conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de entorpecentes em Rondonópolis

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), incinerou mais de meia tonelada de entorpecentes, na manhã desta quarta-feira (16.10), em uma empresa recuperadora de pneus, no bairro Parque Oasis, no município.

A droga, constituída em sua maioria maconha, foi destruída após autorização do Poder Judiciário. Segundo o delegado, Santiago Rozendo Sanches e Silva, a grande quantidade de entorpecente corresponde a apreensões realizadas no segundo semestre de 2019, em ações das Forças de Segurança de Rondonópolis, em sua maioria realizadas pela Polícia Civil.

No mês de agosto, a Polícia Civil de Rondonópolis já havia incinerado outro carregamento de entorpecentes, totalizando 650 quilos de drogas destruídas na ocasião.

Estiveram presentes na incineração, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Ministério Público local.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil cumpre prisão de envolvido em violência doméstica e tentativa de homicídio

Policial

Operação fecha áreas de extração ilegal de ouro em distrito de Peixoto de Azevedo

Publicado

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Operação Ouro Maculado, realizada em conjunto pela Polícia Civil de Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá), Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Politec, aprendeu nesta quinta-feira (09.07) diversos maquinários, armas de fogo e munições utilizados em uma área de garimpo ilegal de ouro, no distrito de União do Norte. Uma pessoa que estava no local foi detida por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Os bens apreendidos totalizam mais de R$ 1 milhão.

 

A operação é resultado de denúncias recebidas pela Polícia e Ministério Público sobre o garimpo ilegal que estava em funcionamento nos locais conhecidos como Travessão 1 e 3, a aproximadamente 70 quilômetros da cidade. Policiais civis da Delegacia de Peixoto de Azevedo, o promotor do município e equipes da Sema e Perícia Técnica foram ao distrito na manhã desta quinta-feira onde flagraram máquinas retroescavadeiras e motores em atividade.

De acordo com o delegado de Peixoto de Azevedo, José Getúlio Daniel, o local apresenta uma extensa área com degradação ambiental provocada pela extração ilegal de ouro. Ele explica que dois garimpos foram fechados, contudo, os donos não foram encontrados no local.

Leia mais:   Policiais da Gerência de Operações Especiais recebem capas de colete de alto nível de proteção
 

Em buscas na casa do garimpo, os policiais civis localizaram armas de fogo e diversas munições. O rapaz de 19 anos que estava no local, filho do dono do garimpo, informou desconhecer documentação para exploração da atividade.

Os fiscais da Sema identificaram que o curso de água que passa pela propriedade foi desviado para a atividade de garimpo, situação que foi confirmada pelo rapaz que estava no local.  

 

As investigações da Polícia Civil terão continuidade para identificar o proprietário do garimpo ilegal, que responderá por diversos crimes ambientais, entre eles a extração de recursos minerais sem autorização legal e degradação ambiental. O maquinário e as armas apreendidas passarão por perícia.

Encaminhado à delegacia de Peixoto de Azevedo junto as armas e munições, o jovem de 19 anos foi ouvido pelo delegado José Getúlio e autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele pagou a fiança arbitrada e foi liberado.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil investiga identidade de ossada localizada em Santo Antônio de Leverger

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil investiga a identidade da ossada encontrada no final da tarde de quinta-feira (09.07) no município de Santo Antônio de Leverger, suspeita de ser da vítima, José Mario Bastos Lima, de 37 anos, conhecida como a travesti Mary, que está desaparecida desde janeiro deste ano.

A ossada foi encontrada após a equipe da Polícia Civil receber denúncia anônima sobre a localização de ossos humanos na estrada que de acesso a região do Engenho Velho. No ponto indicado, a ossada foi encontra às margens da estrada sendo acionada a Perícia do local e de identificação da vítima.

A identidade só poderá ser confirmada após a finalização dos laudos periciais emitidos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), que fará o confronto de DNA ou de ossada dentária para chegar a identificação da vítima.

A travesti está desaparecida desde o dia 08 de janeiro deste ano quando saiu do seu trabalho em uma pizzaria da cidade. O desaparecimento é investigado em inquérito policial instaurado na Delegacia de Santo Antônio de Leverger e os trabalhos contam com o apoio do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Leia mais:   Polícia Civil prende traficantes com drogas e R$ 1,5 mil em boca de fumo no bairro Alvorada

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana