conecte-se conosco


Sem categoria

No Bahia, Renato Cajá lembra da Ponte Preta e almeja mais um acesso

Publicado

No clube desde o início da semana, quando já começou a realizar treinamentos no Fazendão, o meia Renato Cajá foi apresentado oficialmente à imprensa na manhã desta quinta-feira como novo jogador do Bahia, visando o Campeonato Brasileiro da Série B

O novo reforço do Tricolor de Aço, acompanhado do vice-presidente Pedro Henriques, justificou a escolha pelo Bahia, apesar de ter recebido propostas de dois clubes da Série A.

“Agradeço aos diretores pela confiança e demonstração de desejo pela minha contratação. Acredito que esta ação fez a diferença. Eles foram até Campinas me apresentar o projeto do Bahia. Subi duas vezes pela Ponte Preta e espero conquistar mais um, só que desta vez pelo Bahia”, disse.

Conhecedor do Campeonato Brasileiro da Série B, próximo compromisso do Tricolor na temporada, o meio-campista falou sobre as principais características da competição e ressaltou a importância de ter um elenco unido.

“O grupo do Bahia, desde o início da competição, precisa estar muito focado para conquistar o acesso. São partidas complicadas, em cidades distantes, e tudo isso vai exigir uma grande união dos jogadores”, comentou.

Leia mais:   Ações do Gefron causam prejuízo ao ao crime R$ 1,5 milhão só neste fim de semana

VÃO FICAR!
O Bahia aproveitou a quinta-feira para renovar os contratos do volante Júnior Ramos e do atacante Geovane Itinga até maio de 2019.Os dois jovens atletas foram promovidos ao elenco profissional neste ano, após se destacarem na Copa São Paulo e passaram a ser relacionado com frequência pelo técnico Doriva. Ambos tem passagens por seleções de base do Brasil e já atuaram no time profissional do Bahia em três partidas.

 

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Ações do Gefron causam prejuízo ao ao crime R$ 1,5 milhão só neste fim de semana

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT

Aproximadamente 60 kg de drogas foram apreendidos pelo Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), no município de Porto Esperidião (325 km ao Oeste de Cuiabá). O entorpecente foi encontrado no pneu e em um estepe de uma caminhonete que era transportada por um caminhão. O fato ocorreu no final da tarde de sexta-feira (16.04), e resultou em uma pessoa presa.

    O final de semana teve ainda outras ocorrências em que veículos foram recuperados e suspeitos presos. Ao todo, foram 10 suspeitos presos e nove veículos recuperados, que totalizaram prejuízo ao crime estimado em R$ 1,5 milhão.

Durante operação Hórus/VIGIA, uma equipe do Gefron avistou um caminhão Mercedes Benz parado às margens da estrada, com dois pneus estourados, e em sua prancha transportava uma caminhonete Chevrolet C-10. O motorista informou que estava fazendo um frete e que havia saído da comunidade Santa Rita, em Porto Esperidião, e teria como destino a cidade de Pontes e Lacerda (450 km ao Oeste da capital).

O caminhão foi conduzido até a base operacional do Gefron para realização de revista veicular. Os policiais encontraram vários invólucros em um dos pneus da caminhonete Chevrolet C-10, e no estepe do caminhão Mercedes Benz localizaram outra quantia de drogas. No total, foram 58 invólucros de entorpecentes, sendo 48 de substância análoga a pasta base e 10 de substância análoga a cocaína, totalizando 60,05 kg.

Diante dos fatos, o suspeito, os entorpecentes e os veículos foram encaminhados para a Polícia Federal da cidade de Cáceres, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi estimado em R$ 1 milhão.

Veículos recuperados

Dando continuidade ao final de semana, o Gefron recuperou dois veículos (Fiat Toro e Fiat Strada) que seriam levados para a Bolívia e prendeu quatro suspeitos. No domingo (18.04), por volta de 12h, equipes policiais visualizaram duas caminhonetes em alta velocidade. Ambos não acataram os sinais luminosos e sonoros, e tentaram fugir. Foi realizado cerco policial e, após alguns quilômetros, foi possível realizar a abordagem.

Leia mais:   Ações do Gefron causam prejuízo ao ao crime R$ 1,5 milhão só neste fim de semana

A checagem via base do Gefron constatou que o veículo Fiat Toro é de propriedade da empresa Localiza Rent a Car. De acordo com informações do suspeito, ele teria apanhado o veículo nas proximidades do município de Porto Esperidião e o levaria até a Bolívia pela quantia de R$ 4.700,00. Já o condutor do Fiat Strada receberia o valor de R$ 1.000,00, para “bater estrada” (checar se há policiamento) e mostrar o caminho até a propriedade onde seria entregue o veículo Fiat Toro.

Diante disto, os veículos e os quatro suspeitos (sendo dois passageiros) foram conduzidos para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi calculado em R$ 138 mil.

Também no domingo, de madrugada, uma pessoa foi presa e dois veículos recuperados, na cidade de Pontes e Lacerda. Uma equipe do Gefron abordou uma Toyota Hilux e um Honda Civic, na rodovia MT-473. Um dos condutores conseguiu fugir pela mata e não foi localizado. Em conversa com o outro condutor, ele relatou que levaria o veículo até a Vila Triunfo e que receberia R$ 1.000,00 por isso.

Ao checar os veículos via base do Gefron e entrar em contato com a vítima, foi relatado o roubo dos referidos veículos que, inclusive, teria ocorrido mediante sequestro e cárcere privado. Diante disso, os veículos e o condutor foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), na cidade de Pontes e Lacerda, para as devidas providências. Foi calculado um prejuízo ao crime no valor de R$ 245 mil.

Outra ocorrência resultou no encaminhamento de duas pessoas para a Defron, no sábado (17.04), por receptação. Uma equipe do Gefron abordou um veículo Renault Sandero, na estrada MT-265, próximo ao assentamento Tatu. Em conversa com o condutor, ele relatou que levaria o veículo até a Bolívia, juntamente com o outro ocupante, e que receberiam uma quantia de R$ 1.500,00.

Leia mais:   Ações do Gefron causam prejuízo ao ao crime R$ 1,5 milhão só neste fim de semana

Ao checar o veículo via base do Gefron, constou um Boletim de Ocorrência de estelionato na cidade de Brasília (DF). O veículo e os ocupantes foram encaminhados para a Defron. Foi estimado prejuízo ao crime no valor de R$ 32 mil.

O Gefron também localizou um veículo Chevrolet S-10, na rodovia MT-265, no local conhecido como Baía Bela, em Porto Esperidião, no dia 17. Os policiais avistaram o carro às margens da via e, ao realizar a busca veicular, foram verificados sinais de adulteração. Na checagem, constou um Boletim de Ocorrência de roubo na cidade de Cuiabá.

O suspeito não foi localizado. Diante do fato, o veículo foi guinchado e encaminhado para a Defron. O prejuízo ao crime totalizou R$ 85 mil.

Ação conjunta

Também no sábado (17.04), ação conjunta entre o Gefron, 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Forças Táticas do 6º Comando Regional e do 2º Comando Regional da PM-MT, 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 17º (BPM) resultou na prisão de dois suspeitos bolivianos.

Os policiais abordaram, na barreira do Posto do Limão, em Cáceres (214 km ao Oeste de Cuiabá), um veículo Renault/Logan, que trafegava sentido Bolívia, conduzido por dois bolivianos. Na checagem via base do Gefron, foi constatado Boletim de Ocorrência de estelionato, registrado em Brasília (DF).

Diante dos fatos, o veículo e os suspeitos foram encaminhados para a Defron, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime foi estimado em R$ 43 mil.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

A “La Venezuela” centenas de desempregados se aglomeram na avenida e praça Sete de Setembro a espera de cesta básica

Publicado

     Uma cena a “La Venezuela” foi registrada na manhã desta terça-feira (6/3), em Cáceres. Em busca de alimentos, centenas ou talvez milhares de pessoas, a maioria desempregadas, se aglomeraram na praça e Avenida Sete de Setembro, para conseguir ganhar uma cesta básica que, infelizmente, não chegou.

    A maioria país de famílias, eles foram atraídos ao local, por dois motivos: primeiro, após um grupo de empresários fazer a doação de sacolões no dia anterior e ter prometido continuar a entrega hoje; e, ainda porque foram informados de que O governo do Estado estaria distribuindo 2.400 cestas básicas no município.

    Foi necessária a presença de servidores da Secretaria Municipal de Ação Social para desfazer o mal-entendido e evacuar as pessoas para evitar tumulto e aglomerações.

   “Essas famílias vieram receber cestas básicas prometidas por um grupo de empresários. Mas, pelo que se sabe, eles não farão a distribuição porque não conseguiram doações das cestas” explicou um dos representantes da secretaria informando ainda que os sacolões prometidos pelo governo só deverão ser distribuídos no fim de semana.

Leia mais:   Ações do Gefron causam prejuízo ao ao crime R$ 1,5 milhão só neste fim de semana

   “É humilhante pra mim, mas é melhor pedir do que roubar né?” Indagou M.A.P (35 anos) faxineira de uma empresa de autopeças dizendo que foi demitida do trabalho porque a loja está fechada, por causa do lockdown.

   “Sou mecânico mais estou desempregado. O patrão disse que tinha que me mandar embora porque a loja está fechada e não está faturando nada. Por isso vim ver se ganho um sacolão” contou A.J.S (45 anos) afirmando que tem a esposa, a mães e três filhos menores de idade.

“Estou na fila para ganhar um sacolão como prometeram. Mas, até agora não chegou e a informação que temos é que deu zebra o negócio” disse o pedreiro B.A.P (43 anos) afirmando também que está desempregado, tem uma família de quatro filhos para dar de comer e não tem de onde tirar.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana