conecte-se conosco


Mato Grosso

MT tem 11 pessoas com Coronavírus: 9 em casa e 2 hospitalizados

Publicado

O Estado de Mato Grosso tem 11 casos confirmados de coronavírus. Desses, dois precisaram de internação para acompanhamento médico. Nenhum paciente está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (26), pela Secretaria de Estado de Saúde, são oito (8) casos confirmados em Cuiabá, dois (2) em Várzea Grande e um (1) caso em Nova Monte Verde.

Desde que o COVID-19 chegou ao país, o Governo de Mato Grosso vem acompanhando a pandemia e, diariamente, adota medidas para minimizar os efeitos que o vírus pode causar, tanto na saúde pública como no aspecto social.

Todas as ações são pautadas seguindo as orientações e recomendações do Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e Sociedade de Infectologia, principalmente no que se refere à restrição de circulação de pessoas, paralisação da atividade econômica e decretação de quarentena.

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, conforme determina o Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo no novo coronavírus (COVID-19), para se ter início a fase de mitigação é necessário o registro de 100 casos positivos.  Contudo, Mato Grosso já deu início a esse processo, quando só existiam casos suspeitos no Estado, fortalecendo sua rede hospital, com o início das obras de ampliação e construção de 200 leitos no Hospital Metropolitano em Várzea Grande; o cancelamento das cirurgias eletivas para que os leitos hospitalares da rede pública se mantenham vagos; ações para a compra de insumos e medicamentos, entre outros.

Leia mais:   É LEI - Uso de máscara continua obrigatório em Mato Grosso

Todas essas ações são conduzidas pelo Gabinete de Situação, com a orientação do médico infectologista Adbon Salam K. Karhawi, com objetivo de potencializar a capacidade de resposta hospitalar com a intenção de evitar óbitos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso lamenta morte do pai do secretário Mauro Carvalho Júnior

Publicado

O Governo de Mato Grosso lamenta profundamente a morte do empresário Mauro Carvalho, pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho Júnior.

Mauro Carvalho morreu aos 97 anos, na cidade de Bauru (SP).

“Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos muito tristes e orando para que Deus conceda forças aos familiares e amigos”, afirmou o governador Mauro Mendes, que é amigo de toda a família.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Prazos para vencimento de infração e indicação do condutor estão suspensos
Continue lendo

Mato Grosso

“O Governo subiu o preço do plantão, mas há grande dificuldade para contratar”, relata governador

Publicado

O governador Mauro Mendes afirmou que o Estado de Mato Grosso está tendo grandes dificuldades em contratar profissionais de saúde para atuar no enfrentamento à covid-19, apesar de todos os esforços de chamamento.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (09.07), durante entrevista ao apresentador José Luiz Datena, na rádio Bandeirantes.

De acordo com o governador, esse é atualmente um dos maiores empecilhos para colocar novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em funcionamento, uma vez que é necessária uma equipe considerável de profissionais de saúde capacitados para gerir as unidades.

“O nosso grande problema é a contratação de profissionais. O Governo está pagando mais caro, elevamos o preço, o salário, o plantão médico. Subimos e está em R$ 1.800 por 12 horas de trabalho de um médico, assim como subimos de outros profissionais que compõem as UTIs, para atender a população, que é o mínimo que a gente pode fazer”, explicou.

Ainda na entrevista, Mauro Mendes reforçou a orientação para que a população, ao sentir os primeiros sintomas de coronavírus (como tosse seca, febre e falta de ar), procure imediatamente um médico para que a situação não se agrave. O Governo do Estado está adquirindo grande quantidade de medicamentos para distribuir às prefeituras, de forma a estarem disponíveis para os pacientes na atenção básica.

Leia mais:   Advogado de Cáceres de 41 anos morre vítima de Covid-19 em Crato -CE; OAB lamenta perda da classe

“O tratamento precoce é uma medida eficaz. Teve sintomas, não fique em casa. Procure um médico, tome o medicamento no início e isso está salvando milhares de vidas e pode salvar a vida de muita gente”, ressaltou.

Esforço para contratação

No momento, há um edital aberto para a contratação de médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório e maqueiros, para atender a demanda nos Hospitais Regionais de Alta Floresta, Cáceres, Colíder, Rondonópolis, Hospital Metropolitano e Hospital Estadual Santa Casa.

Além disso, outro edital foi aberto nesta semana visando a contratação de 24 médicos para atuar no Centro de Triagem e Diagnóstico da Covid-19, em Cuiabá, que começará a atender nos próximos dias. As inscrições podem ser feitas por meio do link: cadastro.mt.gov.br

O Governo do Estado também vai enviar ainda nesta quinta-feira um projeto de lei à Assembleia propondo que os profissionais contratados da Saúde que porventura contraiam a covid-19, possam continuar a serem pagos enquanto estão em período de recuperação, de forma a não ficarem desassistidos. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana