conecte-se conosco


Cáceres e Região

PM recupera 5 carros e 3 motocicletas em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Cáceres

Publicado

Policiais militares recuperaram oito veículos, sendo cinco carros e três motocicletas. Os suspeitos não foram localizados

Neste fim de semana em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Cáceres, policiais militares recuperaram oito veículos, sendo cinco carros e três motocicletas. Os suspeitos não foram localizados.

Em Cuiabá, as ocorrências foram nos bairros Praeirinho, Bosque da Saúde e Porto, sendo recuperadas duas motocicletas: uma Honda NXR vermelha e uma Biz cinza, além de um carro GToyota Etios, respectivamente.

Biz recuperada no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá                  Foto: PMMT

Já em Rondonópolis, as ocorrências foram nos bairros Planville, Vila Olinda e Três Poderes e foram recuperados um VW Saveiro prata, um VW Space Fox prata e uma caminhonete Toyota Hillux, respectivamente.

Em Várzea Grande, no bairro Cristo Rei, uma equipe da Rotam estava em patrulhamento quando viu uma motocicleta Honda CG Fan vermelha, sem a corrente. Via consulta, os militares encontraram a queixa de furto ocorrido no bairro Grande Terceiro, em Cuiabá, na sexta-feira (27). O proprietário esteve no local com a chave reserva.

Leia mais:   Operação da Polícia Civil cumpre mandados contra servidor público

Em Cáceres, no bairro Cohab Velha, os militares foram acionados via 190, para verificar uma motocicleta Honda Biz vermelha, que tinha sido deixada desde bem cedo em frente a um açougue. O veículo estava com a chave na ignição. Via consulta, a moto estava com queixa de roubo ocorrido na madrugada, no bairro Cavalhada.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Laura Gonçalves | PMMT

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Corpo do idoso trocado no hospital São Luiz foi exumado na tarde de hoje por determinação judicial

Publicado

Editoria – Sinézio Alcântara

O corpo do idoso Adelio João de Souza, de 66 anos, que foi trocado, no sepultamento, pelo da idosa Alaíde Rosa de Aquino, 81 anos, que morreu no mesmo dia (terça-feira), no Hospital São Luiz, foi exumado na tarde desta quarta-feira, no cemitério Park dos Ipês, em Cáceres.  

A exumação foi determinada pela juíza da 5ª Vara da Comarca, Hanae Yamamura de Oliveira, após reclamações das duas famílias.

O desenterro do corpo foi realizado por uma equipe da Perícia Criminal, acompanhado pelo delegado Alex de Souza Cuyabano e familiares do idoso. O delegado diz que “a exumação foi apenas para desenterrar e enterrar no local certo”.

Adelio de Souza deu entrada no hospital no dia 20 de maio, após sofrer um infarto e morreu na terça-feira, momentos antes da morte de Alaíde Rosa. Moradora de São José dos IV Marcos, a idosa era cardíaca e deu entrada no hospital no dia 23 de maio com suspeita de Covid-19.

A confusão foi feita pela equipe do hospital. Ao serem informados da morte do idoso os familiares foram ao hospital. Lá receberam a informação de que ele já havia sido sepultado com suspeita de Covid-19. Na verdade, ele havia sido enterrado no lugar de Alaíde.

Por outro lado, familiares da idosa choraram e oraram pelo corpo errado. Uma neta da idosa, reclama que além da confusão teria sido maltratada pela equipe do hospital. Porém, a direção da Casa nega. Em uma Nota a direção informa que irá instaurar uma sindicância para apurar o ocorrido.

Outro lado

A direção do Hospital São Luiz informa que abriu sindicância para apurar o ocorrido e adotará todas as medidas cabíveis. A gestão mantém, de forma contínua, a revisão de protocolos de segurança e o caso mencionado não está de acordo com o rigor dos procedimentos do São Luiz.

Os familiares dos pacientes envolvidos foram informados, imediatamente, após identificada a situação, sendo oferecido todo o suporte para a resolução dos trâmites necessários.

Neste momento, o Hospital São Luiz lamenta o ocorrido e reitera seu compromisso com a população, amparado por seus princípios e a busca permanente pela qualidade, humanização e segurança nos serviços oferecidos.

Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil cumpre mandados de buscas para esclarecer desaparecimento em Comodoro
Continue lendo

Cáceres e Região

Proibido o consumo de bebidas nos bares de Cáceres

Publicado

A fiscalização ficará a cargo da Vigilância Sanitária e aos que infringirem o decreto serão aplicadas sansões administrativas e até interdição do estabelecimento.

A partir desta segunda-feira (25), fica proibido na cidade de Cáceres (220 km de Cuiabá) o consumo de bebidas alcóolicas no local de venda. Bares e similares, com conveniências e os populares “bares da promoção” só poderão vender bebidas do tipo delivery ou retirada no balcão, sem consumo no local.

No decreto consta que vedada a permanência de clientes para consumo no local, sendo que, quando inevitável a formação de filas, seja observado o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre um cliente e outro, sendo obrigatório o uso de máscara.

A fiscalização ficará a cargo da Vigilância Sanitária e aos que infringirem o decreto serão aplicadas sansões administrativas e até interdição do estabelecimento.

Segundo o Art. 3º do decreto o descumprimento das normas previstas ensejará na aplicação das sanções administrativas previstas na Lei Federal 6.437/77 e demais legislações pertinentes, incluindo a interdição, sem prejuízo da imediata comunicação às autoridades competentes dos fatos que, além de infrações sanitárias, forem tipificados como crime.

Leia mais:   Operação cumpre prisões de mulher investigada por golpes e homem suspeito por homicídio

O Decreto entrou em vigor a partir de sua publicação nesta segunda-feira (25), VEJA O DECRETO.

Decreto nº 286-2020 – bares.pdf

Por Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana