conecte-se conosco


Mato Grosso

MT Hemocentro atualiza Cadastro de Doadores de Medula Óssea

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do MT Hemocentro e em parceria com diversas instituições, promove a Semana Estadual da Importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea – que ocorre de 25 a 29 de maio –, com o objetivo de sensibilizar a população para a importância de ser um doador voluntário e salvar vidas.

No Estado de Mato Grosso, até março deste ano foram cadastrados 65.409 doadores, sendo 11 transplantes realizados com sucesso desde 2015; o último ocorreu em fevereiro deste ano.

A doação de medula óssea é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas, como as leucemias–, além de portadores de aplasia de medula óssea e síndromes de imunodeficiência congênita.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto de Figueiredo, destaca que a iniciativa de ser um doador, é possível por meio do Redome, que é o cadastro nacional de doadores. “Estamos na semana de conscientização sobre a doação de medula óssea, que é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas. Portanto, ajude a salvar mais uma vida. Faça o cadastramento no MT Hemocentro, que nesse momento de pandemia está atendendo por agendamento prévio, para evitar aglomeração, e participe dessa importante iniciativa que é a doação de medula óssea”.

Leia mais:   Secel retifica prazo para formalização de premiados no Edital de Literatura

Em Mato Grosso, o único serviço cadastrado pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer) para realizar o cadastro de doadores de medula óssea é o MT Hemocentro, que está localizado na Rua 13 de junho, n° 1.055, e funciona de segunda a sexta feira, das 07h30 às 17h.

“Mesmo com a pandemia, o serviço continua funcionando normalmente. A pessoa que deseja se cadastrar pode comparecer espontaneamente no MT Hemocentro pode realizar o agendamento por meio do número 3623-0044 ramal 222”, informou a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela.

Devido à diversidade populacional mato-grossense, a possibilidade de encontrar um doador compatível de medula óssea é maior. O MT Hemocentro dispõe de um serviço ambulatorial que atende pacientes com doenças hematológicas, sendo referência para todo o Estado, em que os pacientes podem precisar de um transplante como forma de tratamento; por isso é tão importante a sensibilização da população para o cadastro.    

Como ser um doador

Para que você seja um doador, é preciso se cadastrar no Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que é responsável por todas as informações de todos os doadores voluntários de medula óssea cadastrados no Brasil.

Leia mais:   Governador vistoria obras de Infraestrutura e hospitais no Norte de MT; veja o roteiro

Em Mato Grosso, foi sancionada por meio da Lei 9.807/2012, de autoria do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), que institui a Semana Estadual da Importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea, com o objetivo de despertar na população o esclarecimento acerca do cadastro voluntário consciente.

Há quatro anos o MT Hemocentro realiza, com parcerias, um encontro que demarca a Semana de Conscientização sobre a doação de Medula Óssea. Neste ano, o evento seria realizado na última semana do mês de maio, o IV Encontro de Conscientização sobre a Doação de Medula Óssea e I Encontro Hematológico e Hemoterápico mato-grossense. Porém, devido à pandemia, o evento foi suspenso.

Entre os dias 25 e 29 de maio, estará ocorrendo a divulgação de informações, apresentação de vídeos e debates sobre o tema por meio dos canais digitais (Facebook do MT-Hemocentro e Instagram do projeto CERHEMO).  

      

 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Mato Grosso antecipa o período proibitivo do uso do fogo

Publicado

O Governo de Mato Grosso irá adiantar o período proibitivo de queimadas na zona rural em todo o Estado de Mato Grosso para 1º. de julho e estender até 30 de setembro. O decreto com a regulamentação será publicado nos próximos dias. Com a decisão, os proprietários rurais estão proibidos de realizar qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo. Em zona urbana, as queimadas são proibidas durante todo ano.

A decisão leva em consideração fatores climáticos e riscos que a poluição do ar traz à saúde humana, especialmente em um momento que o mundo enfrenta uma pandemia de uma síndrome respiratória, a Covid-19. Além disso, de acordo com monitoramento realizado pelo INPE, entre 01 de janeiro e 28 de maio, Mato Grosso registrou um aumento de 11,83% dos focos de calor em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o Brasil e os Estados da Amazônia legal registraram redução de 2,84% e 31,26% respectivamente.

Também foi verificado que 44% do estado de Mato Grosso apresenta a pluviosidade abaixo da média e 24% do território encontra-se na média dos últimos 30 anos para o mesmo período. A estiagem decrescente seca a vegetação mais fina tornando-a mais vulnerável ao fogo.

Leia mais:   Sede da Seduc passa a funcionar em novo prédio

O Governo de Mato Grosso foi notificado pelo Ministério Público de Mato Grosso a antecipar o período proibitivo de queimadas para 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente. Diante dos dados apresentados tanto pelo PME, quanto pelos órgãos de Governo, a recomendação foi acatada parcialmente. Para esta data, a Sema vai reunir médicos e especialistas em mudanças climáticas em um debate virtual ao vivo para conscientizar a população sobre os riscos da degradação ambiental à saúde humana. O encontro terá início às 16h no Canal YouTube Sema Mato Grosso.

Saúde humana

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a poluição do ar é um fator de risco crítico para doenças não transmissíveis, causando cerca de 24% de mortes por doenças cardiovasculares, 25% por acidente vascular cerebral, 43% por doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) e 29% associadas ao câncer de pulmão. O aumento dos incêndios florestais pode gerar o agravamento da pandemia do COVID 19, que é uma doença relacionada ao sistema respiratório, causando mortes e prejuízos de toda ordem em todo Estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mato-grossenses poderão iniciar processo de renovação da CNH por aplicativo

Publicado

A partir de agora, cidadãos de Mato Grosso podem iniciar o processo de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pela internet, por meio do aplicativo MT Cidadão. Outros serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) também foram incluídos na nova atualização do aplicativo.

Seguindo a recomendação dos órgãos de Saúde para manter o distanciamento social durante o enfrentamento da Pandemia do Coronovírus (Covid-19), o Governo do Estado tem aumentado o número de serviços realizados pela internet (e-services).

Com o início do processo pelo aplicativo, fica dispensado o requerimento em papel, diminuindo o número de atendimentos presenciais e gerando economia nos recursos.

Para pedir renovação da habilitação, o cidadão deve baixar o aplicativo MT Cidadão, fazer o cadastro. Após fazer o pedido, será emitida a guia de pagamento. Após esse processo, o condutor deverá ir até a unidade do Detran escolhida para tirar foto e coletar dados biométricos. Depois, é preciso comparecer na clínica médica indicada para fazer os exames necessários. O andamento do processo poderá ser conferido pelo aplicativo.

Leia mais:   PM prende homicidas na divisa de Mato Grosso com Pará

Além do pedido de renovação, a última atualização do MT Cidadão tornou possível solicitar a segunda via da CNH, pedir a Permissão Internacional para Dirigir e no caso dos condutores utilizam CNH provisória, a CNH definitiva.

Por meio do app ainda é possível verificar Taxas de Veículos, Taxas de Habilitação e Solicitação de PID. Quanto aos demais serviços disponibilizados pelo DETRAN, o usuário conta com opções de consulta do resultado de recurso de infração; emissão de certidão negativa de multa; consulta de dados, geração e impressão de certidão de condutor; validação das informações e pagamento das taxas.

MT Cidadão

O MT CIDADÃO  é uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso que visa ampliar a transparência e prestação de serviços ao cidadão. Desenvolvido e mantido pela Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), é uma plataforma que disponibiliza em um só lugar vários serviços digitais essenciais e relevantes para o cidadão.

Conforme o diretor-presidente da MTI, Antônio Marcos, esse é mais um serviço que visa facilitar a vida dos cidadãos. “Já temos mais de 50 e-serviços disponíveis e que podem ser realizados sem sair de casa. O nosso objetivo com o MT Cidadão é agilizar ainda mais os processos e contribuir para as medidas de isolamento social que o Estado adotou”.

Leia mais:   Ipem-MT faz testes em medidores de pressão de hospitais

A atualização já está disponível para Android na loja Google Play e para o sistema IOS na App Store.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana