conecte-se conosco


Policial

Mais uma academia é alvo de fiscalização em ação conjunta na Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon), em parceria com o Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17) realizou na manhã desta terça-feira (19.11), mais uma ação em academia da Capital, com objetivo de combater o exercício ilegal da profissão de educador físico.

A ação teve como alvo uma academia no bairro Bosque da Saúde em Cuiabá, em que houve denúncias de que havia instrutores e personal trainers atuando sem o devido registro.

Durante a fiscalização no estabelecimento, as equipes da Decon e do CREF17 constataram  que os profissionais de educação física, atuantes na unidade, estavam todos com o devido registro no Conselho Regional.

No decorrer dos trabalhos, foi verificado que a academia estava incorrendo apenas em uma infração administrativa, estando com o certificado de credenciamento vencido, estando em desacordo com a resolução do CREF17, 08/2015.

De acordo com o delegado da Decon, Antonio Carlos de Araujo, a fiscalização na academia aconteceu com base em denúncias recebidas pela delegacia e pelo Conselho de Educação Física, porém todos os profissionais encontrados no estabelecimento estavam devidamente habilitados para exercer da função.

Leia mais:   PM retira de circulação 125 armas em 2019 e recupera 16 veículos nos primeiros 15 dias de 2020

No caso de serem encontrados instrutores não habilitados na academia, eles poderiam responder pela conduta criminal previsto na lei nº 3688/41, mais especificamente no art. 47, exercer profissão ou atividade econômica ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício, dessa maneira configurando o ilícito penal.

“A ação é importante uma vez que demonstra que os órgãos competentes estão averiguando as denúncias e fiscalizando os estabelecimentos evitando assim o prejuízo ao consumidor”, destacou o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Policiais civis garantem pódio no 1º Campeonato de Parajiu-jitsu em Barra do Garças

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Os investigadores de polícia, Amarildo Fernandes e Adão Lopes, participaram do primeiro evento de Parajiu-jitsu, na modalidade Nogi (sem Kimono), realizado na entre os dias 18 e 19 de janeiro, em Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá).

O evento, promovido pela Federação Brasileira de Jiu-jitsu Paradesportivo, é considerado um marco histórico da arte suave e aconteceu no tatame da Gracie Barra Prêmio, sob a responsabilidade de líderes da inclusão social do mundo.

Os dois investigadores participantes da competição subiram ao pódio, obtendo excelente resultado para a equipe AB Brazilian Jiu-jitsu e representando a Polícia Civil de Barra do Garças. O investigador, Amarildo Fernandes, foi o campeão da categoria B, Nogi (sem kimono) e segundo lugar categoria absoluto também na categoria Nogi. 2º lugar categoria B, parajiu-jitsu e o 3º lugar categoria absoluto.

Já o investigador, Adão Lopes, conquistou o segundo lugar na categoria máster 1, azul, até 90 quilos, Pelo grande desempenho, a equipe AB Brazilian Jiu-jitsu também levou o 3º lugar entre equipes.

Leia mais:   Polícia Civil apreende caixas de cigarros contrabandeados

Para Amarildo, que aos dois anos de idade, se tornou portador de visão monocular, através do esporte é possível perceber a capacidade de ir além, independente de qualquer adversidade, pois a vontade de vender e superar faz que atleta seja referência de resiliência e superação.

“Apesar das dificuldades, nunca perdei a esperança que algo maravilhoso aconteceria em minha vida. É o grande dia de fazer história no mundo do parajiu-jitsu, me sinto honrado em ser o primeiro paratleta a lutar um evento desse nível, juntamente a outros grandes guerreiros, cada um com sua história de superação”, disse o investigador.

Os investigadores idealizam um projeto futuro pra atender menores sem condições financeiras, incentivando a prática de esportes, através das artes marciais.

Um atleta na categoria B – (blind) se espelha em samurai ….“Para nós, um pequeno incômodo nos olhos, um simples cisco, é capaz de gerar grandes frustrações. Para eles, ser completamente incapaz de enxergar os torna capaz de ser letal perante seus oponentes”, completou o policial.

Leia mais:   Polícia Civil conclui inquérito da operação Reditus com 57 alvos presos

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais civis localizam e prendem foragido por crime de homicídio

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Polícia Civil de Mirassol d’Oeste prendeu na última sexta-feira (17.01) um homem foragido da justiça, com mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Tangará da Serra.

O homem de 36 anos é suspeito de homicídio e estava foragido desde 2018.

Após investigações preliminares,  a equipe de investigadores da Delegacia de Mirassol d’Oeste conseguiu localizar o endereço na zona rural do município deste e chegou ao foragido.

Ele foi encaminhado à unidade prisional do município, onde permanecerá à disposição da justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Policiais civis cumprem mandado de prisão contra foragido de SP
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana