conecte-se conosco


Destaque

Organização veta torcedores do exterior das Olimpíadas de Tóquio

Publicado

Por Redação do ge — Tóquio, Japão

     Uma reunião entre o Comitê Organizador, os Comitês Olímpico Internacional (COI) e Paralímpico Internacional (IPC) e governantes japoneses definiu que torcedores residentes no exterior não serão permitidos nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020. Apenas japoneses e estrangeiros residentes no país poderão adquirir ingressos para acompanhar as competições nas arenas.

     O presidente do COI, Thomas Bach, o presidente do IPC, o brasileiro Andrew Parsons, a presidente do Comitê Organizador, Seiko Hashimoto, a governadora de Tóquio Yuriko Koike e a Ministra Olímpica Tamayo Marukawa participaram da reunião.

     Em coletiva de imprensa concedida na sequência, Hashimoto disse que as partes japonesas apresentaram a decisão a Bach e Parsons, que lamentaram profundamente, mas respeitaram.

     – No momento a situação da Covid no Japão e em muitos outros países é muito desafiadora. Há restrições globais. As partes do lado japonês não poderiam garantir a entrada de torcedores do exterior sem afetar a segurança dos Jogos para os participantes e para o povo japonês. O COI e o IPC mostraram respeito e aceitaram esta conclusão. Estes Jogos serão completamente diferentes dos outros, mas a essência será a mesma, com os atletas dando o melhor e inspirando o mundo – disse Hashimoto.

     A organização disse que só divulgará o impacto financeiro da medida após a definição da capacidade das arenas, que também deve acarretar em devolução de ingressos destinados ao público doméstico. Esta decisão será tomada e anunciada em abril, quando espera-se que a situação da Covid no país esteja melhor.

     – Haverá uma queda de receitas, isso é muito claro. Quando decidirmos na capacidade das venues também haverá um impacto, então ainda estamos no início dessa análise. Quando tivermos a figura geral vamos ter uma noção do impacto total – disse o CEO do Comitê Organizador, Toshiro Muto.

     Com o veto a torcedores do exterior, os atletas não poderão contar com a torcida in loco de familiares. A medida também afeta convidados de patrocinadores, que só poderão entrar no país se estiverem envolvidos de alguma forma na operação do evento.

     – Nos compartilhamos a decepção de todos os entusiastas das Olimpíadas ao redor do mundo, e claro, de parentes e amigos dos atletas que planejavam assistir aos Jogos. Realmente sinto muito. Sabemos que é um enorme sacrifício para todos. Mas dissemos desde o início desta pandemia que sacrifícios seriam necessários. Faremos todo o esforço junto às emissoras de televisão para que os fãs ao redor do mundo consigam ter a experiência olímpica – disse o presidente do COI, Thomas Bach.

     O caso dos voluntários será debatido em um outro momento. Estima-se que haja 8 mil voluntários do exterior, e a maioria deve ser barrada seguindo a mesma premissa. Mas é possível que haja exceções para aqueles com conhecimento específico em idiomas de minorias, por exemplo. Jornalistas estrangeiros credenciados terão entrada autorizada desde que cumpram os protocolos de segurança.

Leia mais:   Estado vai mandar internados com covid na enfermaria do Regional de Cáceres para se tratarem em casa

     A proibição começou a se desenhar de forma mais concreta no início do mês, diante da prorrogação do estado de emergência de Tóquio e três prefeituras vizinhas até o dia 21 de março. O surgimento de novas variantes do coronavírus no exterior, além da melhora tímida dos índices de contaminação no país e a falta de apoio da população foram determinantes.

     A presidente do Comitê Organizador, Seiko Hashimoto, havia estabelecido o dia 25 de março como data limite para a decisão sobre a presença de público estrangeiro. Apesar da vontade de adiar ao máximo a decisão na expectativa de uma melhora da pandemia, uma definição era necessária para o planejamento da rede hoteleira e de transportes do país.

     Torcedores japoneses ou residentes no Japão também terão que seguir protocolos de comportamento, mantendo distanciamento e evitando gritos e cantos. Em outubro do ano passado, os organizadores realizaram uma série de testes de medidas anti-Covid que podem ser implementadas para controle dos espectadores durante os Jogos.

     Chamaram atenção as diferentes tecnologias usadas para monitorar a temperatura corporal, desde o termômetro sem contato e câmeras termográficas a uma espécie de adesivo com cristais líquidos. Para minimizar aglomerações também havia adesivos colados no chão para controlar distanciamento social e pedidos para que os espectadores levassem às arenas apenas o indispensável. Com bolsas e mochilas menores o controle de segurança era mais ágil, e assim as filas tinham um fluxo melhor.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Governo do Estado libera consumo de bebidas em bares, restaurantes e lanchonetes

Publicado

Por Lucas Rodrigues/Secom

O Governo de Mato Grosso atualizou as medidas restritivas contra o avanço da covid-19 no estado. As novas regras foram assinadas nesta sexta-feira (16.04) pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho, e passam a valer imediatamente.

Entre as principais mudanças, está o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, que passa a ser das 5h às 22h, de segunda a sábado. Anteriormente, era permitido das 5h às 20h.

Nos domingos, fica mantido o horário de 5h às 12h, com exceção dos restaurantes, inclusive os de shopping centers, que poderão funcionar até 15h.

Outra alteração é em relação ao funcionamento de restaurantes e similares nas modalidades take-away (pegue e leve) e drive-thru, que poderá funcionar até 22h45. A regra anterior permitia até 20h45. Os serviços de delivery continuam autorizados a funcionar até 23h59.

Já o toque de recolher passa a valer a partir das 23h, e não mais após às 21h. Também passa a ser permitido o consumo de bebidas alcoólicas nos locais de venda, desde que restrito aos clientes sentados à mesa e respeitados os limites de capacidade e horário.

Leia mais:   Efeito lockdown: Comerciante diz que categoria vem sofrendo perseguição e ameaças pela administração

Todas essas medidas terão que ser aplicadas em todo o estado, mesmo se a classificação de risco do município indicar normas mais brandas. As restrições terão validade enquanto a taxa estadual de ocupação de UTIs for superior a 85%.

Já as demais restrições serão recomendadas aos municípios com base na tabela de classificação de risco, em sintonia com as normas gerais.

As forças de Segurança irão atuar de forma a impedir qualquer tipo de aglomeração em todas as regiões.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Em Cáceres interinos assumem Agricultura, Educação e Saúde

Publicado

Assessoria

A prefeita Eliene Liberato Dias e o vice-prefeito Dr. Odenílson, deram posse a três novos secretários no final da tarde de sexta feira, (16), no Gabinete da Prefeitura Municipal de Cáceres. Na Pasta da Educação, em substituição a Laurenir Ramos Cebalho Ribeiro, assumiu Liamara Rodrigues da Silva.

A nova secretária é professora efetiva da Rede Municipal de Ensino, atuou como diretora na Escola Municipal de Educação Infantil “Madre Maria Estevão”, no período de 2017 a 2019, onde estava lotada. Por 30 dias, a contar de 14/04, estará em substituição à Laurenir, que se encontra de férias.

Na Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico, em substituição a Corgésio Albuquerque, tomou posse Vilson Sato. Pecuarista e Assessor Parlamentar do Deputado Dr. Leonardo Albuquerque. A Enfermeira Elis Fernanda de Melo Silva, assume a Secretaria de Saúde interinamente, na vaga deixada pelo Dr. Sérgio Arruda. Elis é graduada em Enfermagem, com Pós Gestão Pública.

A prefeita disse que trocas são necessárias, agradeceu a colaboração dos antigos gestores das pastas e desejou um bom trabalho aos novos empossados.

Leia mais:   Edital possibilita a publicação de livro com coletânea de textos do professor Natalino Ferreira Mendes

“Ao cumprimentá-los e desejar as boas vindas, gostaríamos de dizer que foram escolhidos pela gestão, em função do excelente trabalho desenvolvidos no decorrer de suas vidas profissionais. Muitas vezes a oportunidade é dada apenas uma vez, e temos que nos esforçar ao máximo para segurá-la. Depositamos toda nossa confiança em vocês, que estarão ocupando talvez a três pastas mais importantes da nossa administração. Teremos sim muitos embates, porém com a união de todos, superaremos os obstáculos que aparecerem. Desejamos muito equilíbrio, garra, determinação, além da busca constante por resultados e alcance de metas. Por último, solicitamos que sempre considerem o lado humano em suas ações, além da honestidade e transparência com a coisa pública”, finalizou.

O vice prefeito Dr. Odenílson, que desejou boas vindas aos novos empossados, reforçou o fato de terem sido escolhidos, e destacou que deveriam se sentir orgulhosos de pertencer a uma Gestão que tem como Plano de Metas, trabalhar para dar o melhor para o povo de Cáceres, que a escolheu para traçar os destinos do município nos próximos quatro anos.

Leia mais:   Efeito lockdown: Comerciante diz que categoria vem sofrendo perseguição e ameaças pela administração

Os decretos de nomeação das Secretárias de Saúde e Educação, serão publicados no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso, na edição do dia 19/04/2021. O Decreto de Vilson Sato foi publicado no dia

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana