conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil fecha boca de fumo pela quarta vez no ano no bairro Pedregal

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), fechou pela quarta vez este ano, uma boca de fumo instalada no bairro Pedregal em Cuiabá. A ação realizada na terça-feira (19.11) resultou em três pessoas presas em flagrante, além da apreensão de entorpecentes e apetrechos relacionados ao tráfico.

Entre os presos está a idosa, C.L., 62, e os suspeitos, J.G.S.S. 25 e J.L.,45, todos autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Os policiais da DRE iniciaram as diligências após receberem informações da possível mercancia de drogas no endereço no bairro Pedregal, onde já foram realizados flagrantes anteriores. Logo que chegaram ao local, os policiais flagraram a cena de um motociclista  que saiu da casa e entregou  algo para uma jovem com uma criança de colo, levantando a suspeita da mercancia de drogas.

Diante das evidências, os policiais decidiram realizar a abordagem no endereço, ocasião em que os suspeitos tentaram fugir, porém foram detidos. Em buscas na casa, os policiais localizaram uma porção grande maconha e oito porções médias da mesma droga, além de duas balanças de precisão e dinheiro trocado característico da atividade de tráfico.

Leia mais:   Cáceres implanta atendimento às vítimas por aplicativo de mensagens

Os três suspeitos que localizados na residência, incluindo a idosa, foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

“Durante a ação, ficou claro que a idosa é conivente com a mercancia de drogas em sua residência, associada aos demais suspeitos para o armazenamento das substâncias ilícitas”, disse o delegado.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Destaque

Cáceres implanta atendimento às vítimas por aplicativo de mensagens

Publicado

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Cáceres acaba de lançar um novo canal para atendimento preliminar às vítimas de violência doméstica e familiar na cidade, em parceria com a Polícia Militar.

Trata-se do número (65) 99981-5578, disponível para mensagens via WhatsApp.

A nova ferramenta atende a uma reivindicação do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e da Delegacia da Mulher do município.

Além do atendimento e acolhimento das vítimas, o WhatsApp poderá ser utilizado para denúncias de violência contra a mulher, 24 horas por dia.

A plataforma digital ganha uma importância ainda maior durante a pandemia do Novo Coronavírus. Isso porque no período de confinamento, com agressores e vítimas sob o mesmo teto em tempo integral, a busca por outros canais de denúncia tende a diminuir, uma vez que a vítima não consegue pedir ajuda reservadamente.

Outras cidades – Conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), algumas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher também criaram canais para denúncias e atendimento psicológico pelo serviço de WhatsApp, em função do período de isolamento social. Em Cuiabá, o número disponibilizado para mensagens é (65) 99973-4796, e em Várzea Grande é o (65) 98408-7445.

Leia mais:   Detento é preso pelo Gefron suspeito de furtar uma moto horas depois de ser solto de presídio

Dados – Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgado em junho deste ano aponta redução dos registros de crimes nas Delegacias de Polícia e crescimento das denúncias telefônicas no país, nos meses de março e abril de 2020, comparados ao mesmo período do ano passado. Em Mato Grosso, nesse período o número de registros de lesão corporal dolosa caiu 16,7%, enquanto o número de feminicídios aumentou 150%. Os dados da pesquisa podem ser conferidos aqui.

Por Assessoria
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Detento é preso pelo Gefron suspeito de furtar uma moto horas depois de ser solto de presídio

Publicado

Um homem suspeito de furtar uma moto no valor de R$ 9 mil foi preso logo depois de sair de um presídio na região de Porto Esperidião, a 358 km de Cuiabá, na noite de quinta-feira (6).
O ex-presidiário tinha acabado de receber a soltura e ainda estava em posse do alvará quando foi abordado pela equipe da Força Tática e Gefron, na BR-174.
De acordo com a Polícia Militar, o homem tem passagens por oito crimes de furto e uma passagem por roubo.
Os policiais suspeitaram depois que ele atravessou a BR-174 em alta velocidade, quando foi dada ordem de parada.
Aos militares, o suspeito disse que havia acabado de sair do presídio, mas que viu a moto estacionada com o capacete e a chave na ignição e realizou o furto.
O homem ainda afirmou à polícia que seguiria para Pontes e Lacerda. Ele foi detido e encaminhado à delegacia.
Por Suelen Alencar
Comentários Facebook
Leia mais:   Detento é preso pelo Gefron suspeito de furtar uma moto horas depois de ser solto de presídio
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana