conecte-se conosco


Policial

Mulher é presa por tentativa de homicídio e homem por violência doméstica em São Félix do Araguaia

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais duas pessoas envolvidas em crimes cometidos no âmbito da violência doméstica e familiar, no município de São Félix do Araguaia (1.200 km Nordeste), foram autuadas em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, no domingo (08.09). Os procedimentos foram confeccionados após as prisões realizadas pela Polícia Militar.

Na primeira situação, uma mulher de 57 anos, foi autuada pelo crime de tentativa de homicídio qualificado. D.A.R. é acusada de praticar o crime na noite de sábado (07.09), tendo como vítima o seu companheiro.

Segundo apurado, o casal havia consumido bebida alcoólica na casa de uma amiga, e quando chegaram em casa, o marido deitou para dormir, momento em que foi surpreendido com um golpe de facão na cabeça, desferido pela companheira.

Logo que acionados pelo Hospital Municipal para averiguar a ocorrência de um homem que havia dado entrada na unidade de saúde, com um corte na cabeça proveniente de um golpe de facão. Diante dos fatos os policiais militares inciaram as rondas para localizar a autora dos fatos. A suspeita foi encontrada deitada na rede da própria casa, onde havia muito sangue.

Leia mais:   Policiais civis fecham boca de fumo no centro de Rondonópolis e prendem três pessoas

Conduzida à Delegacia de São Félix do Araguaia, a mesma foi interrogada e confessou a tentativa de homicídio, bem como alegou que depois do crime, jogou o facão em um terreno baldio.

D.A.R. de 57 anos foi autuada pelo crime de tentativa de homicídio qualificado. Ao ser apresentada à Justiça, foi aceito o pedido de conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva, e a acusada levada para Cadeia Pública de Nova Xavantina, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

OUTRA AUTUAÇÃO 

Ainda na tarde domingo (08) um rapaz identificado como T.S.C. de 36 anos, foi detido por ameaçar com uma faca sua própria mãe e irmão.

O caso ocorreu na casa da família no bairro Setor Aeroporto, município de São Félix do Araguaia. Conforme apurado, o agressor vem ameaçando constantemente os familiares, bem como estava amolando uma faca, no intuito de intimidar as vítimas.

Assim que solicitados para atender a ocorrência, os policiais militares lograram êxito em deter T.S.C., que foi levado à Delegacia de São Félix do Araguaia para providências.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre prisão de suspeito por estupro de vulnerável em Rondonópolis

Depois de interrogado, o conduzido foi autuado em flagrante por ameça perpetrado contra o irmão e a genitora, de acordo com a Lei Penal e Lei Maria da Penha. Posteriormente foi colocado à disposição do juiz local. 

Conforme a delegada de São Félix do Araguaia, Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra, a Polícia Civil está de forma constante atuando em prol da redução dos índices de violência doméstica.

 “A Delegacia de Polícia está de portas abertas para ajudar as vítimas que se encontram em situação de violência no âmbito familiar. Denúncias pode ser feitas pelos telefones (66) 98414-7161 e (66) 3522-1115, sendo garantido sigilo absoluto.

.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil prende mais três suspeitos com drogas e armas em continuidade de operação em Alta Floresta

Publicado

Assessoria/Polícia Civil–MT

 

Em continuidade aos trabalhos da operação Vitae III, a Polícia Civil de Alta Floresta (650 km ao norte de Cuiabá) prendeu mais u três suspeitos e  apreendeu drogas, armas e munições, em ação realizada na tarde de sexta-feira (10.07).

As diligências realizadas para dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão contra um alvo da operação  foram realizadas pelos policiais da Delegacia de Alta Floresta, Gerência de Operações Especiais (GOE) com apoio da  Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar.

Segundo as investigações da operação Vitae III, o suspeito alvo da ordem judicial atua na função de “disciplina” na organização criminosa, sendo responsável pela aplicação de castigos físicos e homicídios àqueles que descumprem as ordens e regras da facção.

Com informações de que o suspeito não estava em sua residência, os policiais realizaram sua abordagem em via pública, realizando sua prisão. Em seguida, os policiais realizaram as buscas na casa do investigado, no bairro Parque dos Lagos, porém no local não foi encontrado nenhum material ilícito.

Leia mais:   Homem é detido com celular furtado de escola de Confresa

Durante entrevista com os policiais, o suspeito apontou dois endereços, um no setor industrial e o outro no bairro Boa Nova III, onde estariam guardados entorpecentes e armas de fogo pertencente à organização criminosa.

Em buscas em uma das residências, os policiais encontraram porções de entorpecentes (maconha e pasta base), balança de precisão, aparelhos celulares e R$ 500. Um suspeito que estava na casa foi preso e encaminhado para a Delegacia de Alta Floresta.

No segundo endereço no bairro Boa Nova III, foi localizada uma pistola calibre 380, um carregador, um revólver calibre 32 e munições calibres 32 e 380.  O morador da casa foi preso em flagrante e confessou que estava guardando as armas a pedido do integrante da facção criminosa.

Diante das evidências, todo material ilícito foi apreendido e os suspeitos foram encaminhados a Delegacia de Alta Floresta, onde após serem interrogados pelo delegado Pablo Carneiro,  foram lavrados os flagrantes.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem investigado por furto de gado no Araguaia tem prisão preventiva cumprida

Publicado

Assessoria/Polícia CiviL-MT

Policiais civis de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) cumpriram na quinta-feira (09) mandado de prisão preventiva contra um homem investigado em inquérito que apura furto de gado na região. O mandado foi cumprido pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), responsável pela investigação. 

A prisão preventiva faz parte da representação feita pelo delegado Nelder Martins Pereira para responsabilização de mais um dos envolvidos nos crimes de associação criminosa, receptação de animal, falsidade ideológica e uso de documentos falsos.

O delegado explica que essa prisão é desdobramento das investigações que tiveram início em 24 de junho, quando investigadores da Derf, com apoio da Polícia Militar de Barra do Garças, abordaram três caminhões que transportavam juntos 60 cabeças de gado bovino. A Polícia Civil apurou que o gado furtado de uma propriedade no município de Alto Garças.

 

Um dos caminhões apreendidos com gado furtado

Um dos caminhões apreendidos em junho com o gado furtado

As investigações apontaram que o homem preso nesta quinta-feira foi o responsável pela contratação dos fretes dos caminhões e também por entregar as notas fiscais e as GTAs (Guias de Transporte Animal) dando ao gado a aparência de produto lícito.

Leia mais:   Polícia Civil prende traficantes com drogas e R$ 1,5 mil em boca de fumo no bairro Alvorada

Além disso, as evidências levantadas apontam que suspeito articulou tanto para a retirada do gado no local do furto, quanto para o tráfego, até ocorrer a abordagem policial. A todo instante, os motoristas seguiam sua orientação.

O gado seria desembarcado na propriedade de outra pessoa envolvida nos crimes em apuração, na cidade de Araguaiana, próxima a Barra do Garças.

Conforme o delegado Nelder Martins, os investigados devem responder pelos crimes associação criminosa, receptação de animal, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, conforme tipificados nos artigos 288, 180-A, 299 e 304 do Código Penal Brasileiro.

O suspeito preso está preso na cadeia pública de Barra do Garças, à disposição da Justiça para as providências cabíveis.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana