MT tem a maior redução na taxa de desocupados em todo o Brasil no 3º trimestre, aponta IBGE

61

Mato Grosso teve a maior redução na taxa de desocupação em todo o Brasil no terceiro trimestre de 2018, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) e foram divulgados na quarta-feira (14).

De acordo com o levantamento, o estado teve queda de 1,8% em comparação com o trimestre anterior.

No período analisado, a taxa de desocupação em Mato Grosso foi de 6,7%, o que representa um contingente de 117 mil trabalhadores. O estado só fica atrás de Santa Catarina que registrou percentual de 6,2%.

Segundo o IBGE, os setores com o maior crescimento no número de pessoas ocupados foi o de comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas com aumento de 8,5%.

Logo em seguida, aparece o de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas com crescimento de 15,1%.

No país, também apresentaram redução: Tocantins (1,6%), Minas Gerais (1,1%), Ceará (1,1%) e Rio de Janeiro (0,8%). No período analisado, a taxa de desocupação em Mato Grosso foi de 6,7%.

O único registro de alta na taxa foi notado em Roraima, que teve aumento de 2,3% no número de desocupados. Nos outros estados, a taxa se manteve estável.

Taxa de desemprego no país

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,1% no trimestre encerrado em agosto, mas ainda atinge 12,7 milhões de brasileiros.

Foi a quinta queda mensal seguida e trata-se da menor taxa de desemprego registrada no ano.

O contingente de desempregados é 4% menor que o registrado no trimestre encerrado em maio (529 mil pessoas a menos).

Por André Souza, G1 MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here