conecte-se conosco


Policial

Operação conjunta fiscaliza desmatamento em áreas de preservação permanente na região do Manso

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma operação conjunta realizada na região do Manso, município de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), foi deflagrada nesta quarta-feira (22.07) pelas equipes Delegacia Especializada de Defesa do Meio Ambiente (Dema) da Polícia Civil, Batalhão Ambiental da Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Polítec).

A fiscalização tinha o objetivo de averiguar denúncias sobre desmatamento em áreas de preservação permanente (APP).

Quando as equipes chegaram ao local indicado, constataram a veracidade da denúncia, sendo encontrados “barracos” improvisados à beira do lago do Manso, porém, não foi localizada nenhuma pessoa. Em vistoria na região, foram encontradas duas armas de fogo, munições intactas, arma de pressão e uma rede de pesca.

Após identificarem o dono de um dos barracos, os policiais entraram em contato com ele por telefone, solicitando que compareça à delegacia para prestar esclarecimentos.

Em outro ponto indicado, os policiais fiscalizaram a área de preservação permanente também com a finalidade de verificar denúncia de desflorestamento da vegetação sem a devida autorização do órgão ambiental.

Leia mais:   Feminicídios aumentam 68% nos primeiros seis meses de 2020 em MT

No local, também foi constatada a destruição da vegetação nativa e também foram encontrados “barracos”, onde foram realizadas buscas. Em um dos deles foram encontradas escondidas duas armas de fogo, cartucheiras, e quatro cartuchos deflagrados, porém, novamente nenhum suspeito foi localizado.

Diante dos fatos, os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia do Meio Ambiente, em Cuiabá, para as providências cabíveis.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Destaque

Cáceres implanta atendimento às vítimas por aplicativo de mensagens

Publicado

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Cáceres acaba de lançar um novo canal para atendimento preliminar às vítimas de violência doméstica e familiar na cidade, em parceria com a Polícia Militar.

Trata-se do número (65) 99981-5578, disponível para mensagens via WhatsApp.

A nova ferramenta atende a uma reivindicação do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e da Delegacia da Mulher do município.

Além do atendimento e acolhimento das vítimas, o WhatsApp poderá ser utilizado para denúncias de violência contra a mulher, 24 horas por dia.

A plataforma digital ganha uma importância ainda maior durante a pandemia do Novo Coronavírus. Isso porque no período de confinamento, com agressores e vítimas sob o mesmo teto em tempo integral, a busca por outros canais de denúncia tende a diminuir, uma vez que a vítima não consegue pedir ajuda reservadamente.

Outras cidades – Conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), algumas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher também criaram canais para denúncias e atendimento psicológico pelo serviço de WhatsApp, em função do período de isolamento social. Em Cuiabá, o número disponibilizado para mensagens é (65) 99973-4796, e em Várzea Grande é o (65) 98408-7445.

Leia mais:   PF deflagra operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Cuiabá e Cáceres

Dados – Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgado em junho deste ano aponta redução dos registros de crimes nas Delegacias de Polícia e crescimento das denúncias telefônicas no país, nos meses de março e abril de 2020, comparados ao mesmo período do ano passado. Em Mato Grosso, nesse período o número de registros de lesão corporal dolosa caiu 16,7%, enquanto o número de feminicídios aumentou 150%. Os dados da pesquisa podem ser conferidos aqui.

Por Assessoria
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Detento é preso pelo Gefron suspeito de furtar uma moto horas depois de ser solto de presídio

Publicado

Um homem suspeito de furtar uma moto no valor de R$ 9 mil foi preso logo depois de sair de um presídio na região de Porto Esperidião, a 358 km de Cuiabá, na noite de quinta-feira (6).
O ex-presidiário tinha acabado de receber a soltura e ainda estava em posse do alvará quando foi abordado pela equipe da Força Tática e Gefron, na BR-174.
De acordo com a Polícia Militar, o homem tem passagens por oito crimes de furto e uma passagem por roubo.
Os policiais suspeitaram depois que ele atravessou a BR-174 em alta velocidade, quando foi dada ordem de parada.
Aos militares, o suspeito disse que havia acabado de sair do presídio, mas que viu a moto estacionada com o capacete e a chave na ignição e realizou o furto.
O homem ainda afirmou à polícia que seguiria para Pontes e Lacerda. Ele foi detido e encaminhado à delegacia.
Por Suelen Alencar
Comentários Facebook
Leia mais:   Cáceres implanta atendimento às vítimas por aplicativo de mensagens
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana