conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil e Vigilância Sanitária fecham consultório clandestino de prótese dentária

Publicado

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um consultório odontológico que funcionava clandestinamente em Confresa (1.060 km a nordeste de Cuiabá) foi fechado pela Polícia Civil do município nesta quinta-feira (21.05). A ação integrada, deflagrada em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal, resultou também na prisão de um idoso.

As diligências iniciaram após uma vítima procurar a Delegacia de Confresa, relatando que havia contratado o suposto profissional para fazer uma prótese dentária.

Porém, ao receber o material adquirido e tentar utilizar, percebeu que a prótese havia ficado torta. A vítima procurou o profissional para refazer o serviço, mas foi informada por ele que teria que pagar novamente. Diante da  situação, a vítima procurou a polícia e registrou a ocorrência.

Com base na denúncia, os policiais civis, acompanhados dos servidores da Vigilância Sanitária, foram até o consultório, no bairro Vila Nova. No local as equipes encontraram o homem de 73 anos, sendo também verificado que o estabelecimento funcionava sem fachada, de forma improvisada e em situação precária, em péssimas condições de higiene oferecendo um grande risco à saúde dos clientes.

Leia mais:   Polícia Civil recupera motocicleta furtada em Confresa

Todo trabalho de vistoria e fiscalização foi feito na presença do profissional, sendo o local interditado na sequência. Por atuar sem o certificado do registro odontológico, o suspeito de 73 anos foi conduzido para a Delegacia de Confresa, ouvido e posteriormente autuado em flagrante pelo crime de exercício irregular da arte dentária.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil cumpre cinco mandados em operação de combate ao tráfico de drogas em Água Boa

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Cinco mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Civil do município de Água Boa (703 km a leste de Cuiabá), na manhã desta quinta-feira (04.06). As ordens judiciais foram expedidas na operação “Cannabis”, deflagrada para combater o tráfico de drogas e associação criminosa na região.  

Tendo como alvo estabelecimentos comerciais e residências, o trabalho operacional resultou na prisão de um suspeito, na apreensão de drogas, duas armas  de fogo, além pacotes de maços de cigarros sem comprovação fiscal, e outros objetos. 

De posse das ordens de busca e apreensão domiciliar, no primeiro endereço os policiais civis localizaram uma pistola de calibre 380, uma espingarda, munições e uma porção de maconha. 

Na ocasião um empresário, morador da casa, ameaçou a equipe. Conduzido para  delegacia, ele foi interrogado e autuado em flagrante por posse ilegal de armas de fogo e munições, desacato, ameaça e uso de droga.   

Em outro estabelecimento comercial, foram apreendidos vários pacotes contendo maços de cigarros de origem ilícita. O responsável pelo comércio também foi levado para esclarecimentos e providências. Em buscas em outra residência, os policiais civis encontraram uma porção de cocaína. No momento da chegada da equipe um suspeito conseguiu fugir.

Leia mais:   Polícia Civil fecha quatro pontos de venda de drogas durante operação em Primavera do Leste

No trabalho de busca também foram apreendidos diversos aparelhos celulares, computador e anotações que serão objetos de investigação e analisados.

Vinte e um policiais civis, entre investigadores, escrivães e delegado de Água Boa participação da operação, a qual está inserida no planejamento de uma série de ações desencadeadas pela Polícia Civil de Água Boa, visando a repressão ao tráfico de drogas e organizações criminosas que vem atuando no município.  

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende grupo criminoso envolvidos em roubos em Barra do Bugres

Publicado

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Barra do Bugres (167 km ao médio norte da Capital) e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), deflagraram a operação “157” para desarticular um grupo criminoso atuante no município. 

Os suspeitos foram identificados durante investigação iniciada na Delegacia de Barra do Bugres, para elucidar roubos cometidos em residências com subtração de veículos e outros produtos e pertences de valores das vítimas.

Com base nas investigações, foi possível chegar a identificação dos suspeitos, moradores na cidade de Várzea Grande. Diante das evidências, a Polícia Civil representou pelos mandados de prisão dos suspeitos, que foram decretados pela Justiça.

Os criminosos que eram monitorados há dias, foram presos em Várzea Grande, durante ação da equipe da Derrfva. 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil prende foragido de justiça e receptador em ações distintas em Rondonópolis
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana