conecte-se conosco


Mato Grosso

Órgãos de fiscalização apreendem seis máquinas no Noroeste de MT

Publicado

Agentes de fiscalização e de segurança pública do Governo de Mato Grosso apreenderam seis máquinas utilizadas em desmatamento ilegal no Noroeste de Mato Grosso. Desde do dia 19 de maio, fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, Indea, policiais e bombeiros militares percorrem os municípios de uma das regiões mais afetadas pelos crimes ambientais.

Em Juína e Juruena foram encontradas duas máquinas em cada município, enquanto em Comodoro e Cotriguaçu foi apreendida uma máquina na zona rural de cada uma das cidades.

Todo maquinário utilizado nos desmatamentos ilegais flagrados foi removido e conduzido para o pátio da Sema, em Cuiabá. A partir do retorno das equipes para a Capital, será feito o trabalho de confecção de dinâmicas de desmate, processo em que é realizada a medição exata dos polígonos, posicionamento na carta imagem, tipificação dos ilícitos e identificação das áreas de reserva legal para cálculo das multas e das áreas embargadas.

A ação integra a Operação Amazônia Arco Norte que foi lançada pelo Comitê Estratégico para o Combate do Desmatamento Ilegal, a Exploração Florestal Ilegal e aos Incêndios Florestais (Cedif-MT) em 13 de maio deste ano. As atividades de comando e controle no âmbito da operação seguem até o final de 2020.

Leia mais:   Julho Amarelo alerta população sobre risco das hepatites virais

O Cedif-MT, grupo presidido pelo governador Mauro Mendes, reúne a Casa Civil, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto de Defesa Agropecuária (Indea). Também estão convidados a participar do Comitê o Ibama, ICMBio, Incra, Forças Armadas e os ministérios Público Federal e Estadual.

Repressão

Desde janeiro de 2020, a equipe da Superintendência de Fiscalização da Sema (SUF/Sema) já esteve em mais de 900 pontos de desmatamento com base nas informações fornecidas pela Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal (imagens satélites Planet), resultando na aplicação de mais de R$ 470 milhões em multas por crimes contra flora.

Isso o que inclui desmatamento ilegal, incêndios, transporte e armazenamento irregular de madeira, dentre outros. A maior parte das multas foram aplicadas nos municípios de Colniza (R$ 81 milhões), Feliz Natal (R$ 75 milhões) e Itiquira (R$ 24 milhões).

Ao longo das 17 operações já realizadas este ano, foram apreendidas 89 máquinas, sendo 31 tratores de esteira e 58 de pneu, e 21 motosserras. As máquinas são removidas do local do crime com o apoio do programa Rem Mato Grosso, iniciativa global premia nações que apresentam resultados positivos de conservação de florestas, viabilizada de forma conjunta pelos Governos da Alemanha e Reino Unido.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Sexta-feira (03): Confira lista de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta sexta-feira (03.07), o Boletim Informativo n° 117 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 9) que 26 municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus:  Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste, Cáceres, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Nova Mutum, Sinop, Peixoto de Azevedo, Guaratã do Norte, Querência, Matupá. Poxoréo, Marcelândia, Campo Novo do Parecis, Claudia, Poconé, Colíder, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Jaciara, Alto Garças e Sapezal. 

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, os municípios que estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Barra do Garças, Villa Bela da Santíssima Trindade, Campo Verde, Nossa Senhora do Livramento, Rosário Oeste, Tapurah, Vila Rica, Juscimeira, Chapada dos Guimarães, Feliz Natal, General Carneiro, Juína, Nova Santa Helena, Nobres, Diamantino, Jangada, Ribeirão Cascalheira, Pontal do Araguaia, Nova Bandeirantes, Gaúcha do Norte, Juara, Juruena, Porto dos Gaúchos, Araputanga, Barra do Bugres, Lambari D’Oeste, Acorizal, Alto Araguaia, Comodoro, Novo Mundo, Rio Branco, Arenápolis, Campinápolis, Terra Nova do Norte, Alto Paraguai, Nova Olímpia, São José do Rio Claro, Nova Canaã do Norte, Nova Marilândia, Ipiranga do Norte, Itiquira, Paranaíta, União do Sul, Alto Taquari, Cocalinho, Dom Aquino, Nova Xavantina, Porto Estrela, Barão de Melgaço, Itaúba, Santo Afonso, Nova Nazaré, Nova Brasilândia, Novo São Joaquim, Ribeirãozinho, Denise, Indiavai, Novo Horizonte do Norte e Castanheira.

Leia mais:   Governo contrata 530 profissionais de saúde para atuar no combate à Covid-19

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT  disponíveis neste link.

Veja a tabela de classificação de risco por município

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

Leia mais:   Julho Amarelo alerta população sobre risco das hepatites virais

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo lamenta morte de líder da Igreja Assembleia de Deus em MT

Publicado

O Governo do Estado lamenta a morte do líder da Igreja Assembleia de Deus em Mato Grosso, Rubens Siro de Souza, 68 anos, nesta sexta-feira (03.07). O pastor foi vítima do coronavírus e morreu após uma semana de internação em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital da rede particular, em Cuiabá.

O governador Mauro Mendes e o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, externaram suas condolências e desejaram força aos familiares e amigos do pastor. “Estaremos em oração junto à família e amigos para que este momento doloroso seja compreendido e com a esperança de que tenham conforto em Deus”, disseram os gestores.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Prevenção a possíveis abusos de policiais é tema de reunião com Ouvidoria e Corregedoria da PM
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana