conecte-se conosco


Cáceres e Região

Mulheres lideram cargos de gestão em unidades da Pró-Saúde em todo o Brasil

Publicado

Com presença em 24 cidades de 12 estados brasileiros, entidade lançou campanha para celebrar a data com foco na diversidade e conquista das mulheres

A Pró-Saúde, uma das maiores gestoras de serviços hospitalares do País, lançou nesta semana sua campanha para o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, com o slogan “Somos protagonistas na qualidade e excelência da Pró-Saúde”. O foco é a diversidade e conquistas das mulheres no segmento da saúde brasileira.

Na Pró-Saúde, sete em cada dez profissionais da instituição são mulheres, que atuam por meio dos valores e da missão de garantir uma assistência humanizada para milhões de brasileiros. A instituição realiza a gestão de 23 hospitais localizados em todas as regiões do país, que organizaram diversas atividades para comemorar a data, com palestras, oficinas, sessões de cinema, cuidados de beleza e saúde, entre outras.

Outro dado relevante da entidade é a prevalência feminina em cargos de gerência e diretoria, que fica em torno de 50,7% e 31%, respectivamente, números superiores à média nacional. Segundo dados do Ministério da Economia, no Brasil, as mulheres ocupam 42,4% dos cargos de gerência e 13,9% de diretoria.

“As mulheres atuam de forma decisiva no processo de formação e fortalecimento da consciência de cidadania na sociedade. O trabalho desempenhado tanto pelas nossas colaboradoras, como pelas voluntárias, inspira e fomenta projetos de mudanças onde os usuários, dos serviços prestados pela Pró-Saúde, são atendidos de maneira integral”, destacou o presidente da Pró-Saúde, dom Eurico dos Santos Veloso, arcebispo emérito de Juiz de Fora (MG). Segundo ele, duas mulheres inspiram esse trabalho institucional, Santa Teresa de Calcutá e Santa Dulce dos Pobres, o Anjo Bom da Bahia. “Na simplicidade de um trabalho pastoral de acolhida dos mais pobres, excluídos, marginalizados em consonância com os nossos valores, as mulheres asseguram uma gestão eficiente e de excelência”, completou.

Programação especial

No Pará as unidades gerenciadas farão programação especial durante todo mês de março, para reforçar o compromisso da entidade com suas colaboradoras e pacientes. Entre os dias 6/3 e 8/3, o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), localizado em Marabá, fará Sessões de Cinema, Coffee Break, palestra sobre Empoderamento Feminino e debates sobre Direito da Mulher.

Leia mais:   Laboratório São Matheus já está habilitado a realizar exames oficiais para COVID-19

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, promove nesta sexta-feira (6/3), ações como cuidados com a beleza, homenagens e massagem. Já no Hospital Yutaka Takeda (HYT), em Parauapebas, as colaboradoras terão um café da manhã especial e as pacientes que passarem pela ginecologia e obstetrícia ganharão um brinde em homenagem a data.

Ao longo desta sexta-feira (6/3), o Hospital de Porto Trombetas (HPT), em Oriximiná, realizará uma exposição de fotos de todas as colaboradoras, contando suas histórias de vida. A ideia teve como base o slogan da campanha da entidade e fatos históricos de mulheres que contribuíram para a luta feminina. Para complementar, haverá também atividades de automaquiagem e coquetel com sorteio de brindes.

No Hospital Materno-Infantil de Barcarena (HMIB), em Barcarena, a programação segue ao longo da semana com ações para homenagear as mulheres, como oficina de teatro, dia de beleza, fitdance e sala relaxante.

Uma roda de conversa sobre violência contra a mulher, com representantes de abrigos para mulheres vítimas de violência doméstica, será realizada no Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), localizado em Belém (PA). Também na capital, o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), planejou uma exposição de fotos das colaboradoras, jogos e sessão de cinema, que vão ocorrer na próxima semana.

Em Vitória (ES), o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), realizará uma roda de conversa que abordará o tema: “Mulher nos tempos atuais – mas com os velhos desafios“, que será conduzido pelas mulheres que gerenciam as equipes da unidade. Além da palestra, haverá a exposição de um mural produzido com as fotos das colaboradoras e oficina de beleza, em um momento de integração entre pacientes e profissionais do HEUE.

O Hospital São Luiz (HSL), unidade própria da Pró-Saúde em Cáceres (MT), irá realizar na terça-feira (10/03), palestra para as colaboradoras com o tema “Conscientização e Base Sobre a Lei Maria da Penha”, que será ministrada pela Drª Judá Maali, Delegada Titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso.

Outras unidades como Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira (PA), e o Hospital Bom Pastor (HBP) também realizarão ações no Dia Internacional da Mulher. Para acompanhar a cobertura completa das atividades em todas as unidades, acesse o site da instituição: www.prosaude.org.br e as redes sociais.

Leia mais:   Prefeitura confirma os dois primeiros casos de coronavírus em São José dos Quatro Marcos

Pacto Global ONU Mulheres

O Hospital Oncológico Infantil Octavio Lobo, gerenciado pela Pró-Saúde em Belém (PA), é uma unidade signatária do Pacto Global ONU (Organização das Nações Unidas) Mulheres, que tem como objetivo promover a equidade de gênero nas empresas, no ambiente de trabalho e na comunidade, e realizará ao longo de todo o mês de março, ações para reforçar este compromisso.

As atividades terão início na segunda-feira (9/3), com o toque do sino em prol da igualdade de gênero, onde as colaboradoras serão convidadas para tocar um sino para chamar a atenção das ações de equidade de gênero. A ação é baseada na campanha “Ring the Bell for Gender Equality” (em português “Toque a Campainha da Igualdade de Gênero”), que está alinhada com a agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que visa alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas.

Para complementar, Dia da Beleza e sessão de cinema com um filme inspirador, serão realizados para as colaboradoras e acompanhantes de pacientes.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Da Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Prefeito quer proibir venda de passagem para idosos; veja vídeo

Publicado

O prefeito de Cáceres, Francis Maris, quer que empresas de transporte intermunicipal não emitam bilhetes para idosos. Em vídeo publicado em rede social, o gestor apela aos deputados e senadores para que seja feito um decreto que suspenda a venda de passagem ao grupo de risco de contaminação pelo Covid-19.

Leia também -Pontos de ônibus estão lotados em várias regiões de Cuiabá

“Pessoas acima de 60 anos, que são grupo de risco, têm viajado muito. Principalmente de ônibus. Ficando um dia, dois dias, dentro de um ônibus” pontua na filmagem.

A aglomeração de pessoas facilita o contágio, por conta da proximidade entre os indivíduos em ambiente fechado. O vírus é carregado pelo ar e no contato com uma pessoa contaminada, tornando o ambiente propício para disseminação da doença. Os idosos são as “vítimas” mais afetadas, por conta da saúde debilitada, na maioria dos casos.

“Faço um apelo aos nossos deputados e senadores para que seja editado um decreto proibindo a venda de passagens para pessoas que tenham mais de 60 anos. Eles têm que ficar em casa. Estamos todos conscientes disso”, é o requerimento do prefeito.

Leia mais:   Prefeitura confirma os dois primeiros casos de coronavírus em São José dos Quatro Marcos

Conforme decreto municipal, os estabelecimentos comerciais podem funcionar desde que cumpram as medidas de higiene recomendadas para evitar a disseminação do novo coronavírus. Eventos com aglomeração de pessoas também estão suspensos.

Vídeo

GD
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Coronavírus: Prefeitura de Cáceres cria canal para denunciar quem descumprir decreto e realizar aglomerações

Publicado

A população pode denunciar, de forma anônima, estabelecimentos que permanecerem gerando aglomerações, descumprindo os decretos da Prefeitura de Cáceres, e populares que estejam descumprindo as normas.

A população pode denunciar, de forma anônima, estabelecimentos que permanecerem gerando aglomerações, descumprindo os decretos da Prefeitura de Cáceres, e populares que estejam descumprindo as normas.

A orientação é para que as denúncias sejam feitas via o WhatsApp 98426-1540.

O objetivo é conter o aumento do contágio do coronavírus em Cáceres, a prefeitura determinou medidas mais rígidas nos últimos decretos.

Nesta segunda-feira (6), a Secretaria Municipal de Saúde confirmou os dois primeiros casos de Covid-19. Um casal de idosos de 82 anos e de 79 anos, os dois recentemente estiveram no estado de São Paulo, chegaram em Cáceres apresentando os sintomas do COVID-19.

Bares, restaurantes e lanchonetes não devem abrir as portas para atender o público no local, mas estão liberados a funcionar no esquema de delivery – para entregar o pedido do cliente na porta do estabelecimento (sem consumo local) ou em casa.

Leia mais:   Dono de bar é morto a tiros dentro do próprio estabelecimento em Cáceres

A suspensão não se aplica a supermercados, farmácias, laboratórios, clínicas, hospitais e demais serviços de saúde – até mesmo aqueles que funcionam em shoppings, galerias e centros de comércio -, desde que sejam adotadas as medidas de segurança estabelecidas pelas autoridades de saúde.

Por: Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana