conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Para Bento, Cruzeiro paga por chances perdidas: "Não fomos competitivos"

Publicado

 

Paulo Bento ainda não sabe o que é vencer no comando do Cruzeiro. Se ele conheceu o empate na estreia contra o Figueirense, o sabor da derrota contra o Santa Cruz, por 4 a 1 (veja os gols no vídeo acima), na noite desta quarta-feira, foi ainda pior. O time até conseguiu empatar a partida, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, mas acabou sofrendo três gols no segundo tempo e saindo com uma goleada do estádio do Arruda.

Cruzeiro e Santa Cruz; Paulo Bento (Foto: Anderson Stevens/Light Press)Paulo Bento lamenta chances perdidas pelo Cruzeiro (Foto: Anderson Stevens/Light Press)

Para o treinador do Cruzeiro, o time fez um bom primeiro, mas abusou de perder oportunidades e pagou por isso. Paulo Bento fez uma definição para caracterizar a atuação do time celeste. Para o português, a Raposa não foi competitiva no jogo contra o Santa. 

– Quando se perde por números como perdemos hoje, é evidente. Tivemos
alguns contratempos que já foram falados, não interessa agora continuar
repetindo. Agora isso é do futebol, no Brasil ou em qualquer parte do mundo.
Jogar é uma coisa, competir é outra. A primeira parte jogamos bem, mas não competimos
bem como deveríamos ter competido. Tem que ser mais contundente, mais agressivo, mais intenso. Uma for diferente de marcar. Nós com quatro, cinco oportunidade
na primeira parte não o fizemos e acabamos depois por ser penalizados por isso. Temos
que assumir. Eu sou o primeiro grande responsável da equipe.  

O treinador acredita que o time conseguiu manter bem a posse de bola, mas faltou eficácia na hora de marcar. O Cruzeiro teve quase o dobro de finalizações do Santa Cruz, mas a equipe pernambucana aproveitou melhor as chances. Paulo Bento acredita que este foi um dos motivos para a derrota acachapante. 

LEIA MAIS
>> Fábio dá bronca geral e divide culpa em “derrota com ‘D’ maiúsculo”
>> Bruno Rodrigo evita comentar atuação ruim no Recife: “Não tem o que falar”

– Creio que no primeiro tempo tivemos quatro, cinco chances de
marcar. Creio que fizemos bem os primeiros 45 minutos, muitas vezes faltou organização,
mas com eficácia entre os setores. A verdade é nos primeiros 45 minutos jogamos
bem, temos que melhorar na finalização. Construímos condições para marcar, mas
eles acabaram por fazer um gol na única vez que chutaram na nossa baliza. E depois
na segunda parte, conseguimos chegar no empate. A partir do segundo gol
deixamos de fazer o que deveria ser feito. Quisemos apenas manter a bola para
impedir o adversário e acabamos por oferecer também o segundo gol. E isso isso complicar
as coisas. Ao contrato do jogo da segunda rodada, não tivemos aqui a
capacidade psicológica que tivemos contra o Figueirense,. E fomos penalizados.
Os números são exagerados pelo que as duas equipes fizeram. A justiça foi feita
do nosso adversário, fomos penalizados por isso.

O Cruzeiro tem apenas um ponto e ocupa a incômoda 19 ª posição, na zona de rebaixamento. Para tentar se reabilitar, a Raposa tem um clássico no sábado, às 16h (de Brasília), contra o América-MG, no Mineirão. 

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana