conecte-se conosco


Cáceres e Região

Pastorello cobra repasses do Fundo Municipal do Esporte. Déficit chega a mais de 1 milhão por ano

Publicado

Assessoria
     Em um requerimento direcionado à Prefeita Eliene Liberato (PSB), o vereador Cézare Pastorello (SD) cobra a implementação da Lei Federal 11.438/06 e das Leis Municipais 2.511/15 e 2.583/2017, sendo essa última da sua autoria, que criou o Fundo Municipal do Esporte e o Conselho Municipal do Esporte.

“Durante anos, a Lei 2.511/2015, Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, não foi implementada por falta do Fundo respectivo. Criamos o Fundo, juntamente com o Conselho, e com muita luta conseguimos abrir a conta individualizada para ele. Ocorre que até agora não foi implementada nenhuma campanha para realização dos projetos de incentivo ao esporte e muito menos para captação de recursos para o Fundo, que pode receber doações de pessoas físicas e jurídicas, dedutível do imposto de renda. Importante dizer que as empresas de Cáceres podem destinar até 3% do seu ISSQN para projetos esportivos, o que não está acontecendo, e enquanto isso vemos atletas e delegações totalmente desamparados de recursos financeiros.”, explica Pastorello.

Recentemente, uma delegação esportiva da cidade, praticamente representando o Estado de Mato Grosso só com atletas de Cáceres, foi às redes sociais para fazer “vaquinha” no intuito de arrecadar recursos para participar de um campeonato Nacional em Brasília. Esse e outros tipos de situação podem fazer parte do passado se as leis já existentes forem colocadas em execução.

Leia mais:   5 dicas para diminuir o consumo de açúcar e emagrecer com saúde
     Pastorello explica que o empresariado de Cáceres, servidores públicos, profissionais liberais, já ajudam e muito o esporte. Mas, isso não é institucional, e, principalmente, não é o suficiente.
    “Cáceres vai terminar o ano tendo arrecadado mais de 14 milhões de reais em ISSQN, ou seja, pela Lei 2.511/15, 420 mil reais poderiam, no ano que vem, estar indo para projetos esportivos e culturais (50% cada), enquanto da arrecadação de imposto de renda, na ordem de 35 milhões, estimasse mais de 700 mil reais diretamente para o Fundo Municipal de Esporte e Lazer, a ser gerido pelo Conselho Municipal do Esporte. Em resumo, mais de 1 milhão de reais, diretamente injetados nos atletas e equipes, estão ficando pra trás. O atleta não quer ser um pedinte, precisamos ter isso como política pública” afirma o vereador.

O vereador ainda afirma que o com o Conselho e o Fundo Municipal em funcionamento, o Município se habilita a outros programas de incentivo ao Esporte do Governo Federal, como o programa Segundo Tempo, que oferece práticas esportivas orientadas por profissionais qualificados e material didático adequado, atendendo de 70 a 100 alunos de 6 e 17 anos por núcleo.

Leia mais:   Com 2,1 mil novos casos, MT registra 8 mortes em 24h; 92 pessoas estão nas UTIs

Leia o requerimento aqui:
https://sapl.caceres.mt.leg.br/media/sapl/public/materialegislativa/2021/3811/r_-_2021_16_-_eliene_-_fundo_municipal_do_esporte.pdf

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Mulher de 22 anos que saiu de Cáceres é presa dentro de ônibus na rodoviária de Cuiabá transportando cocaína

Publicado

Por – Pedro Coutinho Bertolini
   Investigadores da Polícia Judiciária Civil (PJC) interceptaram operação de tráfico de drogas na Rodoviária de Cuiabá, na noite de sexta-feira (14). Na ação, os policiais prenderam Carolina Fernanda Camargo de Arruda, de 22 anos, que estava dentro de um ônibus que partiria da Capital para Cáceres, em posse de dois tabletes de cocaína.
     Carolina confessou o crime e alegou aos agentes que a droga era do traficante com alcunha de “Max”, sujeito gordo e com os braços tatuados e portador de tornozeleira eletrônica. A abordagem da mulher aconteceu dentro do veículo de passageiros, exatamente na poltrona 21, na plataforma 12 da rodoviária.
    A suspeita confessou que veio de Cáceres para buscar a droga e que recebeu R$ 500 pelo trabalho. A cocaína estava dentro de uma bolsa, nos pés da menor, abaixo da poltrona do ônibus. No momento da prisão, a suspeita gritou com a equipe, sendo necessário uso de força moderada para contê-la.

Leia mais:   Com 2,1 mil novos casos, MT registra 8 mortes em 24h; 92 pessoas estão nas UTIs

Ela foi conduzida para a delegacia para as providências cabíveis ao caso. A droga, proveniente de Max, foi buscada pela suspeita em Várzea Grande, numa casa localizada no Bairro Cristo Rei. No endereço, os policiais encontraram apenas alguns moveis como geladeira, TV e fogão.

Além disso, garrafas de bebidas alcoólicas, indicando presença de pessoas no local recentemente. Porém, no momento das buscas, o imóvel estava sem presença de moradores.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Polícia Civil apreende cargas de madeira extraída ilegalmente de terras indígenas em Comodoro

Publicado

Por PJC/MT
      Agentes da Delegacia de Comodoro apreenderam na sexta-feira (14.01) duas cargas de madeira extraídas ilegalmente na região. Uma das cargas, da espécie itaúba, foi retirada de uma reserva indígena. A equipe de investigação tomou conhecimento de um acidente envolvendo dois caminhões. Um deles transportava madeira com características de itaúba.
       No local, os policiais civis constataram que a madeira já havia sido retirada por outro caminhão. Em diligências para localizar o destino da madeira e o veículo, os investigadores localizaram um caminhão Mercedes Benz azul estacionado em frente a uma residência que correspondia às características informadas.
       Ao indagar o motorista sobre a carga que havia no caminhão, ele imediatamente confessou que se travava de 30 dúzias de toras de itaúba, extraídas de uma reserva indígena próximo à localidade Padronal, no norte de Comodoro. O veículo e a carga foram apreendidos e levados até a delegacia.
Segunda carga 

Os policiais checaram que a carga apreendida, embora fosse ilícita, não correspondia à madeira cujo caminhão se acidentou. Em continuidade às diligências, foi possível chegar ao motorista e ao dono da carga de madeira que havia tombado na rodovia.

Leia mais:   Ação conjunta apreende 272 kg de cocaína no interior de MT
     Em depoimento, o motorista disse que a madeira foi deixada à beira de uma estrada, na zona rual, a 28 quilômetros de Comodoro. A carag de madeira, lascas para construção de cercas, foi localizada e apreendida.
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana