conecte-se conosco


Destaque

Nome do candidato do grupo do governador à sucessão em Cáceres deverá sair de pesquisa

Publicado

O nome do candidato da aliança de partidos liderados pelo DEM, do governador Mauro Mendes, à sucessão municipal, em Cáceres, sairá de uma pesquisa de opinião pública. A sugestão, de acordo com uma fonte ligada ao grupo, teria partido do próprio governador, em razão da intenção tanto do presidente da Fapemat, Adriano Silva, que também é filiado ao DEM, quanto ao ex-prefeito Túlio Fontes (PV) ligado à família Campos (Jayme e Júlio Campos), em se lançarem na disputa.

A pesquisa, conforme a informação seria realizada no primeiro semestre deste ano. De acordo com a fonte, o governador indicará o nome que, na oportunidade, tiver melhor aceitação popular. Em viagem, o ex-prefeito Túlio Fontes, não se manifestou.

Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat) Adriano Silva, diz que não tem conhecimento dessa informação. Porém, confirma que, a intenção do governador é lançar um candidato do grupo à sucessão do prefeito Francis Maris Cruz (PSDB) que já tem a vice-prefeita Eliene Liberato Dias (PTB) como pré-candidata. “A intenção do governador será lançar candidaturas em cidades polos do Estado como Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres. Essa é a única certeza”.

Leia mais:   AL cobra cumprimento de metas da educação fixadas em 2019

Adriano diz que avalia a possibilidade de lançamento de sua pré-candidatura. Porém, segundo ele, não terá “dificuldade” em apoiar outro nome do grupo. “O nosso grupo irá lançar candidatura em Cáceres. O meu nome está sendo cogitado, mas ainda estou avaliando. Não temos vaidade pessoal. Se não for eu, não terei dificuldade alguma em apoiar outro nome que pode ser o Túlio (ex-prefeito Túlio), o Marcinho Lacerda (ex-vereador e presidente da Câmara), o doutor Sérgio, ou o Takao”.

A proposta do grupo, conforme Adriano é desbancar a atual administração.

“Essa administração já provou que não deu certo. Eu apoie o prefeito Francis achando que, como empresário, ele iria levar para administração, um plano de recuperação da economia. No entanto, nada disso aconteceu. Estudos apontam que hoje temos mais de 13 mil desempregados. Mais que há oito anos, quando ele entrou. Por quê? Porque, não temos uma matriz econômica. O que ele faz é arrancar o couro da população com cobranças de impostos. Cobrando, inclusive de quem não tem”.

Leia mais:   Projeto de Thiago Silva cria apoio tecnológico aos municípios

Afirmou ainda que não adianta ficar só pegando recursos do Fethab para comprar maquinários, precisa investir em infraestrutura e mudar o modelo econômico da cidade. “Ele recebe cerca de 350 mil mensalmente do Fethab, compra ônibus e maquinários. Enche o pátio da secretaria de Obras, mas os bairros estão cada vez piores”.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Destaque

Governo federal anuncia aumento do piso dos professores

Publicado

Também foi anunciado o lançamento do Prêmio Nacional das Artes

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live (transmissão ao vivo) em rede social o aumento de 12,84% do piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Weintraub, o reajuste anunciado “é o maior aumento em reais desde 2009.”

Assista à live na íntegra:

O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano. O Ministério da Educação prepara proposta com novas regras.

Durante a live o presidente também anunciou, ao lado do secretário de Cultura Roberto Alvim, o lançamento do Prêmio Nacional das Artes que irá destinar mais de R$ 20 milhões para produção artística nas cinco grandes regiões brasileiras.

Leia mais:   Utilização de aeronaves deverão ser justificadas pelo Estado

O prêmio terá sete categorias, eruditas e populares, e prevê a seleção de cinco óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 exposição de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e até 15 propostas de histórias em quadrinhos.

O edital será publicado na próxima semana no Diário Oficial da União e no site da Secretaria Especial da Cultura. O repasse de recursos entre as regiões será dividido de forma igual.

Durante a transmissão, o presidente também comentou a queda histórica dos juros básico da economia, Taxa Selic a 4,5% ao ano e a esperada redução da dívida pública com a baixa dos juros. O presidente salientou a redução dos custos de empréstimos da Caixa Econômica Federal e a diminuição de pessoas inadimplentes. Bolsonaro salientou que a queda de juros ocorre “sem canetada” e “sem interferência”, mas por causa do ambiente de recuperação econômica.

O presidente comemorou a prioridade anunciada pelo governo dos Estados Unidos para que o Brasil se torne membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e lembrou a edição de nova medida provisória que ajusta o salário mínimo dos atuais R$ 1.039 para R$ 1.045.

Leia mais:   Projeto de Thiago Silva cria apoio tecnológico aos municípios

Além do ministro da Educação e do secretário de Cultura, participou da transmissão o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior.

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Governo realiza leilão de imóvel, avião e veículos apreendidos em ações de combate ao tráfico de drogas em MT

Publicado

Dentre os bens listados está uma aeronave, modelo Cessna T210N, Prefixo PT-LXE, com capacidade para cinco passageiros e lance inicial de R$ 30 mil

Noventa e dois bens, entre imóvel, veículos e aeronave, estão disponíveis para leilão eletrônico a partir desta quarta-feira (15). Todos os itens são originários de apreensões resultantes do combate ao tráfico de drogas no Estado e o recurso arrecadado será revertido para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad). Os interessados em dar lances podem acessar o link www.majudicial.com.br, que estará disponível até o dia 29 de janeiro.

O leilão é da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Secretaria Adjunta de Justiça (Saju). A regulamentação foi publicada no Diário Oficial do Estado que circulou na terça-feira (14). Os bens estão localizados em Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres.

Além da opção eletrônica, o leilão também terá a modalidade presencial, que será realizado no dia 29 de janeiro, no auditório de eventos do Roari Hotel, na Avenida General Vale, Bairro Bandeirantes, em Cuiabá.

Leia mais:   AL cobra cumprimento de metas da educação fixadas em 2019

Dentre os bens listados está uma aeronave, modelo Cessna T210N, Prefixo PT-LXE, com capacidade para cinco passageiros e lance inicial de R$ 30 mil, um imóvel em Várzea Grande e motocicletas e carros de marcas nacionais e importadas.

A lista dos bens disponíveis, o valor do lance inicial e demais especificações está disponível no endereço eletrônico: https://www.iomat.mt.gov.br/portal/visualizacoes/html/15776/#e:15776.

g1.globo.com

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana