conecte-se conosco


Cáceres e Região

Paulo Donizete e Anelise repudiam ataque a comitê de Zé Eduardo e prestam solidariedade

Publicado

Assessoria

O candidato a prefeito de Cáceres, José Eduardo Torres, teve a sede do seu comitê eleitoral alvejada por disparos de arma de fogo na madrugada desta sexta-feira (13). Paulo Donizete e Anelise prestam sua solidariedade ao adversário Zé Eduardo e repudiam veementemente esta violência.

“Somos contra toda forma de violência, a democracia não pode ser atingida com um expediente tão baixo, que tenta intimidar as pessoas mandando recados através de disparos de arma de fogo. Isto atinge a soberania e o direito da livre escolha, temos adversários, jamais inimigos. Nos solidarizamos ao nosso concorrente José Eduardo por expediente tão vil”, se expressou Paulo Donizete.

Já a vice Anelise, disse que esta é uma atitude condenável e injustificável, um ataque  notável a democracia. “Nenhuma divergência política justifica um ato tão bárbaro”, concluiu Anelise

Comentários Facebook
Leia mais:   Governo proíbe festas, shows e eventos por 45 dias em MT após número de casos de Covid-19 voltar a subir

Cáceres e Região

Toque de recolher vai até o dia 3 de fevereiro em Cáceres

Publicado

Assessoria
Nesta segunda-feira (19) o governo do estado emitiu novas medidas de restrições visando inibir o crescimento da doença no estado. De acordo com o novo decreto estadual próximos 45 dias fica proibida a realização de eventos sociais, festas, shows, atividades em casas noturnas e confraternizações com mais de 100 pessoas em espaços privados ou públicos, “inclusive o uso de logradouros públicos, onde haja aglomeração e consumo de bebidas alcoólicas”.

O município de Cáceres seguirá a grande maioria dos itens do decreto estadual.

A diferença está na proibição de circulação de pessoas pela cidade entre as 22 horas as 6 horas da manhã. As medidas valem por 15 dias. Estão isentos do toque de recolher apenas trabalhadores de serviços essenciais, os serviços de delivery funcionaram até as 23h.

As atividades esportivas e em locais públicos também poderão ser suspensos durante o período de vigor do decreto de toque de recolher.

O documento autoriza as forças de Segurança do Estado de Mato Grosso a tomar todas as ações necessárias para fazer cumprir as novas medidas e também “possíveis normas municipais mais rígidas e/ou restritivas”.

Leia mais:   Governo proíbe festas, shows e eventos por 45 dias em MT após número de casos de Covid-19 voltar a subir

Clique no link abaixo e veja o decreto completo:
https://diariomunicipal.org/mt/amm/publicacoes/784027/

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Ministério Público é acionado por vereadores para liberar leitos de Covid-19 nos hospitais de Cáceres

Publicado

Assessoria

Cinco vereadores da Câmara Municipal de Cáceres assinaram, nesta terça-feira (19), um ofício endereçado ao Promotor de Justiça Rinaldo Segundo, da 1ª Promotoria Civel de Cáceres, buscando solucionar o imbróglio jurídico a respeito da liberação de mais leitos de UTI para os hospitais da cidade.

Leia o ofício na íntegra abaixo:

“Considerando os quase 200 mil casos de COVID-19 e 4.793 mortes no Estado de Mato Grosso;

Considerando que, de acordo com os dados contidos no Painel Epidemiológico nº 316, da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, divulgado no dia 18/10/2020, demonstrando o aumento da média de casos, internações hospitalares e óbitos decorrentes da COVID-19;

Considerando o último Boletim Epidemiológico de COVID-19 da Prefeitura de Cáceres (dia 16 de janeiro de 2021): Casos Notificados: 13.122; Confirmados: 4.626; Descartados: 8.267; Em investigação: 229; Recuperados: 4.053; Isolamento Domiciliar: 419; Internados: 19; Óbitos: 135;

Considerando que o Hospital Regional de Cáceres encontra-se com todos os seus leitos de UTIs ocupados;

Considerando que o Hospital São Luiz não está liberando as 10 vagas de UTIs e 10 quartos coletivos solicitados para atender aos pacientes com COVID-19;

Considerando que o Hospital São Luiz e o Estado de Mato Grosso não entram em consenso sobre a liberação das vagas, e na data de hoje (19/01) os vereadores infra-assinados foram informados pelo Diretor do Hospital São Luiz que a diretoria encontra-se esperando parecer jurídico para decidir a respeito;

Considerando a Medida Provisória nº 966/2020, que dispõe sobre a responsabilização de agentes públicos por ações ou omissões em atos relacionados à pandemia de Covid-19.

Diante deste cenário, os vereadores infra-assinados solicitam ao Ministério Público que notifique as partes envolvidas no sentido de liberar os leitos solicitados para atender a população com COVID-19 no Município de Cáceres.

Respeitosamente,

Vereador Marcos Ribeiro
Vereador Franco Valério
Vereador Flávio Negação
Vereador Pastor Júnior
Vereador Lacerda do Aki”

Comentários Facebook
Leia mais:   Mais de 3 mil motoristas tiveram a CNH suspensa nos últimos dois anos
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana