conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Civil e Conselho Tutelar apuram denúncias do Disque 100

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) e em parceria com Conselho Tutelar, deflagrou uma operação de combate a violência contra mulheres, na quarta-feira (06.11) com objetivo de apurar três denúncias recebidas pelo “Disque 100” e o 197 da Polícia Civil.

Uma das denúncias informava que duas adolescentes, com idades de 13 e 16 anos, estavam sendo vítimas de exploração sexual, no bairro Jardim Passaredo. Com base nas informações, os policiais da Deddica e conselheiros tutelares se deslocaram até o endereço para averiguação da denúncia.

As menores, junto a mãe, foram encaminhadas à Deddica para tomadas das providências cabíveis e passarão pela equipe multidisciplinar para que recebem atendimento especializado.

Outra denúncia, relatava que uma adolescente, de 17 anos, moradora do bairro Pedra 90, estava sendo aliciada para fins de prostituição. No local, as equipes encontraram duas adolescentes em companhia do suspeito, A.S.A. (29 anos). Questionado, ele disse que estava na casa com as adolescentes por ser amigo de uma delas.

Leia mais:   MT Hemocentro atualiza Cadastro de Doadores de Medula Óssea

Conduzido a delegacia, o suspeito mudou a versão e disse apenas conversar com a menor no interior da residência, porém negou ter mantido relações sexuais com ela. As adolescentes foram submetidas a exame de corpo de delito e também passaram por atendimento psicológico.

Em continuidade aos trabalhos da operação, os policiais diligenciaram em procura de quatro foragidos da justiça, acusados de estupro de vulnerável e que estão com ordens de prisão em aberto, porém nenhum dos alvos foi localizado e as buscas continuam em andamento.

Caso Nilo Póvoas

A Deddica e o Conselho Tutelar também atuam de forma conjunta no caso da adolescente, de 15 anos, que tentou se jogar do 2º piso da Escola Estadual Nilo Póvoas, na Capital.

O trabalho, realizado por meio da oitiva de pessoas próximas a vítima, visa identificar motivações que teriam levado a menor a praticar o ato.

A Polícia Civil aguarda a adolescente receber alta do hospital para que também possa ser ouvida pela equipe psicossocial da Deddica.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

CGE abre inscrições do seletivo para as Unidades de Correição

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) abriu nesta segunda-feira (25.05) as inscrições do processo seletivo interno para lotação de servidores nas Unidades de Correição, formação de cadastro de reserva para compor comissões processantes e para atuação como defensores dativos nos órgãos e nas entidades do Governo de Mato Grosso. Os servidores estaduais interessados em participar têm até sexta-feira (29.05) para se inscrever mediante o preenchimento de formulário disponível AQUI.

Juntamente com o formulário, devem ser anexados documentos como currículo atualizado, certificado de conclusão de curso de graduação e de pós-graduação, se houver, e certidão emitida pela unidade de correição de lotação do servidor de não ter sido punido em processo ético ou disciplinar nos últimos cinco anos.

De acordo com o Edital nº 001/2020-CGE/MT, podem participar do seletivo os servidores públicos estaduais efetivos e estáveis com formação de nível superior, entre outros requisitos como: não terem sido punidos em processo ético ou administrativo disciplinar nos últimos cinco anos e não ocuparem cargo em comissão na data de lotação na unidade de correição. Para o exercício da função de defensor dativo, o candidato deve ser, preferencialmente, bacharel em Direito.

Leia mais:   Governo vai abrir mais 60 UTIs no interior para casos de Covid-19

Foram abertas 96 vagas para lotação nas Unidades Setoriais de Correição e 22 vagas no órgão central de correição (CGE-MT); 24 vagas para atuação em Comissões Permanentes de Processo Administrativo Disciplinar, além de formação do cadastro de servidores aptos a atuar como defensor dativo e a atuar nas comissões processantes das instituições estaduais onde não há unidade de correição.

Os servidores aprovados serão lotados em Cuiabá (MT), à exceção daqueles que optarem, no ato da inscrição, por atuar na Unidade de Correição da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), no município de Cáceres (MT). Entretanto, vale destacar que os aprovados não serão necessariamente lotados ou participarão de comissões processantes em seu órgão de origem. A lotação dos aprovados será definida pela CGE-MT, conforme critérios estabelecidos no Edital nº 001/2020-CGE/MT.

A seleção dos candidatos será realizada em quatro etapas: análise curricular e da síntese de intenção à vaga; entrevistas; prova e investigação social. A homologação do resultado final está prevista para ser divulgada até dia 07/08/2020 no Diário Oficial do Estado.

Leia mais:   SES é notificada sobre três novas mortes por Covid-19 em MT

Acompanhe as informações relativas ao processo seletivo no link: http://www.controladoria.mt.gov.br/seletivo

Mais sobre o assunto:

CGE seleciona servidores para as Unidades de Correição

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Incentivos para micro e pequenas empresas fazem parte de ações realizadas pela Sedec MT

Publicado

Nesta segunda-feira (25.05) é comemorado o Dia da Indústria e a secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, por meio da Secretaria Adjunta de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, trabalha com o objetivo de fomentar políticas púbicas de apoio ao setor.

O Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic) busca estimular regiões de difícil acesso por meio de incentivos fiscais a empresas mediante geração de empregos. Para dar mais celeridade e isonomia ao processo, o Governo do Estado modificou o processo deixando-o totalmente online.

Vale dizer que a industrialização é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento de um estado que tem como base econômica a geração de matérias primas para o mundo, sendo considerado referência em produção de soja, milho, algodão e gado bovino. Essa verticalização da economia gera ainda mais riquezas, com consequente geração de emprego e renda para a população.

Em 2018, o setor industrial foi responsável pela geração de 141.121 mil empregos, segundo dados Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT). De 10,6 mil fabricas estabelecidos no Estado, mais de 98% corresponde a micro e pequenas indústrias.

Leia mais:   Governo vai criar mais 30 leitos definitivos no Hospital Regional de Cáceres

Por isso, a Sedec MT está trabalhando em ações para a valorização dos pequenos. “Existe uma necessidade muito grande de a gente trabalhar não apenas algumas ilhas, mas um desenvolvimento como um todo. E principalmente as pequenas indústrias precisam de políticas públicas que as ajudem”, afirma Celso Banazeski, secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo.

É preciso ainda, de acordo com Banazeski, diversificar a produção industrial tanto para as exportações como para o mercado interno. “Hoje, Mato Grosso é um grande importador e exportador de commodities e pouco verticaliza e diversifica a produção industrial”, comenta o secretário.

Para levar informações aos empresários de todo o Estado, a secretaria adjunta realiza o Circuito Empreendedor, projeto que faz parte do programa Pensando Grande para os Pequenos e que visa à orientação de quem quer melhorar o seu negócio ou até iniciar no empreendedorismo. O secretário Celso Banazeski acredita que ainda neste ano seja possível realizar dois eventos, após haver segurança para a saúde de todos com o fim da pandemia do novo coronavírus.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana