conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil participa de 2º Acampamento Regional de Projetos Mirins em Nova Lacerda

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através do Programa De Cara Limpa Contra as Drogas, participou do 2º Acampamento Regional de Projetos Mirins, realizado entre os dias 15 a 17 de novembro, em Nova Lacerda (546 km a Leste de Cuiabá). O encontro, que reuniu mais de 300 crianças com idades, entre 10 a 16 anos, iniciou no dia 15, após o desfile da Proclamação da República.

O acampamento idealizado pela Guarda Mirim de Nova Lacerda tem o objetivo de reforçar a autoconfiança, disciplina, responsabilidade, superação, persistência através das características das profissões da área de segurança.

Durante o encontro, as crianças participam de instruções teóricas e práticas com noções de primeiros socorros, prevenção de acidentes no lar, os malefícios das drogas lícitas e ilícitas, nós e amarrações, meio ambiente, consumo racional de energia elétrica, hinos e canções, boas maneiras e conduta do cidadão, educação para o trânsito, entre outros temas.

 

Uma das atuações da Polícia Civil no evento aconteceu através do investigador lotado na Delegacia de Comodoro, Carlos Araújo, que ministrou a instrução sobre Educação ambiental para os 6 pelotões da Guarda Mirim e Bombeiros do Futuro, dos períodos matutino e vespertino.

Leia mais:   Armas e munições são apreendidas durante buscas na zona rural de Cáceres

O tema abordado foi a “Água”, uma vez que a localidade, Cascata do Uirapurú possui o recurso natural em abundância. Durante a aula, foram abordados assunto como: uso da água, ciclo hidrológico, problemas relacionados a água, poluição dos corpos d’água, importância da mata ciliar, bem como foi falado sobre a fauna, flora,  hidrografia e relevo da Parque Uirapurú.

No final da instrução, foi confeccionado um filtro artesanal para água em caso de  emergência. “Conhecer sobre o tema é vital para preservar e manter os recursos hídricos para as próximas gerações”, disse o investigador.

 

O investigador, Farias, de Pontes e Lacerda ficou responsável por ministrar aos alunos, instruções de camuflagem e orientação e navegação na mata com emprego de bússola  Durante a atividade foram abordados temas como: importância da camuflagem, meios, objetivos e prática.

Com o segundo tema, os alunos aprenderam noções de navegação na mata, interpretação do terreno e uso de bússola, posterior prática com uma pista de orientação e navegação.

Entre as outras atividades realizadas estavam instrução om o Canil da Gefron, tirolesa com o Corpo de Bombeiros, instrução com a professora, Ana Colle, do IFMT sobre animais peçonhentos. Instrução com a Defesa Civil, palestra preventiva ao uso de drogas com Polícia Militar de Porto Esperidião.

Leia mais:   Em 30 minutos de Operação Lei Seca, 2 são multados e 3 veículos são removidos
 

No último dia de acampamento, foi realizada confraternização com churrasco e conclusão das atividades na praça central do município com autoridades presentes e entrega de lembrança aos participantes.

Participaram do evento, alunos do Bombeiros do Futuro e das Guardas Mirins de Nova Lacerda, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Vila Bela da Santíssima Trindade, Comodoro e Campos de Júlio.

O evento contou com a atuação das instituições, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Bombeiro Militar, Defesa Civil, e Instituto Federal de Educação, além do apoio da Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Nova Lacerda.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Foragido da justiça por matar ex-namorada tem prisão cumprida em Manaus

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O autor de homicídio contra a ex-namorada, ocorrido no ano de 2012 em Cuiabá, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, após ter seu paradeiro identificado em investigações da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol). O suspeito foi localizado em Manaus (AM) com apoio da Polícia Civil do Amazonas.

As diligências em busca do foragido da justiça iniciaram após equipe de policiais civis da Polinter receber a ordem de prisão de Jeanderson Xavier Rangel, 31, conhecido por “Jejé” ou “Jeazinho”.

O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Capital, no último dia 29 de novembro, e com pouco mais de uma semana após receber a determinação judicial os policiais do Núcleo de Inteligência da Polinter identificaram o paradeiro do procurado da justiça. Após minucioso trabalho de coleta de dados, o suspeito foi localizado na região Norte do País, no município de Jacareacanga, Sudoeste do Estado do Pará onde estava trabalhando na extração de minério como garimpeiro.

Leia mais:   Polícia Civil prende mãe e filha e contratavam menores para atuar com tráfico na Capital

Segundo as investigações, no ínicio da semana, Jeanderson Rangel viajou para a capital do Estado do Amazonas; fazendo uso de documentos falsos. Em continuidade aos trabalhos de monitoramento, na manhã desta terça-feira (10.12), os policiais da Polinter solicitaram apoio para captura aos policiais civis Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil do Amazonas.

Com base nas informações passadas, o foragido Jeanderson foi preso na região no Centro Sul da capital Manaus, no Conjunto Parque das Laranjeiras, bairro das Flores onde estava refugiado.

Entenda o caso

Réu confesso, em julho de 2014, Jeanderson Xavier Rangel foi submetido a juri popular na comarca de Cuiabá e após mais de oito horas de julgamento foi sentenciado e condenado a quarenta e três anos e dez meses de prisão, apontado como autor dos disparos que tiraram a vida de sua ex-namorada; a acadêmica de direito Ariely Lopes da Silva, 20, e do filho dela de apenas 4 anos de idade. O crime ocorreu no bairro Serra Dourada em Cuiabá em novembro de 2012.

Leia mais:   Polícia Civil apreende armas e munições durante buscas na zona rural de Cáceres

Depois de condenado pela justiça passou a cumprir pena no Sistema Prisional do Estado conseguiu autorização para realizar trabalhos extramuros. Na tarde de 15 de fevereiro de 2016, enquanto trabalhava nas obras da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May empreendeu fuga e desde então seu paradeiro era desconhecido.

Natural de Ariquemes, Rondônia, o preso Jeanderson Xavier Rangel ficará recolhido temporariamente junto ao Departamento Penitenciário do Estado do Amazonas até posteriores determinações da justiça que venham a ensejar sua remoção para o Estado de Mato Grosso onde deverá cumprir o restante da pena privativa de liberdade.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Foragido condenado por roubo tem prisão cumprida em ação da Polícia Civil

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), deu cumprimento ao mandado de prisão de um foragido da justiça, durante trabalho investigativo realizado na segunda-feira (09.12).

O suspeito, Luís Eduardo de Siqueira e Silva, estava com a ordem de prisão decretada pela 2ª Vara Criminal de Várzea Grande, por decisão condenatória de pena de 14 anos de 6 meses, pelo crime de roubo com aumento de pena.

O suspeito foi localizado pelos policiais da DERRFVA durante investigações de um crime de roubo. Após ter a ordem de prisão cumprida o suspeito foi encaminhado a DERRFVA para as providências cabíveis e posteriormente encaminhado para audiência de custódia.

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Criação de delegacia é elogiada por ministro e terá foco nos crimes de corrupção e lavagem de ativos
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana