conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende 5 e fecha casa de distribuição para traficantes do interior do Estado

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma ação da Polícia Civil, desencadeada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), levou a prisão cinco traficantes que estavam em uma residência utilizada como ponto de distribuição de drogas em Várzea Grande. Segundo as investigações da DRE, a casa era usada como ponto de apoio para traficantes que vinham do interior do Estado para buscar drogas na grande Cuiabá.

Segundo as investigações, Mateus Ferreira da Silva, 21, Cleyton Costa Rodrigues, 18, Cristiane da Costa Ressurreição, são traficantes que vieram do interior do Estado para buscar drogas na região metropolitana. Lucas Guimarães Roberto, 25, é o proprietário da residência alvo da investigação e João Paulo da Costa Ventura, identificado como o motorista de aplicativo que dava apoio aos criminosos.

Todos os suspeitos foram atuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O trabalho teve início na terça-feira (21.05) quando a equipe de investigadores da DRE recebeu informações de que o traficante, “Cleytinho”, chegaria da cidade de Pontes e Lacerda, com a finalidade de adquirir drogas em Várzea Grande, que seriam comercializadas no município de origem do suspeito.

Leia mais:   Equipe Especial interroga esposa de cabo em investigações das interceptações ilegais

Segundo as informações, a entrega do entorpecente aconteceria na residência, no bairro Jardim Imperial em Várzea Grande, que já era investigada pela DRE como ponto de apoio para traficantes vindos do interior do Estado. Diante dos levantamentos, os investigadores realizaram monitoramento do endereço, onde verificaram a grande movimentação de suspeitos que entravam e saíam da residência.

Durante o monitoramento, os policiais flagraram o momento em que o motorista de aplicativo Uber, João Paulo, chegou a residência com veículo Renault Sandeiro para buscar “Cleytinho”. Os suspeitos foram seguidos até a Rodoviária de Várzea Grande, onde foi realizada a abordagem. Na mochila de “Cleytinho”, os policiais apreenderam três peças grandes de maconha que embarcariam com ele para Pontes e Lacerda.

Os policiais aguardaram a chegada do ônibus, momento em que realizaram a abordagem do traficante Mateus, que havia embarcado na Rodoviária de Cuiabá e seguia destino a cidade de Comodoro. Com o suspeito, foi encontrada uma sacola com uma peça grande de maconha e uma porção da mesma droga.

Leia mais:   Polícia Civil prende condenado de por descumprimento de medidas impostas

Em continuidade as diligências, os policiais retornaram a residência alvo da investigação, onde realizaram a prisão de Lucas (identificado como proprietário da casa) e de Cristiane, flagrada com várias porções pequenas de maconha dentro da bolsa. Questionada, a suspeita disse que veio de Lucas do Rio Verde para fazer uma visita ao traficante Lucas. Outros dois suspeitos que estavam na casa fugiram no momento em que a Polícia chegou ao endereço.

Segundo o delegado da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a casa, alvo da investigação é utilizada como ponto de suporte e distribuição de drogas, para traficantes do interior do Estado.

“É uma ação muito importante porque a casa monitorada em Várzea Grande, inclusive com apoio da Delegacia Regional, servia como um ponto de distribuição e apoio para traficantes de interior do Estado, que ficavam no endereço, onde tomavam banho, tinha alimentação, buscavam o entorpecente, para posteriormente retornar para suas cidades”, disse o delegado.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil apreende carga com defensivos agrícolas

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Denúncia sobre um carregamento de drogas, apurada pela Polícia Civil,  por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE),  levou a apreensão, nesta quinta-feira (19.09), de uma grande quantidade de defensivos agrícolas, contrabandeados do Paraguai. Os produtos estavam distriruídos entre sacos e galões. 

Dois homens um de 41 anos e outro de 26 anos foram presos em flagrante pelos crimes de sonegação fiscal, crime ambiental e pelo transporte ou comércio de produtos agrotóxicos em descumprimento da legislação.

Equipes da Delegacia passaram a fazer diligências na região do Distrito Industrial, e encontraram a carreta estacionada no pátio de um posto de combustível. Durante buscas, ao invés de entorpecentes foram encontrados defensivos contrabandeados do Paraguai.

“Estavam transportando esse defensivo para distribuir possivelmente para interior do Estado. Vamos autuar pelo crime ambiental, crime de sonegação fiscal, contrabando e artigo 15 da Lei de Agrotóxico”, disse o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Os dois foram encaminhados a audiência de custódia. O procedimento, por envolver delito de contrabando vindo de outro País, será encaminhado a Polícia Federal. A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) também foi informada sobre a ocorrência.

Leia mais:   Autor de homicídio em Acorizal tem prisão cumprida pela Polícia Civil na Capital

O caminhão semireboque, a carga de defensivos e mais de R$ 10 mil foram apreendidos. Os produtos serão contabilizados por uma empresa com equipamentos de segurança para sua contagem, em razão de tratar-se de mercadoria nociva à saúde.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende dois por tráfico de drogas com pagamento via cartão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois jovens contumazes na prática de tráfico de entorpecentes, com opção de pagamento mediante cartão de crédito, foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na manhã de quinta-feira (19.09), no município de Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital).

Além das prisões, a ação deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-Rondonópolis) resultou na apreensão de diferentes drogas, dinheiro, munição e apetrechos para a venda ilícita.

Wesley Roney Lemes Rodrigues, 26, e Felipe Aurélio Mangabeira de Souza, 22, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de munição de uso permitido.

A dupla foi descoberta após investigação para apurar crimes ocorridos na região. Nas diligências foi identificada uma residência no bairro Jardim Maria Tereza, com uma pessoa na frente em atitude suspeita.

Foi feita abordagem do primeiro rapaz, W.R.L. R., e em sua cintura localizada uma porção grande de maconha.

Diante dos fatos, os policiais civis lograram êxito em abordar no interior da casa o segundo envolvido, identificado como F.A.M.S.. Ao perceber a presença da polícia, ele  tentou fugiu, porém, acabou contido.

Leia mais:   Investigador conquista 3ª colocação no Pan-americano de Jiu Jitsu em Brasília

No interior do imóvel foram apreendidas 20 porções de maconha, diversas trouxinhas de cocaína, cerca de 500 gramas de pasta base de cocaína, além de dinheiro, uma balança de precisão, uma munição de calibre 38 e uma máquina de cartão magnético.

Segundo apurado, eles são apontados como responsáveis pelo tráfico de drogas em vários bairros da cidade. Ainda ofereciam as substâncias ilícitas em grupos de aplicativo de celular, e possuíam como opção de pagamento, uma máquina de cartão para “facilitar ao cliente”.

Após o flagrante, ambos foram conduzidos à Delegacia, interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de munição de uso permitido.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana