conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende mais três suspeitos com drogas e armas em continuidade de operação em Alta Floresta

Publicado

Assessoria/Polícia Civil–MT

 

Em continuidade aos trabalhos da operação Vitae III, a Polícia Civil de Alta Floresta (650 km ao norte de Cuiabá) prendeu mais u três suspeitos e  apreendeu drogas, armas e munições, em ação realizada na tarde de sexta-feira (10.07).

As diligências realizadas para dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão contra um alvo da operação  foram realizadas pelos policiais da Delegacia de Alta Floresta, Gerência de Operações Especiais (GOE) com apoio da  Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar.

Segundo as investigações da operação Vitae III, o suspeito alvo da ordem judicial atua na função de “disciplina” na organização criminosa, sendo responsável pela aplicação de castigos físicos e homicídios àqueles que descumprem as ordens e regras da facção.

Com informações de que o suspeito não estava em sua residência, os policiais realizaram sua abordagem em via pública, realizando sua prisão. Em seguida, os policiais realizaram as buscas na casa do investigado, no bairro Parque dos Lagos, porém no local não foi encontrado nenhum material ilícito.

Leia mais:   Bimotor com 450 kg de cocaína é interceptado pela FAB e pousa em MT

Durante entrevista com os policiais, o suspeito apontou dois endereços, um no setor industrial e o outro no bairro Boa Nova III, onde estariam guardados entorpecentes e armas de fogo pertencente à organização criminosa.

Em buscas em uma das residências, os policiais encontraram porções de entorpecentes (maconha e pasta base), balança de precisão, aparelhos celulares e R$ 500. Um suspeito que estava na casa foi preso e encaminhado para a Delegacia de Alta Floresta.

No segundo endereço no bairro Boa Nova III, foi localizada uma pistola calibre 380, um carregador, um revólver calibre 32 e munições calibres 32 e 380.  O morador da casa foi preso em flagrante e confessou que estava guardando as armas a pedido do integrante da facção criminosa.

Diante das evidências, todo material ilícito foi apreendido e os suspeitos foram encaminhados a Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogados pelo delegado Pablo Carneiro,  foram lavrados os flagrantes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Destaque

Detento é encontrado morto dentro de tambor com água na cadeia publica de Cáceres

Publicado

Detento de 41 anos, identificado como M.J.L., foi encontrado morto na Cadeia Pública de Cáceres, na madrugada desta terça-feira (4). Segundo as informações, o corpo dele estava dentro de um tambor de água com 200 litros, de cabeça para baixo.

De acordo com as informações, um dos funcionários da cadeia percebeu pelas câmeras de monitoramento que os detentos estavam se comportando de maneira estranha, em seguida, teria acenado para a câmera.

Leia também – Testemunhas encontram corpo de homem em rodovia de MT

Um dos servidores desceu e foi até os agentes verificar o que tinha acontecido. Um dos detentos informou que “tinha um b.o para eles resolverem”, apontando a direção.

Dentro da cela, encontraram o corpo do detento dentro de um tambor de 200 litros d’água, de cabeça para baixo. Segundo os outros presos, ele cometeu suicídio. O local foi isolado até a chegada da Perícia Oficial. O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Leia mais:   Feminicídios aumentam 68% nos primeiros seis meses de 2020 em MT
Continue lendo

Destaque

PF deflagra operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Cuiabá e Cáceres

Publicado

A ação faz parte da Operação Coincidere, com o objetivo de desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (4), cinco mandados de busca e apreensão e quatro de prisão em Cuiabá, Cáceres e São Paulo. A ação faz parte da Operação Coincidere, com o objetivo de desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Um dos alvos já foi preso na semana passada, durante deflagração da Operação Alagados.

Durante a investigação, a PF identificou organização criminosa estabelecida na região de fronteira do Estado do Mato Grosso, com atuação consistente na internalização de grandes cargas de cocaína vindas da Bolívia. Posteriormente, a droga era enviada à Europa, via portos, com uso de caminhões com compartimentos especialmente preparados.

No decorrer da investigação, foram efetuadas duas prisões em flagrante e três apreensões que totalizaram aproximadamente 700kg de cocaína. Na última apreensão, após abordagem realizada pela Força Aérea Brasileira (Fab), a aeronave realizou pouso forçado em uma área rural próximo ao Porto Jofre, em Poconé.

Leia mais:   Defensoria Pública usa nova lei do Pacote Anticrime em HC e TJMT concede progressão de regime mais benéfica

O piloto fez pouso forçado ao perceber que seria abordado e em seguida os ocupantes atearam fogo no avião e fugiram para região de mata.

Por: Fabiana Mendes – Olhar Direto

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana