conecte-se conosco


Destaque

PM dispersa 2,1 mil pessoas e fecha 60 festas clandestinas em MT

Publicado

Secom – MT

De sexta-feira (12.02) a terça-feira (16), a Polícia Militar de Mato Grosso realizou 104 dispersões de aglomerações em eventos irregulares no estado. Mais de 2,1 mil pessoas foram abordadas nas ações; 32 delas foram conduzidas à delegacia. A ação visa coibir eventos em meio ao carnaval cancelado por conta da pandemia da Covid- 19.

Mesmo sem as tradicionais festas carnavalescas, a PM não parou, reforçou ainda mais o policiamento com 631 policiais e 256 viaturas para garantir a segurança da população e intensificar a fiscalização em prol do combate às festas e eventos clandestinos com grande número de pessoas.

Ao todo foram 60 festas clandestinas fechadas em 34 municípios, medida de dispersar as aglomerações de pessoas para evitar a contaminação pelo coronavírus, atendendo o decreto do Governo de Mato Grosso.

De acordo com relatório da Superintendência de Planejamento Operacional e Estatística da Polícia Militar (SPOE-PMMT), nesse período, 2.186 pessoas foram orientadas a deixar as festas, bares e outros eventos e irem para casa.

As 32 pessoas apresentaram maiores irregularidades como porte de entorpecentes, armas de fogo, resistência, dentre outras ações fora da lei, foram conduzidas pelos policiais militares à delegacia.

Leia mais:   MPMT recomenda medidas mais rigorosas para conter o avanço da Covid-19 em Cáceres

Em 2020, desde que começaram as medidas restritivas de prevenção ao novo coronavírus, a PM fez 5.709 dispersões, acabou com aglomerações, festas e dentre outros eventos irregulares. Ainda no mesmo período, a Polícia Militar fechou cerca de 400 estabelecimentos por desrespeitarem as medidas de prevenção essenciais para evitar a contaminação do vírus e notificou 2.153 comércios nos quais havia pessoas sem usar a máscara facial, proteção obrigatória.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Justiça manda investigar maus-tratos na Cadeia de Cáceres

Publicado

Assessoria

As ocorrências foram relatadas à direção da unidade prisional e à chefia de disciplina.

A Justiça de Mato Grosso determinou uma inspeção na Cadeia Pública de Cáceres, a 250 km de Cuiabá, após receber denúncias de tortura e maus tratos a 12 presos. Segundo relatos, estão ocorrendo dentro da unidade agressões físicas, verbais, ameaças, entre outros, sem que tenha havido qualquer ato de indisciplina dos presos.

A juíza responsável pela decisão, Helicia Vitti Lourenço, determinou o inquérito policial para investigar as denúncias. Além disso, determinou uma visita e inspeção feita pela comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Defensoria Pública, o Ministério Público Estadual e os Direitos Humanos.

As autoridades têm conversado e colhido depoimentos dos presos.

A magistrada também pediu as imagens de segurança dos dias 8 e 14 de fevereiro, com imagens de todas as câmeras dos sistemas, inclusive da quadra esportiva, banho de sol, salas de aulas, Bloco 01, Ala D e Cela 7.

As imagens serão encaminhadas ao Ministério Público e polícia, para auxiliar nas investigações.

Leia mais:   Prefeitura alerta população para o risco de dengue

Os doze presos devem passar por exames de corpo de delito.

A juíza também regulamentou, por meio de uma portaria, visita virtual aos detentos, durante 15 dias, enquanto ocorre a apuração dos fatos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

SURTO DE DENGUE: Laboratório São Matheus oferece teste preciso e com o menor preço

Publicado

Assessoria

O coronavírus, trouxe uma nova realidade as nossas vidas e provou que mesmo estando saudáveis estamos sujeitos a nos infectar com o vírus e até mesmo ter complicações sérias durante o tratamento, o que torna o momento ainda mais complicado.

Além dos fatos já citados, temos outros fatores que podem acabar prejudicando o tratamento, como os sintomas que se parecem muito com os de uma gripe ou até mesmo dengue, e os casos em que o paciente não sente os sintomas iniciais e só descobre a presença do vírus no organismo, quando a doença já se agravou.

Por esse motivo é crucial que estejamos atentos a qualquer mudança atípica em nosso corpo e que sigamos rigorosamente as medidas de prevenção, afim de evitar o contágio e proliferação do vírus.

E para ajudar a população de Cáceres e região a vencer essa batalha o Laboratório São Matheus está realizando todos os tipos de teste que diagnosticam a covid-19 com um super desconto. Dessa forma, será possível que mais pessoas façam o testes e descubram a presença ou não do vírus precocemente, o que refletirá no tratamento.

Comentários Facebook
Leia mais:   Programa “Estácio Tá Pago” beneficiará 15 mil novos estudantes oferecendo condições especiais
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana