos investigadores, coordenados pelo delegado Guilherme Bertoli, na região do bairro Nova Esperança, que informava que várias caixas estavam escondidas em uma região de mata.

Essa primeira informação contou com a participação da Guarda Municipal e da Polícia Militar na averiguação e levou a recuperação de 38 caixas fechadas de cigarros. Após, a Derf assumiu a investigação e passou a realizar outras diligências chegando à localização de mais 126 caixas de cigarros, as latas do complemento alimentar sustagem, e os energéticos.

Leia mais:   Polícia Civil prende mulher em posse de medicamentos abortivos em Cuiabá

Os produtos foram levados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande e serão restituídos a empresa. Segundo o delegado Guilherme de Carvalho Bertoli, cerca de 90% da quantidade roubada foi recuperada.

“Continuamos com as investigações para identificar os autores do roubo, ocorrido na noite de domingo, após o vigia da empresa ser rendido e amarrado enquanto os criminosos pegam as mercadorias”, informou.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Destaque

Soldados envolvidos em acidente podem ser excluídos do Exército, afirma coronel

Publicado

Os soldados envolvidos no acidente que destruiu o veiculo e parcialmente uma casa na Avenida dos Bandeirantes, bairro Santos Dumont, deixando duas garotas, menores de idade, feridas, estão presos e podem ser excluídos à bem da disciplina do Exército. A afirmação é do coronel Ricardo Vieira Coelho, do Comando de Fronteira de Jauru, antigo 2º Batalhão de Fronteira.

“Eles já estão presos no batalhão à disposição da Justiça” afirmou o oficial assinalando que será instaurado um procedimento disciplinar militar para apurar o caso. “São jovens de 19 anos. Mas, nada justifica o que fizeram. Inicialmente serão punidos. E, caso o procedimento militar conclua que eles cometeram crimes podem ser excluídos à bem da disciplina do Exército”.

O procedimento disciplinar a que se refere o coronel Vieira já foi instaurado pelo comando. A comissão disciplinar terá prazo de 6 dias para concluí-lo. Só após o resultado desse trabalho e que se saberá o grau de punição aos acusados.

O acidente no qual envolveram três soldados do Comando de Fronteira Jauru ocorreu na noite de segunda-feira (1/6). Na tentativa de escapar da polícia militar, conduzindo um HB-20 branco, placas OBD – 1502, os soldados colidiram, destruindo parcialmente uma casa.

Leia mais:   Soldados envolvidos em acidente podem ser excluídos do Exército, afirma coronel

A situação é desfavorável aos militares. Consta no Boletim de Ocorrência confeccionado pela Polícia Militar, que além de não portar habilitação, havia no interior do veículo, algumas latas de cerveja. E, ainda duas garotas, supostamente, menor de idade. Sem contar que eles, desobedeceram a ordem de parada orientada pela guarnição policial, resultando em perseguição.

Com o impacto da colisão, peças do carro, ficaram espalhadas pelo chão. A bateria foi arremessada há 5 metros do local. Feridas, as garotas foram socorridas pela guarnição do Corpo de Bombeiros que as conduziram para o Hospital Regional. Os militares foram submetidos a exames médicos no batalhão.

Policiais militares que atenderam a ocorrência, conforme os familiares, informaram que a perseguição começou na Avenida 7 de Setembro. Os soldados estariam conduzindo o veículo com os faróis apagados. A polícia diz que, ao sinalizarem para que parassem, eles saíram em alta velocidade. E, em dado momento perderam a direção vindo a chocar com a casa.

Proprietário do imóvel, o comerciante, Alexandre dos Santos e Silva, diz que foi um “momento de horror” vivido pela família.

Leia mais:   Diretores visitam obras de revitalização da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos

“Eu havia acabado de chegar. Quanto escutei o estrondo sai do quarto e vi a frente da minha casa destruída. Foi um momento de horror” conta lembrando que ainda foi atingido por estilhaços do vidro da porta. Alexandre diz que, sua filha que, nesta terça-feira, completa um ano, renasceu. “A minha filha renasceu. Ela estava no berço e uma parede caiu junto dela. Foi um milagre”.

O comerciante ainda não avaliou o valor da reconstrução da parte da casa destruída. Mas, afirma que irá responsabilizar os militares pelo prejuízo.

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende autor de tentativa de latrocínio foragido da justiça em Confresa

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem foragido da Justiça por envolvimento em uma tentativa de latrocínio foi preso pela Polícia Civil do município de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), na manhã desta terça-feira (02.06). O procurado de 35 anos estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Porto Alegre do Norte. 

O crime ocorreu no mês de janeiro deste ano, ocasião em que a vítima foi atingida por um golpe de arma branca (faca) na região das costas. 

Durante diligências para apurar os fatos o suspeito foi identificado como um dos autores do crime, tendo então a ordem de prisão preventiva representada pela Polícia Civil e deferida pelo Poder Judiciário.

Com o mandado de prisão em aberto, os investigadores descobriram o foragido residindo em uma vila na zona rural de Confresa, cerca de 60 quilômetros do perímetro urbano da cidade. 

Os policiais civis foram até o local e deram cumprimento a ordem de prisão contra o suspeito que possui diversas passagens criminais.

Leia mais:   Polícia Civil realiza fiscalização em posto de combustível alvo de denúncia em Sorriso

O preso foi conduzido à Delegacia de Confresa para as providências cabíveis e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, ficando `à disposição da Justiça.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana