conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre prisão de foragido flagrado com motocicleta furtada em Confresa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Confresa (1.160 km a Nordeste da Capital) cumpriu na tarde de segunda-feira (16.09), o mandado de prisão preventiva contra Cleverson de Souza Cardoso, 34, conhecido como “Cebolão”. O suspeito estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela Justiça de São Félix do Araguaia, pelo crime de roubo.

A ação resultou ainda na apreensão de uma motocicleta Honda/CB 300, furtada no município de Confresa e que foi localizada em posse do suspeito.

Durante trabalhos investigativos, os policiais civis da Delegacia de Confresa descobriram que após ter saído da prisão recentemente, o suspeito teria voltado a praticar novos crimes na região, principalmente roubos de gado e furtos em propriedade agrícolas, na zona rural do município.

O mandado de prisão cumprido em desfavor do suspeito foi decretado pela Justiça em razão de um roubo de gado, ocorrido em uma Fazenda no Distrito de Espigão do Leste. Além de “Cebolão” outros suspeitos foram presos pelo mesmo Crime, onde encontram-se detidos na Cadeia Pública de São Félix do Araguaia, permanecendo a disposição da Justiça.

Leia mais:   Delegados de MT são coautores de segundo volume de livro com temas contemporâneos da Polícia Judiciária

Segundo a Polícia, o preso também é suspeito de praticar alguns furtos a propriedades agrícolas na região do Santa Luzia e Pé de Galinha. Em posse do detido, os policiais encontraram além da motocicleta furtada um capacete preto da Marca San Marino, produto de furto praticado no sábado (14) em um Sitio localizado na região conhecida por “Pé de Galinha”.

Diante dos fatos, além de ter o mandado de prisão preventiva cumprido, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. Após o término dos procedimentos, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, permanecendo a disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil de Pontes e Lacerda recebe doação de máscaras de proteção facial

Publicado

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil do município de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá) por meio da Delegacia Regional, conseguiu através de parceria com Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), a doação de máscaras de proteção facial (face shield) para uso dos servidores das unidades policiais.

As máscaras de uso individual serão distribuídas para os policiais civis das delegacias de Pontes e Lacerda, e dos municípios de Comodoro, Campos de Júlio, Vila Bela da Santíssima Trindade e Jauru.

Conforme o delegado regional de Pontes e Lacerda, Clayton Queiroz Moura, o doação surgiu em face da pandemia do vírus Covid-19 e da necessidade de uma atuação efetiva e segura dos profissionais de segurança pública lotados na região.

“As máscaras são frutos de uma doação realizada pelo IFMT de Pontes e Lacerda, que em parceria com o Conseg estão desenvolvendo o projeto “Mascovid” coordenado pelo professor e mestre Bernardo Janko Gonçalves Biesseck”, disse Clayton Queiroz Moura. 

Durante visita realizada na tarde de sexta-feira (05.06) ao campus do Instituto Federal e acompanhado do diretor professor e doutor Stefano Teixeira Silva, o delegado da Regional de Pontes e Lacerda conheceu toda a estrutura do projeto e ressaltou a importância do trabalho policial e da adoção de medidas de prevenção e controle desta doença que assola todo o mundo.  

Leia mais:   Polícia Civil prende autor de roubos e suspeito de entrar com drogas em presídio

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Delegados de MT são coautores de segundo volume de livro com temas contemporâneos da Polícia Judiciária

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Cinco delegados de polícia de Mato Grosso, entre eles o organizador da obra, estão entre os coautores do livro “Tratado Contemporâneo de Polícia Judiciária – Volume 2”, que será lançando no segunda quinzena de julho, trazendo  temas contemporâneos e poucos explorados doutrinariamente sobre a atividade policial.

A publicação lançada pela editora Umanos  traz a apresentação de um projeto ampliado com o ingresso de novos integrantes e uma nova formatação sempre buscando a melhoria e novos pontos de vistas de assuntos policiais criminais e correlatos contemporâneos de profundidade vertical e horizontal.

Vinte e um delegados da Polícia Judiciária Civil dos estados de Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Piauí, Amapá, Maranhão e da Polícia Federal contribuíram para a construção da obra, que além dos temas já abordados no volume 1, traz assuntos da atualidade como “COVID-19 com as repercussões criminais e atividade de Polícia Judiciária”

No livro também são abordados temas atuais como: Investigações Criminais Tecnológicas Aplicadas no Enfrentamento da Corrupção e correlatos; Enfrentamento às organizações criminosas – o acordo de colaboração premiada depois do Pacote Anticrime; A (in)aplicabilidade do Princípio da Insignificância aplicado pelo Delegado de Polícia; Infiltração Policial Digital; Infiltração Policial Virtual, limites e aplicação; A criminologia aplicada a Investigação Criminal; Criptoativos e Investigação Criminal, entre diversos outros assuntos relacionados à atuação da Polícia e à investigação criminal.

Entre as autoridades policiais atuantes em Mato Grosso que subescreveram a obra estão os delegados Bruno Lima Barcelos, Cláudio Álvares Sant’Ana, Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, Marcel Oliveira, e Joaquim Leitão Júnior, atual assessor institucional da Polícia Civil-MT e também responsável pela organização da livro.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre prisão de autor roubo a residência em Barra do Garças

O livro está disponível para pré-venda através do link: https://umanoseditora.com.br/produto/tratado-contemporaneo-de-policia-judiciaria-vol-2/

Os autores

• Bruno Lima Barcelos – Delegado de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Diretor Adjunto da Academia de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Graduado em Direito, com especialização em Direito Processual, em Direito Penal e Processual Penal, e em Inteligência Competitiva e Desenvolvimento Regional. Mestrando na Universidade Lusófona do Porto, Portugal. Foi um dos criadores dos projetos de acolhimento junto às delegacias de polícia de Chapada dos Guimarães (violência doméstica contra a mulher) e DEA – VG (adolescentes em conflito com a lei). Professor das disciplinas de Direito Penal, Processual Penal e Direito Constitucional, ministrou cursos de destaque como na Formação de Policiais Civis (Acadepol), Formação de Praça e Sargentos da Polícia Militar de Mato Grosso (Cefap) e Curso de Pós-graduação para assistentes sociais (Poliensino). Atuou como coordenador dos cursos preparatórios para a carreira policial e curso preparatório para a concurso público da Magistratura mato-grossense (Poliensino/Polieduca Brasil e Escola da Magistratura Mato-grossense – Emam).

• Cláudio Álvares Sant’Ana – Delegado de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Titular da Delegacia da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande-MT. Graduado em Direito, com especialização em Ciências Criminais e em Segurança Pública.

• Guilherme Berto Nascimento Fachinelli – Delegado de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá. Graduado em Direito, especialista em direito público com ênfase no magistério superior. Professor da Academia de Polícia de Mato Grosso (Acadepol) e do curso preparatório para concursos na Escola da Magistratura de Mato Grosso (Emam).

Leia mais:   Polícia Civil recupera motocicleta furtada em Confresa

 Joaquim Leitão Júnior – Delegado de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Atualmente assessor institucional da Polícia civil. Graduado em Direito, pós-graduado em Ciências Penais e em Gestão Municipal. Realizou curso de Extensão de Integração de Competências no Desempenho da Atividade Judiciária com Usuários e Dependentes de Drogas, pela USP. Atua como professor de cursos preparatórios para concursos públicos. Ex-assessor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Colunista do site Justiça e Polícia, coautor de obra jurídica e autor de artigos jurídicos. Coautor e organizador da obra.

• Marcel Gomes de Oliveira – Delegado de Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Lotado na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP. Formado em Direito, com especialização em Direito do Estado e em Metodologia do Ensino Superior. Atuou como Advogado e consultor jurídico, possui experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal e Direito Processual Penal. Professor de cursos preparatórios para concursos públicos e professor da Academia de Polícia Judiciária Civil do Estado do Mato Grosso (AcadepolMT). Já ministrou aulas de Criminologia, Ética, Direitos Humanos e Cidadania do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado da Bahia; professor universitário nas disciplinas de Direito Penal, Legislação Penal Especial, Medicina Legal e Direito Processual Penal nas Faculdades Dois de Julho e no Centro Universitário da Bahia (Estácio de Sá).

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana