conecte-se conosco


Policial

Mato Grosso registra 38 mortes de vítimas femininas de janeiro a maio

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT

O número de homicídios envolvendo vítimas femininas em Mato Grosso, entre janeiro e maio de 2019, manteve-se igual ao mesmo período do ano passado, com 38 casos em cada ano. O levantamento, feito pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), é referente às mortes de mulheres, incluindo todas as motivações, e não apenas feminicídios.

O dia da semana que mais apresentou registros foi a sexta-feira, com oito casos, seguido de quarta-feira, com sete. No domingo, quinta-feira e sábado foram registrados cinco homicídios em cada dia, enquanto na segunda-feira e terça-feira foram quatro cada.

A arma de fogo foi o meio mais empregado, conforme o levantamento, com 39% dos casos. Arma cortante ou perfurante foi utilizada em 32% das mortes, seguida por “outros”, com 18%; arma contundente, com 8%, e força muscular, responsável por 3% dos casos.

Já quanto a motivação, a maioria dos casos foi identificada como passional (37%), enquanto em 29% as circunstâncias ainda serão apuradas. Envolvimento com drogas corresponde a 16% das motivações, vingança a 10%, rixa a 5% e álcool a 3% dos casos.

Leia mais:   Derf de Rondonópolis conclui 700 inquéritos policiais de crimes patrimoniais

Os dados

A fonte dos dados é o Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP), que congrega todos os Boletins de Ocorrências da Polícia Militar (PM-MT) e Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).

É importante reforçar que os números são referentes a homicídios envolvendo vítimas femininas, e nem todos os casos são identificados como feminicídios. Este levantamento específico será feito semestralmente pela Coordenadoria de Estatística da Sesp, pois trata-se de uma qualificadora que é averiguada ao longo da investigação criminal.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil apreende cartões e mais de R$ 26 mil durante investigação de tráfico em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais de R$ 26 mil em dinheiro foi apreendido pela Polícia Judiciária Civil, em ação realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), nesta sexta-feira (20.09), no bairro Maringá 1, em Várzea Grande. O trabalho resultou ainda na apreensão de folhas de cheques, cartões bancários e diversas anotações relacionadas ao tráfico de drogas e outros crimes.

A ação, deflagrada pelos policiais da DRE, visava dar cumprimento a um mandado de busca e apreensão domiciliar, expedido pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com base em investigações da especializada. Na residência alvo, os investigadores depararam com uma grande estrutura preparada para o comércio de entorpecentes, porém o suspeito investigado não estava no local.

Em buscas no interior da casa, os policiais encontraram no quarto do casal uma caixa com R$ 26.009 em dinheiro, além de várias anotações contendo nomes de pessoas e valores indicando contabilidade de tráfico de drogas ou agiotagem, além de diversos cheques, cartões bancários, e do “Bolsa Família”, em nome de diferentes pessoas.

Leia mais:   Derf de Rondonópolis conclui 700 inquéritos policiais de crimes patrimoniais

Todo material encontrado na casa foi apreendido e encaminhado a DRE. Segundo o delegado titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, as investigações continuam para identificar os suspeitos e descobrir a origem do material apreendido na residência.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Autor de roubo tem prisão cumprida na Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, em ação dos policiais da 3ª Delegacia da Polícia do Coxipó, cumpriu na tarde de quinta-feira (19.09), o mandado de prisão preventiva contra José Leôncio de Souza Braga, conhecido como “Casado”, em Cuiabá.

Considerado foragido da Justiça, o suspeito estava com mandado de prisão decretado pela 3ª Vara Criminal da Capital pelo crime de roubo, previsto no artigo 157, do Código Penal.

Após receber informações sobre o paradeiro do procurado, os policiais da 3ª DP saíram em diligências, conseguindo realizar a prisão do suspeito no bairro Osmar Cabral.

Depois de ter a ordem de prisão cumprida, o preso foi conduzido a delegacia para as providências cabíveis e em seguida encaminhado para audiência de custódia no Fórum da Capital.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Autor de roubo tem prisão cumprida na Capital
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana