conecte-se conosco


Mulher

O Boticário anuncia a máscara de cílios mais esperada do momento

Publicado

Após ouvir 15 mil consumidoras e testar mais de 200 máscaras do mercado, Make B. desenvolveu em uma fórmula inédita que garante cílios incríveis já na primeira aplicação

Sem nenhum melindre, já começamos te contando que a Make B. Explosion Effect mal chegou e já é a nossa crush da vez. Com shape cilíndrico, embalagem e cartucho em rose gold, ela rouba a cena por si só. Não é à toa – cílios 13 vezes mais alongados,12 vezes mais volumosos, 8 vezes mais curvados – quer mais arraso do que isso? Nós testamos mais de 200 máscaras e ouvimos mais de 15mil consumidoras para chegar na fórmula perfeita.

 Te contamos o segredinho: enriquecida com partículas especiais que aderem facilmente sem aglomerar, permite que você construa o seu efeito preferido, porque seu aplicador em nylon deixa os cílios definidos, curvados, intensamente pretos e com volume.  Não borra, não acumula e não deixa efeito panda, é uma explosão de efeitos em um produto só, resultando em cílios naturalmente marcantes e olhar glamouroso.

Mas, se você é assim como a gente e adora ficar testando máscaras de cílios diferentes, fica tranquila que os outros lançamentos também dão show. Com segredinhos, aplicadores diferentes e embalagens lindas, você fica livre para escolher o efeito desejado de acordo com o seu mood! Tem a Cílios Postiços Ultra Black HD, a Cílios Postiços (que já era sucesso no portfólio, mas agora ganhou um up embalagem), a Volume Extremo e a Super Alongamento.

Leia mais:   Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

Para complementar o nécessaire, Make B. lança também seis novos batons em tons incríveis para a estação. Super invernais, a marca aposta na tendência em cores como vermelhos, vinhos, laranjas e marrons que se destacam pela sofisticação e sensualidade do período.

SERVIÇO:

Make B. Explosion Effect

Preço de lançamento: R$ 60,90

Preço regular: R$ 76,90

– Proporciona uma explosão de efeitos e um olhar ainda mais sensual em poucos segundos. São cílios 13 vezes mais alongados, 12 vezes mais volumosos, 8 vezes mais curvados.

– Não forma grumos/não borra e não aglomera os cílios ao longo do dia, proporciona cílios super pretos, durabilidade de até 8 horas com alto poder de fixação e cobertura completa em cada e em todos os fios.

– Fácil de remover, a máscara é enxaguável e pode ser removida no banho – dispensa demaquilante.

Sobre O Boticário

O Boticário é uma empresa brasileira de cosméticos, unidade de negócios do Grupo Boticário. Inaugurada em 1977, em Curitiba (Paraná), a marca tem a maior rede franqueada de cosméticos do país com mais de 3.700 pontos de venda, em 1.750 cidades brasileiras, e mais de 900 franqueados. Presente em 15 países, há mais de 40 anos desenvolve produtos com tecnologia, qualidade e sofisticação – seu portfólio tem mais de 850 itens de perfumaria, maquiagem e cuidados pessoais.

Leia mais:   Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

Comprometido com a beleza das pessoas e do planeta, O Boticário não realiza testes em animais e investe na melhoria contínua de produtos e processos para torná-los cada vez mais sustentáveis. O programa de logística reversa da marca, o Boti Recicla, é um dos maiores do país em pontos de coleta – em todas as lojas os consumidores podem devolver as embalagens vazias, que são encaminhadas para a reciclagem correta. Outro exemplo de cuidado em toda a cadeia é a fábrica de cosméticos de Camaçari (BA), a primeira do segmento a receber o certificado LEED de construção sustentável no Brasil.

Da Assessoria

Comentários Facebook

Mulher

Afinação perfeita: massagem sonora é ideal para realinhar as energias

Publicado

Baseado na musicoterapia, o Spa Pandora, do Unique Garden, desenvolveu a Terapia Sonora.

Você consegue imaginar uma massagem em que ninguém toca em você? Na verdade, a terapeuta toca “para” você! É em uma sala equipada com uma mesa lira e tubos sonoros que acontece a Terapia Sonora. O objetivo do tratamento é alinhar o corpo com a vibração dos instrumentos – que, de fato, reverberam seus sons no corpo.

A terapeuta Verena Koch Garcia, do Spa Pandora do Unique Garden, em Mariporã, lembra que a música reflete diretamente na molécula de água. E como o corpo é feito de 70% de água, o som ajuda a reorganizar todo o campo. “Quando uma pessoa chega com alguma dor, algum desequilíbrio, significa que ela saiu de sua frequência. A ideia da terapia é fazer com que o corpo – físico, mental, energético e emocional – volte para sua frequência inicial”, diz Verena.

A Terapia Sonora desenvolvida pela equipe do Unique utiliza uma afinação única. A mesa lira (monochord table) tem todas as suas cordas afinadas em ré e, quando vibra, cria um campo sonoro exatamente nesta nota. O tratamento é baseado na teoria de que o corpo saudável vibra em um som próximo ao ré – a nota do mantra ‘om’, e a pessoa recebe essa vibração direta, deitada sobre a mesa.

Leia mais:   Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

A sessão também conta com o toque de tubos musicais, que ressoam em notas específicas e complementam a paisagem sonora para o alinhamento. “É claro que cada um tem a sua própria afinação, sua nota. E dentro da sua própria nota, cada um está afinado à sua maneira. O principal objetivo é que, com tanta movimentação de energia na vida, você consiga sempre voltar para a sua própria nota, onde você se reconhece.E assim a terapia conta com a ajuda de instrumentos musicais por frequência.

Verena explica que a vibração, além de alinhar as frequências, ajuda na conscientização do corpo. “Como não há toque, a mente tem dificuldade de se relacionar com algo que não sente. Isso aumenta a possibilidade da pessoa se distrair, dispersar. Sentir a vibração no corpo ajuda a manter a presença”.

por PAOLA DEODORO/ Marie Claire

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Levantamento aponta que maioria dos agressores de mulheres em Cuiabá são ex-maridos, desempregados e tem entre 35 a 45 anos

Publicado

Ainda na análise dos agressores, a delegacia listou as principais profissões dos suspeitos: desempregado, motorista, pedreiro, empresário, vendedor, vigilante, serviços gerais, policial, pintor, mecânico, aposentado, professor e autônomo.

A maioria dos agressores de mulheres vítimas de violência em Cuiabá é ex-marido, desempregado e tem idade entre 35 a 45 anos. É o que aponta um anuário divulgado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM), que, em 2018, atendeu 3.054 mulheres vítimas de violência, em Cuiabá.

De acordo com a DEDM, o vínculo do agressor com as vítimas é de ex-companheiro (11,8%), ex-marido (3,4%), vizinho (2,1%), convivente (2%), ex-namorado (1,8%), filho (a) (1,4%), irmão (1,3%) e cunhado (a) (0,7%).

Os agressores são da cor parda (23%), branca (13%), negra (7%) e amarela (0,68%). A faixa etária é de 35 a 45 anos (25%), 30 a 34 anos (15%), 46 a 59 anos (13%) e 15 a 29 anos (11%)

Ainda na análise dos agressores, a delegacia listou as principais profissões dos suspeitos: desempregado, motorista, pedreiro, empresário, vendedor, vigilante, serviços gerais, policial, pintor, mecânico, aposentado, professor e autônomo.

Por Denise Soares, G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana