Pai executa desafeto com tiro de calibre 12 após filha ser alvejada por suspeito na Vila Cardoso em Porto Esperidião

48

Adailton Correa Junho, 45 anos, foi morto com um disparo de calibre 12 após uma confusão, no Distrito de Vila Cardoso no município do Porto Esperidião (MT), na tarde de ontem quarta-feira (6).

Segundo a Grupamento Especializado de Fronteira (GEFRON), duas pessoas de nomes Andressa Quadros Alba (32 anos) e Geraldo Pilati Alba (57 anos) chegaram ao posto do Gefron no Distrito de Vila Cardoso, dando conta que haviam sido vítimas de uma tentativa de homicídio, por disparo de arma de fogo a poucos instantes.

De acordo com a vítima Andressa, que se encontrava com duas perfurações sendo uma na perna e outra em um dos braços, já o senhor encontrava-se com uma perfuração na cabeça.

Em relatos disse que após ser alvejada caiu ao solo, e ainda ouviu vários disparos de arma de fogo em direção dos mesmos, posteriormente conseguiram sair do local até uma estrada, conseguindo carona até a sua residência, onde pegaram o seu veículo a foram até o posto policial do Gefron e comunicaram o fato ocorrido.

De acordo com os policiais as duas vítimas após relatarem a situação, se deslocaram até o Posto de Saúde da Vila Cardoso, mesmo sem ter o consentimento dos policiais.

Poucos minutos de depois uma testemunha chegou ao Posto Policial dizendo que acabara de acontecer uma tentativa de homicídio em bar da Vila Cardoso.

No local os policiais encontraram o senhor Geraldo Pilati Alba (57 anos) até então vítima, de posse de uma espingarda calibre 12 e a sua filha Andressa Quadros Alba (32 anos) chorando e uma pessoa de nome Adailton Correa Junho (45 anos) alvejado no quintal.

O senhor Geraldo Pilati Alba entregou a arma a guarnição militar e comunicou os policias que teria sido o autor do disparo, se entregando sem esboçar nenhuma reação.

Uma ambulância conduziu a vítima Adailton Correa Junho até cidade de Porto Esperidião e posteriormente até Hospital Regional de Cáceres. Porém após cirurgia a vítima não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.

Pai e filha foram também socorridos até a cidade de Porto Esperidião e posteriormente ao Hospital Regional de Cáceres, sendo que a filha Andressa Quadros Alba (32 anos) ficou sob observação médica e o senhor Geraldo Pilati Alba após alta médica foi conduzido até a Delegacia de Polícia Judiciária de Cáceres.

Por: Joner Campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here