conecte-se conosco


Estadual

ORÇAMENTO Dr. Leonardo ajuda a desafogar contas da saúde em 13 cidades de MT

Publicado

Treze cidades de Mato Grosso receberam reforço em caixa nos últimos dois meses após indicação do deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT). Trata-se de R$ 1,5 milhão indicados ao orçamento do Ministério da Saúde e que já foram pagos para execução pelas prefeituras. Até o final do ano, outras cidades devem ser contempladas na área da saúde.

Médico por formação, o Dr. Leonardo tem priorizado amparar os municípios de Mato Grosso na atenção básica ou atenção primária em saúde, que é conhecida como a “porta de entrada” dos usuários no sistema de saúde. Com o repasse do MS, as secretarias municipais de saúde poderão fortalecer a implantação de estratégias, programas e políticas de atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mesmo sem ter direito às emendas neste ano o deputado Dr. Leonardo já executou várias indicações extra orçamentárias e até o final do ano tem trabalhado para a liberação de custeio para várias secretarias municipais de saúde que estão com muita dificuldade financeira. Até agora, foram beneficiadas: Alto Garças, Campos de Júlio, Cocalinho, Conquista D’Oeste, Jauru, Alto Araguaia, Aripuanã, Canabrava do Norte, Chapada dos Guimarães, Colíder, Confresa, Santo Afonso e Juruena.

Leia mais:   Projeto torna Rondonópolis polo tecnológico de Mato Grosso

O deputado vem trabalhando para liberar recursos para custeio da atenção básica em saúde a vários municípios, entre eles para Cáceres, cidade prioridade pelo seu mandato, junto com todos municípios da Região Sudoeste e Oeste.

“A atenção básica funciona como um filtro capaz de organizar o fluxo dos serviços nas redes de saúde, dos mais simples aos mais complexos. Conheço de perto essa realidade, por isso, trabalho para ajudar as cidades no custeio de ações que estão beneficiando diretamente a população como, por exemplo, a Estratégia de Saúde da Família (ESF)”, afirmou o deputado federal.

Veja as cidades contempladas com Incremento Temporário ao Custeio de Serviços de Atenção Básica em Saúde para Cumprimento de Metas (PAB) e valores repassados:

Alto Garças

R$150.000,00

Campos de Júlio

R$150.000,00

Cocalinho

R$150.000,00

Conquista D’Oeste

R$150.000,00

Jauru

R$150.000,00

Alto Araguaia

R$100.000,00

Aripuanã

R$100.000,00

Canabrava do Norte

R$50.000,00

Chapada dos Guimarães

R$100.000,00

Colíder

R$150.000,00

Confresa

R$70.000,00

Santo Afonso

R$50.000,00

Juruena

R$100.000,00

 

Comentários Facebook

Destaque

Inclusão: 1,2 mil presos em Mato Groso farão provas do Enem em dezembro

Publicado

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado a 1.218 pessoas privadas de liberdade em Mato Grosso, sendo 1.166 do Sistema Penitenciário e 52 adolescentes do Sistema Socioeducativo. As provas serão aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro de 2019. Esta modalidade é chamada de Enem PPL e oferece a oportunidade tanto para adultos quanto jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Do Penitenciário, estão inscritos 1.166 reeducandos de 39 unidades penais. Este número é 13% maior que o do ano passado, que registrou 1.028 inscrições. O objetivo é viabilizar a avaliação do desempenho escolar ao final da Educação Básica e o acesso à Educação Superior, além de contribuir para elevar a escolaridade da população prisional.

Leia também – Confira 5 passeios perto de Cuiabá para curtir os feriados

De acordo com dados do Núcleo de Educação nas Prisões (NEP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), o Sistema Penitenciário possui atualmente 3.904 reeducandos matriculados no Ensino Básico de Mato Grosso, e 16 cursando o Ensino Superior.

Leia mais:   Mato-grossenses recebem doações de comida durante protestos na Bolívia

Atualmente, 673 pessoas privadas de liberdade estão aptas a concorrerem às vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), Programa Universidade para Todos (Prouni), entre outras instituições que ofertam graduação. O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC), por meio do qual as instituições públicas oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

A coordenadora do NEP, pedagoga Fabiana Flávia de Magalhães Nascimento, explica como é feito o encaminhamento dos aprovados. “O quantitativo de matriculados é acompanhado a cada chamamento das universidades públicas e fazemos a sensibilização dos diretores e responsáveis pedagógicos das unidades, para a efetivação da matrícula no curso em que a pessoa foi aprovada”.

No Socioeducativo, os 114 adolescentes em conflito com a lei estudam, sendo que 52 estão aptos a fazerem o Enem. A coordenadora de Atendimento Socioeducativo, Anna Marcia Cunha, frisa que o acompanhamento continua, caso algum dos inscritos ganhe liberdade na véspera. “Na semana da data da prova, se acontecer de adolescentes saírem, a Gerência do Egresso entrará em contato, reforçando sobre a importância de fazer as provas”.

Leia mais:   Moradores de Barão de Melgaço reclamam de valores abusivos nas contas de energia

Ao longo do ano, os jovens fazem quatro simulados com questões objetivas no formado das provas do Exame Nacional, abrangendo todas as disciplinas. Além disso, dentro da disciplina de Língua Portuguesa há o reforço em noções de redação.

Sobre o Enem PPL

Desde 2011, o Enem PPL é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

As provas têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação dentro de unidades prisionais, incluindo penitenciárias, cadeias públicas, centros de detenção provisória e instituições de medidas socioeducativas. A aplicação ocorre sempre em data posterior ao Exame regular e em dias úteis.

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Prova do seletivo do Hospital Regional de Cáceres será dia 8 de dezembro

Publicado

O Diário Oficial do Estado publicou um edital com a nova data para realização do seletivo do Hospital Regional de Cáceres para o preenchimento de 325 vagas em diversas áreas. A prova será no dia 8 de dezembro. A mudança se deu por uma determinação da Justiça que acatou recurso de uma candidata que teve a inscrição indeferida.

As inscrições foram reabertas até o dia 22 e deve ser realizada presencialmente no Escritório Regional do município.

Os interessados devem procurar o Escritório Regional de Cáceres, localizado na Avenida Sete de Setembro, nº 978, bairro Cidade Alta, das 8h às 17h, em dias úteis.

As vagas ofertas são: 41 para enfermeiro, um enfermeiro auditor, 164 técnico em enfermagem, um engenheiro do trabalho, três para técnico em segurança do trabalho, 12 farmacêutico, cinco técnico de imobilização ortopédica, 13 técnico em radiologia, 10 fisioterapeuta e duas para psicólogo.

Do total de 325 vagas, 41 estão sendo ofertadas exclusivamente para Pessoas com Deficiência (PCD) nos cargos de enfermeiro (seis vagas), técnico em enfermagem (27), farmacêutico (2), técnico em radiologia (2), fisioterapeuta (2), maqueiro (1) e nutricionista (1).

Leia mais:   Moradores de Barão de Melgaço reclamam de valores abusivos nas contas de energia

O processo seletivo será realizado mediante prova objetiva e análise de currículo, sendo que o resultado final será publicado e homologado no dia 6 de janeiro e divulgado no site da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso.

Clique abaixo e veja o novo cronograma:
https://www.iomat.mt.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/15721/#/p:38/e:15721?find=Hospital Por Jornal Oeste

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana