conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil promove mudanças em diretoria e regional do interior

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A Diretoria da Polícia Judiciária Civil promoveu mudanças nesta semana em cargos de gestão da instituição. A pedido, o delegado Douglas Turíbio Schutze, deixa a Diretoria Metropolitana e assume a Delegacia Regional de Sinop, unidade onde já atuou por duas vezes.

Assumirá a diretoria Metropolitana a delegada Ana Paula de Faria Campos, que estava como regional de Várzea Grande, onde já exerceu também a titularidade da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso.

Em reunião da diretoria nesta terça-feira (16.10), o delegado Douglas Turíbio se despediu emocionado dos colegas de gestão e destacou as conquistas, principalmente as amizades feitas ao longo de 31 anos na instituição. “Conquistei muitos amigos, a Polícia trouxe pra mim um aprendizado muito grande, como gestor busquei fazer o correto dentro da legalidade e não há nada mais significativo quando sabemos das amizades conquistadas, do respeito. Vou para Sinop feliz por esse legado que trago para minha vida, pessoal e profissional”.

Aos 72 anos de vida e com 31 anos na PJC-MT, Douglas Turíbio Schutze assume o desafio de promover mudanças estruturais nas unidades da regional de Sinop, principalmente, na sede, conforme destaca o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende. “Ele sai daqui por um pedido pessoal, mas é um profissional que deixa muitos ensinamentos, pois pela experiência de vida e sempre transmitiu muita segurança à equipe da diretoria, nos aconselhando  e nos guiando”, assegurou.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre dois mandados contra homem envolvido em diversos crimes

O diretor de Interior, Walfrido Nascimento, reforça que a experiência do delegado Douglas auxiliou na condução das ações da diretoria, da área tática à gestão. “Ele foi gestor de vários diretores que hoje compõem a direção e conhece profundamente nossa instituição”.

Com a mudança na diretoria Metropolitana, o delegado regional de Cuiabá, Rodrigo Bastos da Silva vai acumular também a regional de Várzea Grande.

Currículos

Delegada Ana Paula de Faria Campos: é natural de Cuiabá e formada em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso. Tem especialização em Políticas de Segurança Pública e Direitos Humanos e Curso Superior de Polícia, ambos pela UFMT. Antes de ingressar na Polícia Judiciária Civil em maio de 2003, foi conciliadora do Procon-MT por dois anos. Já atuou nas seguintes unidades como adjunta: Delegacias Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa; Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc Oeste); Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande. Foi delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande e depois Delegada Regional de Várzea Grande.

Delegado Douglas Turíbio Schutze: é natural de Marília, São Paulo, casado e pai de um casal de filhos. Formado em Direito pela Faculdade de Alta Paulista, Tupã (SP). Ingressou na Polícia Judiciária Civil em maio de 1988, na 3ª turma de delegados de polícia de Mato Grosso. Com 31 anos na Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, atuou em diversas unidades como Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Delegacia de Roubos e Furtos de Cáceres e foi delegado regional de Pontes e Lacerda, com pouco menos de dois anos de polícia. Depois foi para a Delegacia Municipal de Várzea Grande, Delegacia de Paranaíta e Municipal de Alta Floresta, ambas no norte do estado. Também atuou na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá e foi coordenador do antigo Cisc Verdão. Em seguida, assumiu as regionais de Sinop, Cáceres, Cuiabá, Regional de Peixoto Azevedo e depois como titular da 1ª DP de Várzea Grande, 2ª DP de Cuiabá e novamente retornou à Regional de Sinop, de onde saiu para assumir a Diretoria Metropolitana na gestão 2019/2020. Tem especialização em Gestão de Segurança Pública, Curso de Atualização Jurídica para Delegados, Curso de Gestão de Políticas de Segurança Pública (2012), entre outros.

Leia mais:   Polícia Civil e Procon fiscalizam farmácia denunciada por aumentar valor de ivermectina em 866%

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de condenado por homicídio com passagens por vários crimes

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Em mais uma ação da Polícia Civil, realizada pela equipe da Gerência Estadual de Polinter (Gepol), um homem com ordem de prisão definitiva decretada pela Justiça foi preso, na tarde de sexta-feira (03.07), em Cuiabá. O suspeito, de 42 anos, é condenado por crime de homicídio e além de responder a processos por diferentes crimes.

O mandado de prisão definitiva foi expedido pelo Poder Judiciário no último dia 04 de junho, em grau de recurso de apelação nos autos do processo pela prática de homicídio qualificado, em que o suspeito foi condenado a mais de sete anos de prisão.

Além da condenação pelo crime, o suspeito também responde a diversos processos por roubo qualificado na forma tentada, receptação qualificada, furto qualificado (tentado e consumado), e porte ilegal de arma de fogo.

Em 2014, ele foi preso pela Polícia Militar no bairro Jardim Vitória, região norte da capital, durante uma abordagem de rotina, sendo constatado na época um mandado de prisão em aberto em seu desfavor.

Leia mais:   Suspeito por estupros, homem que agia na madrugada contra vítimas é preso em flagrante em Água Boa

A ordem de prisão contra o condenado foi cumprido pelos policiais da Polinter na sexta-feira (03), quando ele chegava a sua residência no bairro CPA, região da Grande Morada da Serra em Cuiabá. Ao ser abordado, o suspeito não resistiu a prisão e foi Conduzido a delegacia de para as providências cabíveis.  

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de homicídio ocorrido há um ano em São Antônio do Fontoura

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem apontado como autor de homicídio ocorrido há mais de um ano no distrito de Santo Antônio do Fontoura teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na sexta-feira (03.07), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá).

O suspeito teve a ordem de prisão decretada pela 3ª Vara da Comarca de Porto Alegre do Norte por homicídio qualificado. As investigações conduzidas pela Delegacia de São José do Xingu iniciaram no dia 16 de junho de 2019, logo após o registro da ocorrência.

Segundo as informações, o crime ocorrido no distrito de Santo Antônio do Fontoura foi motivado por uma dívida de R$ 170. Na ocasião, o suspeito efetuou um disparo de arma de fogo contra a cabeça da vítima por não ter recebido o valor e em seguida foragiu do local.

Diante das evidências, foi instaurado inquérito policial em que o suspeito foi identificado e teve o mandado de prisão preventiva representado pelo delegado, Allan Vitor, em razão de sua alta periculosidade.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre dois mandados contra homem envolvido em diversos crimes

A prisão foi decretada pela Justiça e o suspeito estava foragido há mais de um ano. A ordem de prisão foi cumprida, na sexta-feira (03), durante diligências para apura crimes patrimoniais realizadas pela equipe da Derf de Confresa na zona rural de Vila Rica.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado à delegacia para as providências de praxe e em seguida conduzido a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Depois disso, o acusado foi apresentado ao Delegado Plantonista, o qual, após os procedimentos legais, comunicou o cumprimento do mandado e encaminhou o preso à Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte/MT.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana