conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil conclui inquérito da operação Reditus com 57 alvos presos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

 

A Polícia Judiciária Civil concluiu o inquérito policial da operação Reditus, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Rondonópolis (212 km ao Sul), com objetivo de combater uma facção criminosa envolvida em diversos crimes como tráfico de drogas, tortura, roubas e corrupção de menores.

A operação foi deflagrada em dezembro de 2019, visando dar cumprimento a 108 ordens judiciais, sendo 67 mandados de prisão preventiva e 41 de busca e apreensão domiciliar. Durante os trabalhos, 57 alvos tiveram as ordens judiciais de prisão cumpridas, sendo 45 presos em Rondonópolis, 10 em Pedra Preta, um em Cuiabá e um na cidade Amambai, Mato Grosso do Sul.

A operação também resultou na apreensão de R$ 12 mil em dinheiro, 08 veículos (05 carros e 03 motocicletas), avaliados em R$ 300 mil, além do fechamento de dois estabelecimentos comerciais utilizados pelo grupo criminoso para lavagem de dinheiro e 18 volumes de informações produzidos durante a investigação.

O procedimento investigativo presidido pelo delegado Santiago Rozendo Sanches e Silva foi concluído, na quinta-feira (17), e encaminhado para 7ª Vara do Crime Organizado de Cuiabá. “Foi uma das maiores operações já realizadas em Rondonópolis, desarticulando o grupo criminoso que atuava no município e região, destacando a volta do controle estatal em regiões antes dominadas pelo crime”, disse o delegado.

Leia mais:   Polícia Civil recupera carga de óleo lubrificante e prende dois

Investigações

As diligências que resultaram na operação Reditus iniciaram em 2018 para apurar crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, tortura, roubos e corrupção de menores. Os trabalhos culminaram na identificação de suspeitos, alguns recolhidos em unidades prisionais de Rondonópolis e Cuiabá, e outros integrantes que circulavam livremente para região cometendo diversos crimes.

Conforme investigação da Polícia Civil de Rondonópolis, o grupo era bem estruturado e ordenado, com divisão de tarefas entre seus integrantes, responsável por grande parte das ocorrências praticadas na região do sul de Mato Grosso.

Durante monitoramento da associação, foi possível mapear o funcionamento, com a identificação dos membros e suas respectivas funções. As principais características dentro do grupo eram hierarquia, organização pré-definida com disciplina e gerentes, fluxo financeiro com pagamento de mensalidades, taxa sob o tráfico de droga, extorsão de empresários, entre outros.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Sesp divulga balanço da Operação Carnaval 2020 nesta quinta-feira (27)

Publicado

Na oportunidade, o secretário Alexandre Bustamante e demais chefes das forças de segurança estarão à disposição da imprensa

Julia Oviedo | Sesp-MT
 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) realiza coletiva de imprensa nesta quinta-feira (27.02) para divulgar o balanço da Operação Carnaval 2020. Na oportunidade, o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante e demais chefes das forças de segurança estarão à disposição da imprensa.

A Operação Carnaval 2020 teve início na última sexta-feira (21.02) e encerrou nesta quarta-feira (26.02). A operação contou com as forças integradas da Polícia Militar (PM), da Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Politec, Detran, Ciopaer, Sistema Penitenciário e Socioeducativo.

Serviço

Coletiva de imprensa – Balanço da Operação Carnaval 2020
Quando: Nesta quinta-feira (27.02)
Horário: 14h
Local: Sala de Crise da Sesp-MT, Centro Político Administrativo

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Traficante é preso com mais de 60 kg de droga na fronteira de MT com a Bolívia
Continue lendo

Cáceres e Região

Traficante é preso com mais de 60 kg de droga na fronteira de MT com a Bolívia

Publicado

Os policiais do Gefron patrulhavam a rodovia e viram algumas pessoas usando lanternas para atravessar o trecho entre a Bolívia e Cáceres.

Um traficante foi preso na segunda-feira (24) ao ser flagrado com mais de 60 kg de droga na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Segundo o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), o suspeito, que não teve o nome divulgado, estava com outras duas pessoas carregando os fardos de droga.

A apreensão de droga ocorreu na MT-388 em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Os policiais do Gefron patrulhavam a rodovia e viram algumas pessoas usando lanternas para atravessar o trecho entre a Bolívia e Cáceres. Ao serem abordados, um dos suspeitos atirou contra os policiais. Um deles foi preso e os outros dois conseguiram fugir.

O suspeito preso estava com 61 kg de pasta base de cocaína. Ele confessou que receberia dinheiro pelo transporte da droga até Mato Grosso. Os outros suspeitos conseguiram fugir pela mata e não foram encontrados.

A droga e o traficante foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron) em Cáceres.

Leia mais:   Sesp divulga balanço da Operação Carnaval 2020 nesta quinta-feira (27)

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana